7 passeios imperdíveis nos Lençóis Maranhenses

É difícil demais elencar as coisas mais bonitas que já vi. Sempre que me perguntam eu sofro pra listar. Mas esse é um dos três lugares mais incríveis em que já estive no Brasil, junto com Fernando de Noronha e a Serra da Capivara. Assim são os Lençóis Maranhenses, o conjunto de dunas pontilhadas por lagoas verdes e maravilhosas. Se fosse só isso já estaria ótimo, mas há muito mais por lá a descobrir.

Em junho ainda chove um pouco, mas esse ano a água caiu bem por lá, garantia de que em julho, agosto e até setembro as lagoas estejam cheias. É a melhor época do ano para conhecer a região. Resolvi listar 7 passeios imperdíveis nos Lençóis Maranhenses dentro e fora do Parque Nacional. Se programe, não há a menor chance de você não gostar!

1) Sobrevoo de monomotor

sobrevoo de monomotor nos lençois maranhanses. Foto mostra as dunas e lagoas que se formam, nesse que é um dos passeios imperdíveis nos Lençóis Maranhenses

É um delírio. Apenas não deixe de vivenciar isso. Apesar de caro (25 minutos; R$ 300) vale cada centavo. Mesmo se você tem medo de avião pequeno, enfrente seu temor porque o visual lá de cima é simplesmente um sonho. Não há jeito melhor de entender a vastidão e a complexidade dos Lençóis Maranhenses. As cores, as formas, os tons, tudo é surreal!

2) Lagoas de Santo Amaro

Lagoa das Andorinhas no Maranhão

Santo Amaro do Maranhão é uma vilinha minúscula, mas que está crescendo pois o turismo já descobriu que ali estão as mais belas lagoas do parque, como a da Gaivota e a da Betânia. E também por guardar nelas mais água até o fim da temporada, lá para meados de setembro. Se for em julho, vai encontrar a lagoa das Andorinhas e as Emendadas em tons translúcidos. Uma jardineira mais uma van (desde R$ 35) o levam até lá desde Barreirinhas, o grande centro dos Lençóis Maranhenses, com boa estrutura de hospedagens e restaurantes.

3) Pôr do Sol em Atins

Pôr do sol em Altins. Sol grande e amarelo se pondo atrás das Dunas.

Esse foi o meu favorito, mas não falta nos Lençóis Maranhenses lugares com mirantes incríveis para o pôr do sol. No alto das dunas, seja em qual delas for você encontrará uma panorâmica lindíssima. Essa foi feita pertinho da Vila de Atins. Mas na Lagoa Azul também rolam altos cliques.

4) O camarão da Luzia

Os famosos camarões da Luzia. Prato com graúdos e bem temperados camarões.

A maior celebridade gastronômica da região, o camarão do Restaurante da Luzia, em Atins, é um desbunde. É MUITO BEM TEMPERADO e grelhado no fogo, fica crocante por fora e tenro por dentro. Complicado descrever os porquês do mundo inteiro se apaixonar por ele. Ao meu lado no restaurante, franceses, ingleses e israelenses maravilhados com a iguaria. Claro, há o sorvete de buriti da Sorveteria Adonay, em Barreirinhas, mas nada bate o melhor camarão do mundo. E custa só R$ 25.

5) Passeio de voadeira no Rio Preguiças

Passeio pelo Rio Preguiças. Vista do farol

Macaco prego no ombro de um homem jovem e sorridente.

Essencial para entender que a região vai além das dunas e lagoas. Encontre com macacos-prego curiosos em Vassouras, que estão acostumados a serem alimentados e sobem nos visitantes. Para quem não puder fazer o sobrevoo, contemple a vista panorâmica no Farol de Mandacaru que já dá um micro gostinho. Já em Caburé você pode nadar no Rio Preguiças e em 5 minutos ir nadar no mar! Os passeios custam cerca de R$ 90 para o dia todo. Você pode voltar e dormir em Barreirinhas ou negociar para a voadeira o deixar direto em Atins. Recomendo muito!

6) Circuito da Lagoa Azul

Lagoa azul. Foto de uma lagoa com águas translúcidas e um azul bem turquesa entre dunas branquinhas

Apesar de ser o mais movimentado, o passeio é lindo de doer, desses que faz bem para os olhos. O roteiro sai de jardineira do centro de Barreirinhas e leva 45 minutos até o parque nacional, passando por um baita areião. Spoiler: chacoalha pacas! Seguindo um guia você caminha por um percurso que passa por seis lagoas: dos Toyoteiros, da Preguiça, Esmeralda, do Peixe, da paz e a Azul, que batiza a coisa toda. Mesmo com um bom fluxo de gente, em alguma delas você encontrará todo o silêncio que procura e um dos mergulhos mais refrescantes da vida (dura 4 horas e custa R$ 80).

7) Boia cross no Rio Formigas

Boia cróss no rio Formingas

Passeio para toda a família ou grupos de amigos preguiçosos e contempladores. Esqueça as corredeiras e adrenalina. Aqui o percurso vai ziguezagueando por um lindo rio estreito, margeado por buritis e outras palmeiras. Apesar de cristalino, o rio não tem peixes e não dá nada de medo. Pode cair da boia para se refrescar e até cochilar, que não tem erro. Com o transfer até o vilarejo de Cardosas, o tour demora 4 horas e custa cerca de R$ 70.

Deixe o seu comentário usando o Facebook
Ou comente por aqui