Antuérpia, na Bélgica: roteiro de um dia


Atualizado em:


Antuérpia é a segunda maior cidade da Bélgica e a maior da região de Flandres, com aproximadamente 500 mil habitantes. O idioma oficial ali é o holandês, mas é muito fácil se comunicar em inglês em todos os lugares. Para quem está com viagem marcada para Bruxelas, Bruges ou até mesmo Roterdã, pode ser uma boa opção passar pelo menos um dia na Antuérpia para conhecer a cidade. Ela é bem compacta e fácil de se explorar.

A cidade é mundialmente famosa pelos diamantes e pelo porto, um dos maiores do mundo. Grande parte do turismo da cidade está relacionado a essas duas características. Há lojas comercializando a pedra preciosa por toda a cidade — mas principalmente no Distrito dos Diamantes — e a sua história de navegação é sempre lembrada.

Antuérpia, Hand Werpen, ou “mãos arremessadas”

Antes de ir é importante saber que há uma lenda que diz que um gigante se apossou do castelo às margens do Rio Escalda (o Steen, que vou falar mais para a frente) e começou a cobrar pedágio de quem tentasse atravessar o rio. Quando as pessoas não tinham como pagar, o gigante cortava suas mãos e as arremessava na água. Certo dia, o soldado romano Silvius Brabo desafiou o gigante e cortou suas mãos e as jogou no rio. Daí se origina o nome da cidade: Hand Werpen, que significa mãos arremessadas em holandês — e futuramente foi alterado para Antwerpen. Referências ao gigante e ao herói Brabo estão em estátuas pela cidade toda.

Reserve uma excursão de Bruxelas para Antuérpia por aqui

Como chegar e quanto tempo ficar na Antuérpia?

Antuérpia fica a menos de uma hora de Bruxelas e a cerca de duas horas de Amsterdam. Por terra, a maneira mais fácil de chegar à cidade é de trem. Há opções saindo da capital belga a cada 15 minutos e a passagem custa em torno de 10 euros.

O centro histórico da Antuérpia é apaixonante.

Um dia na cidade é suficiente. Se você vai em um grupo grande ou quer conhecer tudo com mais calma, um final de semana pode ser uma boa. Antuérpia também é famosa pela enorme quantidade de bares e restaurantes, então um pernoite pode compensar para quem quer aproveitar a vida noturna.

Eu conheci a cidade em um bate e volta vindo de Ghent. Fui em um domingo, por um erro de cálculo. Domingo, como em quase todas as cidades europeias, a maior parte das coisas fica fechada e o passeio perde muito do seu potencial, ainda que as principais atrações turísticas continuem abertas. Mesmo assim, eu me apaixonei pela cidade e recomendo sempre que tenho a oportunidade.

Leia mais: Como viajar de trem na Bélgica, as dicas do blog Apure Guria

O que fazer na Antuérpia?

Abaixo listamos em tópicos os passeios imperdíveis para você visitar em um dia na cidade. Eles estão listados na ordem que sugerimos que você faça o roteiro.

Esse é um roteiro para ser feito todo a pé, a partir da estação central de trem da cidade. Confira! 

Roteiro de 1 dia pela Antuérpia: Manhã da chegada

Estação Central: Chegando na Centraal Station, olhe ao redor. A estação de trem já começa o passeio em grande estilo. Com arquitetura super rebuscada, vale a pena prestar atenção do chão ao teto. Se você não chegar de trem, vá até a estação central, que vale a visita.

Ceentral: a belíssima estação de trem da Antuérpia.

Zoológico e Chinatown (opcional): Bem ao lado da Centraal Station está o zoológico. Inaugurado em 1843, ele é um dos mais antigos do mundo. Atravessando a praça onde está a estação de trem você chega ao Chinatown. Ali tem vários supermercados asiáticos grandes e cheios de produtos típicos. Para quem gosta, é uma ótima parada.

Na própria estação há um ponto de informações turísticas. Eu fui pegar um mapa e recebi uma orientação perfeita do atendente, que me sugeriu um roteiro que reproduzo aqui: seguir caminhando pela rua Kipdorgburg até a Jezusstraat (que depois vira Meir), e depois seguir nela até em direção ao Rio Escalda até chegar no centro histórico, fazendo alguns desvios estratégicos.

Palácio Real da Antuérpia: Caminhando pela Meir você vai dar de cara com o antigo Palácio Real da Antuérpia, que foi construído no século XVIII e já serviu de moradia para ninguém menos que Napoleão Bonaparte. Apesar de ter passado por uma grande reforma, o Palácio abriga apenas alguns eventos e festas, e está fechado para visitação.

Rubenshuis: O próximo desvio é para a Rubenshuis, ou The Rubens House. A casa do pintor belga Rubens (1577-1640) é um palacete e se transformou em museu. Os cômodos da casa do pintor belga continuam todos preservados como o original do século XVII. A casa fecha às segundas e a entrada custa 10 euros para adultos.

Além de tudo, o lugar é lindo.

Roteiro de 1 dia na Antuérpia: almoço e meio do passeio

Groenplaats: Se você continuar caminhando pela Meir e, depois, pela Shoenmarkt, vai chegar na Groenplaats, a maior praça da cidade, cercada de lojas e restaurantes. Ela já é a porta para o centro histórico e ali a dica é se perder. A parte mais antiga da cidade não é muito grande, mas andar aleatoriamente pelas ruazinhas pode trazer boas surpresas.

Na Antuérpia, as praças são cercadas de bares e restaurantes, ótimas opções para o almoço.

Catedral de Nossa Senhora: Nessa região estão alguns pontos importantes, entre eles, a Onze Lieve Vrouwekathedraal. Trata-se da catedral da cidade, a Igreja de Nossa Senhora de Antuérpia. Ela tem proporções monumentais e é Patrimônio Mundial da UNESCO. A visitação custa 6 euros, a não ser que você vá em horário de missa.

Grote Markt: No centro histórico também está a Grote Markt, praça central da cidade onde fica localizada a prefeitura e a famosa estátua de Brabo arremessando a mão do gigante. Aqui também é possível encontrar muitos restaurantes e bares. Aproveite o passeio no centro para almoçar, já que nessa parte da cidade não faltam opções de restaurantes.

A Grote Markt é onde estão a prefeitura e a famosa estátua do Brabo.

Recomendo esta excursão de degustação de cervejas da GetYourGuide. Nela você também vai visitar os principais pontos turísticos, como a Catedral de Nossa Senhora, a Praça do Mercado e o Castelo de Steen.

Roteiro de 1 dia na Antuérpia: para finalizar o passeio

Não pense que depois do centro você já viu tudo! Lembra que eu disse lá no começo que a cidade estava muito ligada à navegação? Pois então, continue caminhando em direção ao rio e depois vire à direito para chegar ao antigo porto. A caminhada na margem do Rio Escalda é gostosa, principalmente se o tempo estiver bom.

Steen: nossa próxima parada no roteiro pela Antuérpia

Het Steen: Seguindo esse roteiro você logo avistará o Het Steen, prédio mais antigo da cidade — que não é exatamente um prédio, na verdade. O Steen é uma fortaleza medieval construída no século XIV para defender a cidade de ataques de vikings. O Steen é o cenário da lenda que dá nome à cidade.Na entrada, uma estátua de um gigante com dois humanos entre suas pernas chama a atenção.

MAS: Por último, não deixe de conhecer o MAS (Museum aan de Stroom). O prédio moderno tem diversas vistas incríveis da cidade que já valem a visita. O acervo conta com exposições muito interessantes sobre a história marítima da cidade. O MAS também fecha às segundas e os tickets custam entre 2 e 10 euros.

A região do porto antigo com o MAS, um prédio marrom com recortes quadrados ao fundo.

A região do porto antigo com o MAS ao fundo.

Vista do museu MAS na Antuérpia, com prédios baixos e um rio que é cortado por uma ponte.

Uma das vistas de dentro do museu. A chuva chegou forte depois disso.

Para encerrar com chave de ouro, tome uma cervejinha belga e coma uns petiscos em um dos diversos bares das proximidades do museu.

Bônus: compras

Dizem que a Antuérpia é um paraíso das compras. Como eu disse, visitei a cidade em um domingo e pouquíssimas coisas estavam abertas, então não pude aproveitar muito bem. Pelo pouco que vi, posso afirmar que o centrinho mais histórico da cidade é repleto de lojinhas únicas e muito simpáticas — minhas favoritas. Porém, afirma-se que na Meir, uma das principais avenidas da cidade, as lojas de redes conhecidas, como H&M e Zara, por exemplo, costumam ter preços mais baixos do que em outros lugares da Europa.

Vai viajar?
É preciso planejar!

Planeje sua viagem utilizando os serviços dos parceiros abaixo. Você não paga nada a mais por isso, e ajuda o SV a continuar produzindo conteúdo de qualidade e gratuito. =)

Curadoria de viagem

Receba uma vez por mês em seu e-mail nossas dicas cuidadosamente selecionadas e as novidades do mundo das viagens.

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *