Onde comer em New Orleans – melhores restaurantes


Atualizado em:


A culinária de New Orleans é famosa pelo tempero Cajun, pelos frutos do mar, e pelo barbecue. Lembre disso quando for escolher onde comer em New Orleans. Há pratos centenários que instigam o paladar do turista que visita a cidade, e se apaixona pelos sabores do sul dos EUA. Apesar da influência francesa e canadense, a cozinha de New Orleans é simples e focada nos ingredientes locais, e na comida de conforto (“comfort food”).

Os principais pratos da culinária de New Orleans são: Po’Boy Sandwich (sanduíche tradicionalmente feito com camarões para os “pobres” funcionários das indústrias locais durante uma greve na década de 20); Beignets (herança dos franceses, bolinhos fritos com açúcar de confeiteiro); Jambalaya (ensopado de frutos do mar e linguiça com fortes temperos cajun); Ostras gratinadas; Gumbo (uma espécie de sopa com linguiça, frango, camarões e quiabo, servido com bem pouco arroz, para manter a umidade do prato); dentre outras delicias.

No final de semana que passamos em New Orleans, pudemos provar todos estes tradicionais pratos e diferentes restaurantes. Abaixo, listamos os que mais gostamos e recomendamos:

Coop’s

Pequeno e tradicional, em pleno French Quarter, esse restaurante é super simples e está sempre lotado. Isso porque os preços são super em conta, e a qualidade da comida é de primeira. Não deixe de provar o gumbo e o jambalaya daqui. Site

Apertado mas aconchegante, este é o Coop’s

Coop’s taste plate: prato misto com os mais vendidos do restaurante- Jambalaya, frango frito, shrimp creole, e outras gostosuras

St. Roch Market

Espécie de mercadinho gourmet, fica no descolado bairro de Bywater. É possível achar diferentes tipos de comida por aqui, mas nós adoramos as ostras. Site

As famosas ostras gratinadas de New Orleans, no St. Roch Market

Cafe du Monde

Em se tratando de beignets, o cafe du monde é uma instituição. Apesar de ser extremamente turístico, a qualidade dos bolinhos é insuperável, e mesmo os locais dizem não haver lugar melhor para come-los. Se prepare para a fila, e não espere comer nada além dos beignets, já que esta é a única opção do cardápio. Site

A fila do Cafe du Monde

Famosos Beignets do Cafe du Monde

Guy’s Po’Boys

Apesar de não ser tão tradicional como o Domilise’s (lanchonete antiquíssima que serve sanduíches), esse restaurante foi uma unanimidade quando perguntamos a vários locais onde comer o melhor sanduíche. Segundo eles, o Domilise’s é super bom, mas já ficou um pouco batido. Enquanto que o Guy’s não é tao tradicional, mas mantém a qualidade dos sanduíches. Nós testamos e adoramos. Site

Po’Boy: simples e maravilhoso

Cane and Table

Do ladinho do Coops, passando quase despercebido, está esse bar/restaurante super descolado. Ele é inspirado nos antigos bares de Havana, e por isso o forte são os coquetéis a base de Rum, e pratos caribenhos. Tanto o ambiente interno como o externo são super gostosinhos, e a comida e os drinques estavam deliciosos. Super recomendado. Site

O gostoso patio externo do Cane and Table

Mofongo: prato caribenho com banana da terra, porco desfiado e avocado. Pesado porem delicioso!

Drago’s restaurant

Localizado no hotel Hilton, em frente ao rio Mississipi, esse enorme restaurante de hotel pode não parecer um segredo. Mas não se engane: as ostras gratinadas de la são tidas como das melhores da cidade! Site

Lagosta e Jambalaya no Drago’s

É claro que a cidade tem uma infinidade de lanchonetes e restaurantes que só mesmo ficando uns três meses lá pra descobrir, mas essas opções foram recomendadas por amigos locais e revistas gastronômicas quando pesquisamos onde comer em New Orleans, e foi o que mais gostamos dos dias que estivemos por lá! Você experimentou algo que acha que devemos incluir aqui? Escreve pra gente nos comentários.

Vai viajar?
É preciso planejar!

Planeje sua viagem utilizando os serviços dos parceiros abaixo. Você não paga nada a mais
por isso, e ajuda o SV a continuar produzindo conteúdo de qualidade e gratuito. =)

Deixe comentário

  • João Fernandes

    Fiz um Norte-Sul-Norte agora em Agosto de Harley-Davidson para comemorar os 115 anos em Milwaulkee, e quando fiquei na Big Easy comi um jambalaya bem gostoso no Remoulade na Bourbon Street(nº309).
    Mas não se atreva em pensar que precisa de pimenta, pq o prato vem quente em todos os sentidos(temperatura e condimento).
    Eu adoro aquela baixaria democrática do quarteirão Francês, assim sendo me hospedei no 4 Points, que fica bem na muvuca.
    Outro prato que aprovei muito no Remoulade foi o Ribs on Barbecue, sensacional.
    Na região da Bourbon tem de tudo um pouco, e o negócio é fuçar mesmo, entrar em tudo o que é canto e sair provando, tanto de comer quanto de beber.
    Mas ADOREI New Orleans, assim como adorei Las Vegas.
    Mas New Orleans é para qualquer tipo de pessoa, com ou sem grana, e me senti um pouco no Carnaval do Rio, bem informal e democrática.

    • Muito legal seu relato, Joao!
      Tambem achei a “big easy” bem informal e democratica, isso sem contar a comida deliciosa.
      Obrigada pelas dicas!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curadoria de viagem

Receba uma vez por mês em seu e-mail nossas dicas cuidadosamente selecionadas e as novidades do mundo das viagens.