Roteiro Key West: Dicas Práticas e O Que Fazer em 2 Dias


Atualizado em:


Confira um roteiro por Key West para 1 ou 2 dias, com detalhes do que fazer dia-a-dia e as principais atrações.

A grande maioria das pessoas que deseja visitar Key West faz um bate-volta a partir de Miami e passa somente o dia na cidade. Essa é uma opção possível de acontecer sim, você sai bem cedo de Miami, chega para aproveitar o restinho da manhã, almoça e retorna depois do pôr-do sol (existem muitos tours prontos que fazer isso, como esse tour com passeio de barco, e esse daqui que fica em torno de 6 horas em Key West). Mas, na nossa opinião,  o melhor a fazer é alugar um carro e tentar passar pelo menos uma noite por lá para aproveitar o agito noturno e conseguir curtir a praia e as atrações com calma.

Para quem tem mais tempo e pode passar pelo menos uma noite por lá, montamos esse roteiro de 2 dias em Key West contando as nossas impressões sobre a cidade mais ao sul dos Estados Unidos.

Veja aqui todas as nossas dicas práticas sobre Key West

Dia 1 em Key West

Manhã: curta a estrada maravilhosa e a 7 mile bridge

Saia de Miami cedo para conseguir aproveitar o dia. A viagem dura de 3:30h a 4h, então sair até umas 8h é o horário ideal para chegar para o almoço. Recomendamos alugar um carro para ir até Key West e, ainda, se possível, alugar um conversível para a experiência ficar melhor ainda, pois a estrada é muito cênica e ponte de 11km que corta o mar (7 mile bridge) é uma atração a parte.

Cruzando a 7 mile bridge, rumo á Key West!

Cruzando a 7 mile bridge, rumo á Key West!

Deixe suas malas no hotel e se prepare para o que vem pela frente. Nós ficamos no The Gates Hotel, que tem quartos muito confortáveis, vaga de estacionamento e piscina, mas que fica afastado do centro. como estávamos de carro, isso não foi nenhum problema, em 10 minutos estávamos no centro.

Almoce em algum lugar nas redondezas do seu hotel como era o Hogfish Bar e Grill no nosso caso. Ou aproveite para já conhecer o centrinho indo para a Duval Street. Se quiser algo rápido e despretensioso por lá, prove os tradicionais Conchs no The Conch Shack ou vá de comida mexicana no Amigos Tortilla Bar.

Tarde: hora de aproveitar o mar de Key West, na praia ou no barco

Aproveite esse dia para fazer atividades mais longas e difíceis, ou atividades em que você sairá molhado e precisará do hotel depois, como ir a praia ou mergulhar. Desse modo, você terá um lugar para voltar, tomar banho e se arrumar.

Nossa sugestão é ir a praia de Fort Zachary Taylor, a mais bonita de Key West e passar essa tarde lá. Ela fica dentro de um parque estadual e a entrada é paga: 6 dólares por veículo ou 2 dólares por pessoa se não estiver de carro. Lá dentro há uma infra-estrutura básica com chuveiros, café e algumas mesinhas, e as cadeiras e guarda-sóis também são pagos a parte. A praia é bem bonita com uma água super transparente e areia branca, mas tem bastante conchas e pedrinhas e as vezes um cheiro forte de algas. Fica aberta até o pôr do sol e pode ser uma boa pedida ficar por lá até o final do dia.

Praia de Fort Zachary Taylor.

Praia Fort Zachary Taylor. Pedrinhas, gaivotas e água transparente.

Olha a cor desse mar!

Olha a cor desse mar!

Se preferir um lugar um espaço bacana e com drinks, você pode ver o sol se pondo do terraço do Louie’s Backyard. Ou pode curtir o pôr do sol de maneira mais especial e exclusiva ainda, comendo aperitivos e tomando drinks nesse passeio de veleiro.

Noite: Pier e Duval Street

Você pode aproveitar o final do dia para curtir a piscina do hotel, finalizar seu passeio de barco, ou já se preparar para sair. Nossa sugestão para a noite é caminhar pelo pier perto da Key West Bight Marina, onde há vários restaurantes para jantar como o The Commodore ou Half Shell Raw Bar. Lá você estará pertinho da Duval Street e dos bares e baladas animados, como o famoso Sloppy Joe’s.

Reserve aqui um pub crawl pela Duval Street

Pier perto das marinas, no lado norte de Key West.

Pier perto das marinas, no lado norte de Key West.

Dia 2 em Key West

Manhã:

Hospedando-se na cidade, você pode descansar até um pouquinho mais tarde e, quando fizer o check out, já estar preparado para sair de uma vez do hotel. No nosso caso foi bem tranquilo pois estávamos de carro e deixamos as malas no porta-malas o tempo todo após fazer o check-out.

Do hotel, seguimos direto para as praias da costa sul. Key West tem poucas praias já que há muitas marinas e trechos onde não é possível se banhar, então é fácil conhecer quase todas elas. A melhor é a praia dentro do parque de Fort Zachary Taylor, que já falamos anteriormente. Se tiver feito o passeio de barco ou o mergulho ontem a tarde, e quiser curtir a praia hoje de manhã, agora é a hora.  Mas, além dessa, há outras praias também para visitar. Nós as conhecemos e fizemos o trajeto nessa ordem:

Smarthers Beach, que é a maior em extensão de areia por isso há menos muvuca, mas é a menos impressionante de todas.
Rest Beach e Higg’s Beach, que ficam pertinho uma da outra e tem um grande pier de madeira.
Dog Beach, que tem uma entradinha super pequena, quase imperceptível e que, claro, deixa entrar cachorros.
South Beach, bem perto do ponto mais ao sul dos EUA (Southernmost Point), pequena e agitadinha, pois tem um café praticamente na areia que oferece estrutura aos banhistas.

keywest_pier

Tente tirar fotos sem colocar o dedo na lente. =P

keywest_sea

keywest

No meio do caminho sempre tem uns pontos de parada para observar o mar. Esse era perto de South Beach. Adorei a ideia de pegar bikes e explorar por lá também.

Você pode almoçar alguma coisa nas praias ou em outro lugar lá perto, como o restaurante cubano El Siboney , o Banana Café ou o Louie’s Backyard (caso não tenha ido no dia anterior).

A GetYourGuide tem esse tour gastronômico que passa pelo restaurante El Siboney, além de outros 4 locais conhecidos na região!

Tarde: tour pelas principais atrações de Key West

Aqui você estará pertinho do Southernmost Point, a bóia que indica o ponto mais ao sul dos Estados Unidos, que fica a 90 milhas de Cuba. Dizem que se o tempo está bem aberto é possível ver a ilha ao fundo, mas não sei se é verdade ou lenda urbana para deixar o local mais interessante. Neste walking tour você vai aprender sobre a história e cultura de Southernmost. É super interessante para quem quer entender mais sobre Key West.

Southernmost Point.

Southernmost Point.

Depois daqui, siga pela Whitehead St. até a casa e museu do Hemingway, no número 907. Depois disso, continue até o Mile Marker O, que mostra o marco final da estrada US1. Na verdade não é nada demais, mas já que está no caminho vale a paradinha. Ainda na Whitehead St., pare no Kelly’s Caribbean Bar, Grill & Brewery, um bar onde originalmente foi fundada a Pan Am Airlines. O lugar é bem tranquilo e tem um happy hour ótimo, com preços justos e uma comida super gostosa.

Daqui você já estará pertinho da Mallory Square, lugar mais famoso em Key West para ver o pôr do sol. Mas antes de ir pra lá, dê uma passadinha na Truman Little White House, casa de veraneio preferida do presidente americano Truman, e onde alguns outros presidentes gostavam de ir para descansar. Foi nessa casa também que o presidente Kennedy tentou uma negociação de reaproximação com Cuba.

Veja todos os tours disponíveis de Key West aqui

Pronto. Agora dirija-se ao pier/ deck na beira do mar e vá caminhando por toda sua extensão até a Mallory Square e escolha seu cantinho para ver o pôr do sol.

mallorysquare

Mallory Square. É chegar a hora do sol se pôr para a praça começar a lotar.

sunset_keywest

Além da praça, há um pier grandão do lado que fica menos concorrido.

sunsetatmallorysquare

O pôr do sol é lindo mesmo!

Noite: volta para Miami

Depois de aplaudir esse fenômeno da natureza (ta achando que só no Rio e em Jeri isso acontece?), você pode ir em direção a Duval Street para começar a se despedir da cidade e para comprar algum doce para comer durante a viagem de volta na Mattheessen’s , como o Fudge ou os cookies que são divinos.

O agito da Duval street a noite.

O agito da Duval street a noite.

Agora você já estará no seu limite de tempo para voltar, e precisará pegar estrada rumo a Miami se quiser chegar antes da meia-noite. Então tome um belo café e bora viajar, mas dessa vez no escuro e sem aquela bela vista, infelizmente. Quem fica duas noites em Key West tem a vantagem de conseguir dormir mais uma noite e seguir viagem cedo no dia seguinte. Fica a dica…  😉

Não consigo incluir uma noite para Key West, mas quero visitar mesmo assim. O que faço?

Se não conseguir tirar uma noite para dormir em Key West e tiver apenas a opção de bate e volta, recomendamos que você dê uma olhada nesse tour com transfer de ida e volta e passeio de barco incluído. O que mais gostamos nesse tour é que ele inclui um passeio de barco de 2 horas, com paradas para fazer snorkel. E depois você ainda tem tempo livre (em torno de 3 horas) pra explorar Key West como quiser.

Se quiser fazer o mesmo bate e volta, mas sem o barco, considere esse tour aqui que inclui apenas o transporte de ida e volta para Key West, e você passa umas 6 horas por lá.

Nós gostamos de indicar esses tours porque eles saem bem cedinho de Miami e voltam no final do dia (assim você não precisa dirigir e se cansar, e consegue aproveitar mais). Mas, na nossa opinião,  o melhor a fazer é alugar um carro e tentar passar pelo menos uma noite por lá para aproveitar o agito noturno e conseguir curtir a praia e as atividades no mar. Garanto que será uma excelente adição a sua viagem para Miami. ♥

Vai viajar?
É preciso planejar!

Planeje sua viagem utilizando os serviços dos parceiros abaixo. Você não paga nada a mais por isso, e ajuda o SV a continuar produzindo conteúdo de qualidade e gratuito. =)

Curadoria de viagem

Receba uma vez por mês em seu e-mail nossas dicas cuidadosamente selecionadas e as novidades do mundo das viagens.

Deixe seu comentário

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

EnglishPortuguese