Roteiro Tulum, Cancún e Playa del Carmen para 7 dias


Atualizado em:


Está pensando em viajar para a Riviera Maya e começou a planejar um roteiro por Tulum, Cancún e Playa del Carmen? Chega mais então. Fizemos um roteiro pra você, e além das praias citadas acima, incluímos cenotes lindíssimos (fica tranquilo que explicamos o que é isso mais abaixo) e o sítio arqueológico de Chichén Itzá, pra você não correr o risco de ir até o México e perder de ver uma das 7 maravilhas do mundo moderno.

Esse roteiro que apresentamos abaixo é ideal para quem tem uma semana de férias e quer viajar na sexta ou no sábado, e voltar no outro sábado ou domingo.

Mas comecemos do início:

Por onde chegar na Riviera Maya? 

A melhor pedida para quem deseja fazer esse roteiro é chegar por Cancún, que tem o maior aeroporto da região. LATAM tinha vôos diretos, mas deixou de operá-los em 2016 para conter custos. Portanto, agora só se chega em Cancún fazendo rápidas conexões na Cidade do México, Lima, Cidade do Panamá ou Bogotá. Quem opera os principais vôos são Aeroméxico, Avianca, Copa Airlines e LATAM.

Ainda é possível voar de United, AirCanada e outras cias americanas, mas só recomendo se a passagem estiver valendo muito a pena financeiramente falando, pois você subirá para os EUA ou Canadá para depois descer de novo para o México. Muito deslocamento e pouca praticidade.

Qual a melhor época para viajar, e que documentos vou precisar? 

Para ver questões sobre qual a melhor época para visitar a Riviera Maya e quais documentos e vacinas o México exige dos turistas brasileiros, veja esse post com dicas práticas.

A qualidade da foto nem está boa e a cor do mar já está deslumbrante… hehe

Por fim, vamos ao que interessa.

Roteiro por Tulum, Playa del Carmen e Cancún para 1 semana

Tulum– 4 noites: Hotel be tulum, Hotel Nomade, Hotel Amansala, Casa Violeta, Hotel Zebra, My Way Boutique Hotel ou Rosa del Vento.
Playa del Carmen– 1 noite: Hotel Fairmont Mayakoba, Magic Blue Boutique.
Cancún– 2 noites: veja dicas detalhadas de onde ficar em Cancun

*Há mais dias em Tulum por ser um destino super charmoso que merece mais tempo; porque o primeiro dia já é meio perdido por causa da viagem então não conta, porque das três opções é a mais autêntica e menos “sofrida” com o turismo de massa, e porque o bate e volta para Chichén Itzá é feito a partir de Tulum nesse roteiro proposto.

Sinta-se livre para mudar a programação como quiser e fazer a viagem ficar com a sua cara. Ao longo do texto nós também damos opções e alternativas ao que estamos sugerindo. A ideia é inspirar! =)

Dia 1- Sábado: Vôo e deslocamentos

Você chegará em Cancún provavelmente no sábado.

Se pegar o vôo saindo do Brasil na sexta a noite, chegará no dia seguinte de manhã. Se pegar o vôo na madrugada, chegará a tarde. Se pegar o vôo de no sábado de manhã, chegará em Cancun a noite.

Então, seja qual for o seu vôo, não conte o sábado como um dia de passeio, e sim como um dia de aquecimento e preparativos para o que vem pela frente.

Nossa sugestão é já alugar o carro no aeroporto de Cancún e terminar a pernada de viagem, seguindo para Tulum (1 hora e meia de carro a partir do aeroporto). Instale-se no seu hotel e coma algo na vila, ou descanse para o dia seguinte. Se quiser esticar a noite, considere o Casa Jaguar, ou torça para ser lua cheia e pegar a famosa festa Full Moon Party no Papaya Playa Project.

Dia 2- Domingo: Tulum, praia, beach club e centrinho

Dia de conhecer Tulum e suas lindas praias como a Playa Paraiso. Você pode se instalar em um beach club, como o famoso Papaya Playa Project ou até mesmo pegar praia na frente do seu hotel (caso ele seja pé na areia). Aproveite para conhecer o vilarejo de Tullum e jante por lá.

A Playa Paradiso em Tulum, um verdadeiro paraíso. Foto: Fabio Pastorello

Há diversos restaurantes gostosos em Tullum, como o ‘Gitano’ para quem quer agito, o ‘Ziggy’s’, mexicano de frente para o mar, o ‘Macondo’ no hotel Nomade para refeições vegans, veganas, gluten-fre e cheias de charme, ‘Posada Margherita’ para comida italiana, e muitos outros esperando para serem explorados por vocês.

Dia 3- Segunda: Chichén Itzá e Cenote Ik’Kil

Eu fico inconforamada como muita gente vai até Cancún e deixa esse programa incrível de fora. Chichén Itzá foi eleita como uma das 7 maravilhas do mundo moderno e tem uma história magnífica. A visita permite ver toda a grandiosidade do templo de Kukulkan (aquela famosa pirâmide cheia de degraus em cada lado) além de outras ruínas maias. Permite também conhecer um pouco mais desse povo que era super avançado para o seu tempo (inventaram o zero, o calendário de dias, meses e ano como conhecemos hoje e muito mais.

Chichen Itza

Chichén Itzá . Foto: Blog Vida Cigana

Aproveite e conheça algum cenote no mesmo passeio. Um cenote, em uma explicação leiga (leia-se: com as minhas palavras), é uma formação natural que parece um buracão no meio da terra com água embaixo, que cria uma paisagem impressionante, e que felizmente, tem aos montes nessa península do México. Era até usada como lugar de sacrifício em rituais maias.

A maioria das passeios junta o passeio de Chichén Itzá com o cenote que fica la do lado, o Ik’kil. Foi isso que eu também fiz em minha primeira ida a Cancún. Mas, se hospedando em Tullum, você também pode ir (em outro dia ou até mesmo nesse mesmo dia) no Cenote dos Ojos, que fica lá perto e também é bem impressionante como o Ik’kil. Se quiser aproveitar para garantir suas entradas, eu recomendo essa excursão que inclui traslado, guia turístico, almoço e uma parada em uma loja local de artesanatos.

*DICA SV- não faça como eu e não vá para os cenotes antes de ir a Chichén Itzá. Isso porque o templo maia fecha as 16:30 e só de viagem de Cancún/Tulum já são 3 horas. É fácil se distrair e entrar tarde, e ter que visitar tudo correndo. Imagine: acorda tarde e sai umas 9h, chega na região por volta do meio dia, vai comer e visitar o cenote, nada um pouco e quando viu já são quase 4 horas e se corre o risco de não ver Chichén Itzá! 

Dia 4- Terça: Zona arqueológica de Tulum, praia e centrinho

A zona arqueológica de Tulum não poderia ficar de fora desse roteiro pela Riviera Maia, pois é o único complexo maia na beira do mar! Além do visual lindo, você pode dar um mergulho em uma prainha super bonitinha e pequena no meio do sítio arqueológico. O ideal é pegar algum guia na própria entrada do parque para aproveitar melhor e entender cada pedaço do espaço. A entrada é paga e custa em torno de R$15,00 (valor aproximado).

Caso prefira um passeio fechado com guia turístico e transfer, existem duas opções interessantes. A primeira inclui apenas ingresso, traslado e guia, e a segunda é mais completa e oferece almoço, passeio de triciclo, mergulho… Clique nos links para obter mais informações!

Tulum, ruínas maias e praia paradisíaca juntas

Zona Arqueológica de Tulum, ruínas maias e praia paradisíaca em um só lugar. Foto: Blog Vida Cigana

No final do dia, aproveite para curtir mais a praia de Tullum e um dos restaurantes que citamos acima (no dia 2).

Leia mais: Como visitar as ruínas de Tulum, no blog Vida Cigana

Dia 5- Quarta: Cozumel e Playa del Carmen

Saia cedinho de Tulum. Deixe as malas no carro e se prepare para passar o dia fora. Siga de carro em direção ao ferry para Cozumel no porto de Playa del Carmen. Vá para a ilha, alugue um buggy e explore livremente as praias. O melhor é explorar as praias na mesma costa de onde a balsa chega, pois é onde há mais estrura, mar mais calmas e pontos de paradas de snorkel.

Por volta das 16h, volte para Playa del Carmen. Você pode daqui seguir para o seu hotel e tomar um banho ou continuar direto. A próxima parada é jantar no final do dia no Saffron, restaurante do Fairmont Mayakoba, hotel luxuoso e resutaurante super fofo. Se preferir, vá jantar em algum dos inúmeros restaurantes e barzinhos da Quinta Avenida, no centrinho de Playa del Carmen, que é uma delícia e ideal para tomar um drink depois do jantar, mesmo com ares de uma mini-Cancún.

Quinta Avenida, em Playa del Carmen.

A charmosa Quinta Avenida, em Playa del Carmen. foto: Fabio Pastorello

*DICA SV-  Se você curte mergulhar, considere passar uma noite em Cozumel que tem bons pontos de mergulho, ou planeje-se para isso enquanto fizer seu passeio de um dia. 

Leia mais: O que fazer em Playa del Carmen, no blog Viagens Cinematográficas

Dia 6- Quinta: Cancún

Hora de ir para Cancún aproveitar o que Cancún tem de melhor, gostando ou não: resorts all inclusive, compras e baladas. Afinal, esse é um destino super turístico e com forte presença americana (que se reflete nas marcas das lojas, bares e no tipo de comportamento dos turistas).

Não espere encontrar nada muito autêntico, a não ser que você vá na cidade de Cancún mesmo, fora da praia. Mesmo assim, Cancún é uma delícia se você vai sabendo o que esperar e quer relaxar e curtir!

Infra-estrutura de praia no nosso hotel na frente do mar.

A noite, não deixe de ir em uma das inúmeras baladas da cidade, como Coco Bongo, Señor Frogs, The City, Dady’O e Mandala.

*DICA SV: Ficar em all inclusive ou não?  Veja no final desse post as vantagens e desvantagens de um all inclusive em Cancun. Resorts all inclusive não fazem meu estilo de viagem, mas reconheço a mordomia que é você passar 24h comendo e bebendo sem pensar na conta final (ela já foi paga, e provavelmente custou caro), e ainda de frente para um mar lindão. Além de ser uma ótima opção para grupos grandes e famílias. Se escolher não ficar em um, Cancún tem inúmeros restaurantes gostosos, shoppings e lugares para ir.

Dia 7- Sexta: Cancún

Aperte o replay do dia de ontem, mas mude os lugares. Praia, shopping, balada, bar… o que quiser. Ou, uma opção para o dia de hoje é visitar a Isla del Mujeres em um passeio de barco, é bem gostoso.

Cancun vista do alto do prédio do hotel Moon Palace.

*DICA SV: Se você quiser incluir uma visita ao parque Xcaret, a dica é aumentar uma noite em Playa del Carmen e visitar o parque em um bate e volta a partir de lá. Isso é o que faz mais sentido geograficamente falando, já que o Xcaret fica pertinho de Playa del Carmen. 

Dia 8- Sábado: Últimos suspiros em Cancún e vôo de volta.

Esse é aquele dia que você tenta aproveitar ao máximo o seu restinho de viagem. Se o seu vôo for a tarde, talvez ainda tenha a manhã livre para curtir no hotel. Mas a verdade é que a viagem está chegando ao fim. Faça as malas, facá o checkout e vá para o aeroporto. É hora de voltar e compartilhar suas descobertas, fotos e histórias com os amigos.

This post is also available in: Inglês

Vai viajar?
É preciso planejar!

Planeje sua viagem utilizando os serviços dos parceiros abaixo. Você não paga nada a mais por isso, e ajuda o SV a continuar produzindo conteúdo de qualidade e gratuito. =)

Curadoria de viagem

Receba uma vez por mês em seu e-mail nossas dicas cuidadosamente selecionadas e as novidades do mundo das viagens.

Deixe seu comentário

  • DARFINI FERREIRA ALMEIDA

    Oi Marcela ! Você sabe quanto em média um casal gasta nessa viagem? Obrigada!

  • DARFINI FERREIRA ALMEIDA

    Oi Marcela,gostaria de saber sobre o gasto medio da viagem, quanto sai em media para um casal? Obrigada!!

    • Oi Darfini,
      Depende muito de quais hotéis você escolhe. Por exemplo, se pegar um All-Inclusive em Cancun, você paga as diárias, e não tem mais nenhum gasto adicional (diárias vão de 300 a 1000 dólares, dependendo do padrão). Ja em Tulum, os hotéis não são all-inclusive, então você paga de 200 a 1000 dólares de diária para um casal, mas paga também as refeiçoes (uma media de 100 dólares por dia pro casal pra todas as refeiçoes). Passeios de barco começam nos 70 dólares por pessoa, mas depende de quais e quantos você quer fazer.
      Assim você começa a fazer o calculo. Primeiro tem que ver quantos dias vocês vão ficar, em que padrão de hotéis, e dai adiciona os valores de passeios e comida!
      Espero que isso te ajude a ver como calcular seus gastos para essa viagem!

  • Marcela, estou indo na próxima semana!!! Pretendo buscar um Airbnb! Qual seria a melhor região em Tullum, Playa e Cancún para ficarmos? Os passeios são tranquilos de comprar por la?

    • Oi Veronica, que delícia de viagem!
      As três são cidades e praias diferentes, e você tem que pegar estrada para ir de uma até a outra. O ideal seria escolher uma, ou no máximo duas dessas regiões. Cada uma tem propostas bem diferentes, então fica difícil indicar uma delas sem saber o que você procura. Cancun é maior, tem mais estrutura de hotéis e até parece um balneário americano, já Playa e Tullum tem outra proposta, sendo que Tullum está mais em alta atualmente.
      Quando eu fui acabei arrumando todos os passeios por lá mesmo.
      Espero ter ajudado.
      Beijos

  • Tamar Oliveira

    Oi Marcela, boa noite!
    Você indica irmos e procurarmos hotel na hora? Ou melhor já ir com hotel fechado?

    • Tamar, eu sou do time que prefere fechar com antecedência para conseguir escolher, e não ser escolhida. =)
      Vale para esse caso também, principalmente na alta temporada.
      Beijos e boa viagem

  • Olá Marcella, tudo bem?
    Você indica alguma empresa para alugarmos o carro em Cancun? Quanto que fica aproximadamente o aluguel para os dias que você ficou no México? Obrigado pelas dicas.

    • Oi Thiago, tudo bem?
      Nós sempre alugamos carro em algum agregador, porque dai conseguimos comparar preço e ter o respaldo de uma empresa que conhecemos. Eu uso a RentalCars porque é a que mais gosto e pela minha experiência tem as melhores ofertas (tanto é que eles viraram parceiros do blog), mas infelizmente não me lembro o valor do aluguel. Faça uma simulação no site deles que você saberá os valores, até porque eles variam de acordo com a sazonalidade: Rental Cars.
      Espero ter ajudado. Beijos e boa viagem

  • + Ver mais comentários

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *