Onde ficar em Heidelberg, na Alemanha? Dicas de hotéis

Heidelberg é uma cidade que merece uma parada pelo menos para uma noite, conforme já comentado no post com dicas gerais da cidade. Decidido isso, basta decidir onde ficar em Heidelberg e escolher o hotel que mais combina com seu estilo.

A cidade não é grande, e a área interessante para o turista é muito bem definida. Desse modo não tem segredo escolher o local da sua hospedagem por lá.

Entendendo Heidelberg

Acompanhe nosso raciocínio analisando o mapa abaixo:

A área 1 é a região do centro histórico, e a área a mais interessante para os turistas, sendo que a metade do lado direito do território marcado é ainda mais “quente” e bem localizada. Eu poderia parar o post por aqui e falar pra você escolher seu hotel por lá. Além de curtir o charme de uma região fechada apenas para pedestres, as principais atrações estão todas por ali, e muitos bares e restaurantes também. É a melhor região, na minha opinião.

Mas, quem quer procurar um pouquinho mais de autenticidade e ainda deseja ficar numa região com bom movimento ao redor, pode procurar algo na área 2, que é do outro lado do rio e tem mais morados locais. Ainda fica relativamente perto do centro histórico e tem opções e estrutura ao redor.

Todo o restante da cidade eu denominei como área 3, onde você pode se hospedar caso esteja de carro (dai pega o carro cedo no dia seguinte, estaciona perto do centro histórico e faz tudo a pé), ou caso tenha encontrado opções de hotéis ou hospedagem bem mais em conta do que no centro histórico. Com excessão desses dois casos, eu não recomendaria ficar nessa região.

Onde ficamos em Heidelberg? 

Nós já sabíamos de cara onde gostaríamos de ficar. No Hotel Zum Ritter St. Georg, e por vários motivos. A fachada do prédio é um ponto turístico oficial pois data de 1592! Além disso, o hotel oferece o conforto que sempre buscamos em nossas viagens, mas com preços acessíveis, que consideramos o justo a se pagar para dormir pelo menos uma noite em um bom hotel (em torno de 160 euros). E por último, mas não menos importante, a localização é excelente, na frente da Marktplatz, umas das praças principais da cidade, aos pés do famoso castelo e na frente da Heiliggeistkirche (Igreja do Espírito Santo). De lá estávamos perto para fazer tudo a pé!

Nosso hotel em Heidelberg, o histórico Zum Ritter

Apresento-lhes o meu hotel em Heidelberg. Ta-dáaa!

Sobre o quarto, achei tudo bem confortável, com uma cama boa e esses edredons gigantes gostosos que te abraçam, o banheiro tinha um tamanho bom, com banheira, roupões e amenities da Bulgary, e a vista… ah sobre a vista eu deixo uma foto para vocês tirarem suas próprias conclusões!

Da janela víamos nada mais nada menos do que o castelo de Heidelberg.

Como se isso não bastasse, o Hotel Zum Ritter St. Georg tem um café da manhã pra lá de bom e farto (vale a pena incluir na sua diária), com o melhor ovo mexido que já comi na vida. Sei que é estranho mencionar um item do cardápio assim, aleatoriamente, mas é que me marcou muito de tão bom e cremoso que era.

Onde queremos ficar na próxima visita? 

Na nossa próxima ida pretendemos ficar no Arthotel, que tem uma proposta totalmente diferente do Zum Ritter. Enquanto um é a celebração do estilo tradicional e clássico, o outro é a modernidade em pleno centro antigo de Heidelberg. O Arthotel segue a linda de hotel design, tem um quê de luxo acessível e também é uma excelente opção com uma boa localização. 

Outros hotéis que indicamos

Para quem quer ainda mais opções, tente o Hotel Zur Alten Brücke, que fica na boca da ponte antiga, em uma localização privilegiada e que parece ser bom também, embora não tenhamos referências e relatos sobre ele. Ou o Hotel Hackteufel que também fica nesse miolinho.

Se ainda quiser mais, leia as reviews, analise as notas, compare preços e escolha o seu hotel preferido entre tantas opções disponíveis no booking.com. Reservando seu hotel através desse link e dos outros acima, você ajuda o SV a se manter (pois ganhamos comissão), mas não paga nadinha a mais por isso! =)

Deixe o seu comentário usando o Facebook
Ou comente por aqui