O que fazer em Kuala Lumpur: 5 passeios imperdíveis


Atualizado em:


Kuala Lumpur é uma cidade multicultural e cheia de contrastes surpreendentes. Há muito o que fazer em Kuala Lumpur como passear por templos em Chinatown, tomar um drink em algum skybar, observar as pessoas e seus hábitos e costumes diferentes dos nossos, ir a lugares badalados como a rua Changkat Bukit Bintang, ou até mesmo se maravilhar com a antiga estação de trem. Mas, na minha opinião, há 5 passeios que são imperdíveis para quem está em Kuala Lumpur. São eles:

1- Batu caves

Em primeiro lugar do ranking de atrações mais visitadas de Kuala lumpur está Batu Caves, um dos pontos religiosos mais importantes fora da Índia para os hindus. Esse lugar que mistura exuberância, simplicidade, megalomania e detalhes vai te hipnotizar. Pode ser subindo os 272 degraus, pela estátua do deus Murugan, passando pelas cavernas ou ganhando a atenção dos macaquinhos da região, você ficará encantado.

Uma selfie com o Murungan e os famosos 272 degraus ao fundo.

Quando for planejar a visita, vale a pena consultar se o período coincidirá com o Thaipusam, um colorido festival hindu que, geralmente, ocorre entre janeiro e fevereiro.

A 13km da região central de Kuala Lumpur, em Selayang, esse templo não afasta os turistas pela distância da cidade já que são mais de 5.000 pessoas  passando diariamente por lá! Então, tente ir nas primeiras horas da manhã, isso garantirá uma visita mais tranquila e menos quente.

São 3 cavernas que compõem todo o templo: Temple Cave, a mais conhecida e principal atração é gratuita; Dark Cave, a mais rústica das cavernas, só é possível a visitação se comprar a entrada com antecedência (entre U$10 a U$20, o primeiro é um tour diário educacional e o segundo o tour de aventura que só acontece aos finais de semana e a reserva deverá ser feita com no mínimo 1 semana de antecedência, veja aqui); e por último Ramayana Cave, onde você encontra obras hindus, pinturas e esculturas, também é paga, por volta de U$1.

Pra quem curte turismo de aventura, Batu Caves também é um bom lugar já que as rochas de calcário milenares se transformam em uma perfeita parede de escalada. Se você nunca escalou outras opções como bolder e trilha também estão disponíveis.

Por ser um templo religioso é preciso vestir-se de acordo. Trajes abaixo do joelho e sem mostrar os ombros são requisitos para a entrada. Caso tenha esquecido disso, no pé da escadaria é possível alugar roupas para que você não perca a sua viagem.

Compre aqui seu traslado até as Batu Caves

Uma longa subida…

As famosas Batu Caves, em Kuala Lumpur, vista de cima

E uma bela vista como recompensa.

*Dica SV: Se estiver chovendo não vá de chinelo pois nas escadarias uma cachoeira nada cristalina se forma. Não leve comida mas, se levar, deixe bem escondida e não ande com sacolas plásticas, pois, os macacos, apesar de serem fofos, aparentemente estão sempre com fome.

Como chegar via transporte público: ônibus Cityliner nº 69 na rua Jalan Pudu.

2- Petronas twin towers

As torres gêmeas malasianas são imponentes, de dia por sua estrutura de aço inox e vidro refletindo o sol intensamente, e à noite por sua iluminação cobrindo todos os seus 375 metros de altura, um cenário lindo para fotos noturnas.

O visual durante o dia

Essa atração não é apenas visual, dentro das Petronas funciona um Shopping Center com as lojas mais caras do mundo, teatros e restaurantes. Se quiser subir e andar na passarela que liga as torres, tenha em mente que você irá enfrentar fila (melhor ir em dias de semana). Apesar dos quase 400 metros de altura das torres, a passarela fica “apenas” a 170 metros do chão.

A entrada custa em torno de U$22 e pode ser comprada na hora ou pela GetYourGuide (este tour também inclui ingresso para a Torre KL, que eu cito logo abaixo). Vale lembrar que a visitação é interrompida nas segundas feiras. Nos outros dias, o horário de funcionamento acontece entre 9 da manhã e 8h30 da noite.

O visual a noite.

Se o orçamento estiver apertado mas a vontade de ter uma visão aérea da cidade for grande, recomendamos o Skydeck, no Menara KL tower (dica a seguir).

Localização: Entre as ruas Jalan Ampang e Jalan Raja Chulan.

Como chegar via transporte público: Estação KLCC LRT do metrô.

3- Menara KL tower – Skydeck

Kuala Lumpur parece adorar títulos de recordes e é por isso que se orgulha em ter a 7a torre de comunicação mais alta do mundo. E é nela que você irá encontrar a melhor e mais ampla vista da cidade. Num ângulo de 360 graus e com dois decks que deixam qualquer corajoso com medo de altura, essa atração é uma das mais completas da cidade.

Quando digo completo, me refiro à todas as atrações que estão na propriedade do skydeck, dentre elas: um aquário, mini zoológico, eco parque, uma casa Upside down, restaurantes, dois andares de visitação, enfim, atrações para todas as idades e gostos.

Vale a dica de sempre se atentar às promoções. Como por exemplo, o ticket de entrada no skydeck (onde você pode caminhar por todo o perímetro do prédio, entrar num cubo de vidro e ter a sensação de que está flutuando) que custa em torno de U$26. Mas, se optar pelo combo, com mais U$1 você tem acesso à outras atrações como o deck de observação, que também é 360 graus mas protegido do vento, e ainda pode escolher outra opção de entretenimento.

Preparados para entrar?

Os ingressos podem ser obtidos na hora ou pela internet. O horário de funcionamento é das 9am às 10pm, 365 dias por ano.

Localização: Rua Jalan Punchak nº2.

Como chegar via transporte público: Estação de metrô mais próxima é a Masjid Jamek, a partir dela você consegue chegar na torre passando pelo Kl Forest Eco Park.

4- KL Forest Eco Park

Já pensou num picnic no meio de uma metrópole? E um picnic numa floresta tropical nativa, no meio de uma metrópole? Se você procura sossego, tranquilidade e ar puro pra recarregar as energias,  KL forest é seu destino.

Esse remanescente de floresta fica ao lado do skydeck e, se a sua intenção não for apenas um picnic por lá, prepare uma roupa confortável e tênis adequado para se aventurar nas trilhas e no Canopy (pontes entre as copas das árvores).

O horário ideal é pela manhã já que a temperatura não estará elevada.

Entrada franca. Aberto de terça à domingo entre 7 da manhã e 6 da tarde.

5- Mesquita Nacional, ou Masjid Negara

61% da população da Malásia é muçulmana e, apesar do índice parecer o contrário, é visível a forte influência dessa religião no país. Então se quiser ter uma experiência e sentir um pouco do dia-a-dia de rezas, você pode ir até a mesquita nacional (também chamada de Masjid Negara).

Compre aqui um tour que passa por Masjid Negara

Mesquita Nacional de Kuala Lumpur

Na sala de informações você pode solicitar um tour guiado totalmente gratuito. Eles fornecem as vestimentas típicas e vão mostrando cada setor da mesquita, que é enorme, visto que acomoda até 15.000 fiéis. Um pouco de história da religião, costumes e crenças são divididos com o participante durante o percurso de forma tolerante e respeitosa.

Sala de estudos na mesquita.

Os horários de visitação para não muçulmanos são: de segunda à segunda das 9am ao meio dia, 3pm à 4pm e 5h30pm à 6h30pm Com exceção das sextas que abre em dois horários: 3pm à 4pm e 5h30pm à 6h30pm.

Como chegar via transporte público: Estação de metrô Masjid Jamek.

Vai viajar?
É preciso planejar!

Planeje sua viagem utilizando os serviços dos parceiros abaixo. Você não paga nada a mais
por isso, e ajuda o SV a continuar produzindo conteúdo de qualidade e gratuito. =)

Deixe comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curadoria de viagem

Receba uma vez por mês em seu e-mail nossas dicas cuidadosamente selecionadas e as novidades do mundo das viagens.