Onde ficar em Lisboa? Dicas de hotéis e regiões


Atualizado em:


Escolher em que região se hospedar em Lisboa é uma missão mais simples do que se parece a primeira vista. Há muitas ótimas opções de bairros para se hospedar, e diversas acomodações para todos os estilos de viagem. Se gosta de ficar em hotéis 5 estrelas, está com sorte, pois Lisboa tem excelentes hotéis com preços bem melhores do que outras capitais européias. Se prefere economizar ao máximo, está com sorte também, pois Lisboa tem os melhores hostels do mundo (ficam sempre brigando pela primeira colocação em premiações e rankings mundiais). Fora as inúmeras opções que existem entre esses dois exemplos mais extremos. Independente do seu estilo, você vai ficar muito bem hospedado em Lisboa.

Confira nesse post nossas dicas de onde ficar em Lisboa, com indicação de hospedagens, mas também com um ótimo overview dos bairros da capital para você escolher qual localização mais combina com a sua viagem.

Onde ficar em Lisboa? Dica de hotel de luxo e de hostel

Antes de falar um pouco dos bairros, vou falar de dois lugares que já me hospedei em Lisboa e que recomendamos de olhos fechados. Quem sabe já não resolvemos o seu problema no segundo parágrafo do texto? Rs. Em Lisboa já nos hospedamos em um hotel 5 estrelas no bairro do Chiado, o Bairro Alto Hotel, e em um hostel na Baixa, o Home Lisbon Hostel (afinal somos bem ecléticas, rs).

Se você tem condições de investir mais em hospedagem, e quer escolher um hotel confortável e luxuoso, sem dúvidas o seu lugar é o Bairro Alto Hotel. Ele fica na melhor localização de Lisboa, no coração do bairro e do centro da cidade, pertinho de tudo, e ainda fica em um prédio lindíssimo. É reservar e ir sem medo de errar!

Agora, se você é do time dos hostels ou viaja sozinha e quer se hospedar em um lugar que possibilita fazer amizades, o Home Lisbon Hostel é o seu número. Nem hesito em falar que foi o melhor hostel que eu já me hospedei na vida, tanto é que já ganhou o prêmio de melhor do mundo.

Não se engane com o visual antigo, pode chamar de retrô. Rs. Tudo é limpo e novo. Foto: divulgação Home Lisbon Hostel

Além de ser limpo, bonito e seguro, tem uma atenção especial aos detalhes, tanto no quarto como nos serviços. O melhor exemplo é o Jantar da Mamma, onde a mãe do dono do hostel cozinha para os hóspedes que se inscreverem para o evento. Eu participei e foi uma delícia! Ainda fiz amigos e depois do jantar seguimos para a noite lisboeta.

Em que região se hospedar em Lisboa? Dica de bairros.

-Baixa

Imagine que a Baixa é a região que está no nível do mar, enquanto que o Chiado está um nível acima da Baixa e o Bairro Alto está ainda um acima do Chiado. Essas três regiões juntas formam as partes mais legais para se hospedar em Lisboa, na minha opinião.

Mesmo não sendo oficialmente, considero a Baixa como o centro de Lisboa, pois nessa região está o centro comercial, com diversas pessoas andando de um lado para o outro todos os dias, e tem uma cara de centro urbano, já que aqui é onde o dia a dia dos lisboetas acontece.

O famoso arco da rua Augusta, em Lisboa

O famoso arco da rua Augusta, em Lisboa

Ficar perto da rua Augusta é garantir uma boa localização, e o hostel que eu fiquei, o Home Lisbon Hostel, ficava lá pertinho, na rua São Nicolau. O Yes! Lisbon é outro que já recebeu prêmios e fica na Baixa, assim como o Lisbon Lounge Hostel.

Veja mais opções de hospedagem na Baixa e no Chiado

-Chiado

Na minha opinião o bairro mais gostoso para se hospedar em Lisboa. No Chiado é possível sentir o tradicionalismo de Portugal e ainda estar no meio de uma boêmia gostosa que se mistura com a modernidade e toda a elegância do bairro. É uma proporção relativamente pequena de Lisboa, que praticamente se mistura com a Baixa e o Bairro Alto. Para olhares despercebidos (como o meu) fica até difícil perceber onde um acaba e o outro começa.

Fachada do café A Brasileira em Lisboa

O emblemático café “A Brasileira” fica no Chiado.

É no Chiado que está o Bairro Alto Hotel, um dos melhores hotéis para se hospedar em Lisboa. Ah, em tempo: ele chama Bairro Alto Hotel, mas fica no coração do Chiado. Enquanto a reforma do Bairro Alto Hotel não termina (a reforma já terminou e o hotel reabriu ainda mais lindo! Reserve aqui), a dica é se hospedar no Hotel do Chiado, uma ótima alternativa.

-Bairro Alto

Colado com Chiado, é quase uma continuação do bairro só que ele se estende colina acima depois da praça Luís de Camões. Se eu afirmei que o Chiado era um bairro boêmio, o Bairro Alto pode ser considerado o “after-party” do Chiado, onde a vida noturna acontece. Rodeado de bares, baladas e muitas pessoas nas ruas, principalmente durante os meses mais quentes, é o lugar ideal para curtir a noite na capital.

pequena rua com pendentes coloridos ligando os prédios de cada lado.

Pelas ruas do Bairro Alto, em Lisboa

Se você quer ficar no coração do agito, esse é o seu lugar. Agora se não gosta de barulho e quer mais tranquilidade nas suas férias, considere ficar em outro bairro. Para quem é de hostel, o Lisbon Lovers é bem simples mas faz sucesso entre os turistas econômicos. Já para quem curte um hotel cheio de charme e personalidade, a dica é o Bairro Alto Palace.

-Alfama

Um dos bairros mais charmosos de Lisboa. Andar (ou se perder, sendo realista) nas labirínticas ruas é uma delícia, principalmente quando você encontra tascas escondidas, vê alguns velhinhos portugueses fofos levando suas vidas, ou passa por algum lugar que toca o Fado, afinal foi em Alfama que o Fado teve sua origem.

Na minha opinião Alfama é um bairro delicioso, e se hospedar por aqui não seria ruim de jeito nenhum. Mas, eu recomendo mais ficar no Chiado e na Baixa pela praticidade, do que se hospedar no bairro de Alfama. Se você tiver bastante tempo na cidade e quiser ter uma experiência mais calma e se sentir como um verdadeiro integrante de uma família tradicional portuguesa, daí já acho que faz mais sentido escolher Alfama. Para turistas que passam apressados, atenham-se ao centro.

-Avenida Liberdade

Ok, isso é uma avenida e não é um bairro. Mas, para os fins desse texto, essa é uma excelente referência de onde se hospedar em Lisboa. A Avenida Liberdade começa na praça dos Restauradores e termina na praça Marquês de Pombal.

Ela é a Champs Elysée de Lisboa (ou melhor, é a George V, que é mais chique e exclusiva). Embora não fique muito próxima de algumas atrações turísticas, é o local com maior concentração de hotéis de luxo e de alto nível, além das diversas lojas de marca de grife, entre outras.

Vale passear por aqui porque é uma avenida linda e ampla, e vale se hospedar em um dos diversos hotéis de alto padrão da avenida, se esse for o seu interesse.


Gostou? Veja também alguns dos nossos outros posts sobre Portugal:

Roteiro por Portugal, descubra o seu
As melhores dicas e praias do Algarve
Tudo o que você precisa saber antes de visitar o Porto e a região do Douro
Os melhores hotéis na região do Douro
14 passeios imperdíveis em Porto
Em que região se hospedar em Porto
7 motivos para escolher Portugal em sua próxima viagem

Vai viajar?
É preciso planejar!

Planeje sua viagem utilizando os serviços dos parceiros abaixo. Você não paga nada a mais
por isso, e ajuda o SV a continuar produzindo conteúdo de qualidade e gratuito. =)

Deixe seu comentário

  • olá. parabéns pelo blog. eu discordo das sugestões de hospedagem que indicam a alfama. estive lá agora em janeiro, e não vi romantismo algum. na minha opinião, até considero um lugar muito ruim para se hospedar. não há nada lá. nada mesmo. como vc mesma disse, são ruelas e mais ruelas, difíceis de serem decifradas. além disso, de forma compreensível, os locais estão saturados com tanto movimento turístico. experimentei isso ao me perder por lá, e não conseguir ajuda com ninguém. foi até engraçado porque todas as pessoas que abordamos, em busca de uma rota de saída, nos disseram, com cara de poucos amigos, que não sabiam nos informar, mas, quando conseguimos encontrar a saída, finalmente, lá estavam os “desinformados’ saindo conosco hehehe eu fiquei na marquês de pombal e adorei. para quem tem o perfil mais tranquilo, longe de agitações e boemia, é perfeito. muito tranquilo, seguro , repleto de serviços e transporte, além de ser uma região lindíssima. abraço

  • Boas dicas! Na minha opinião, como portuense que frequenta a cidade de Lisboa de vez em quando, eu recomendo a zona Baixa /Chiado. Alfama fica mais afastada para quem gosta de andar a pé como eu. E o Bairro Alto, onde gosto de ir beber um copo, é demasiado barulhento para dormir!

    • Muito obrigada pelas suas dicas, Luisa!!
      Sempre bom saber as experiencias das pessoas – especialmente as frequentadoras assíduas, como você! 🙂
      Volte sempre!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curadoria de viagem

Receba uma vez por mês em seu e-mail nossas dicas cuidadosamente selecionadas e as novidades do mundo das viagens.