Roteiro Santiago do Chile para 3, 5 e 7 dias de viagem


Atualizado em:


Já se cansou de visitar Buenos Aires, Montevidéu e até já deu suas passadas em Lima e Cartagena? Está na hora de dar uma chance a Santiago, esta bela cidade encravada aos pés da imponente Cordilheira dos Andes. A capital chilena é muito procurada como base para quem segue rumo ao deserto do Atacama ou Patagônia, mas ela possui suas belezas e seu charme. Um roteiro para Santiago pode contemplar uma série de experiências bacanas.

Em geral, os visitantes dedicam dois dias a Santiago, visitam apenas o básico do básico e então partem para outra região do país. Mas se você estiver em busca de uma experiência mais completa para conhecer melhor a cidade e seu povo, não se acanhe em ir ficando: você pode ter boas surpresas. Por isso, montamos dicas de roteiro para Santiago voltado a quem vai ficar por 3, 5 e até 7 dias por lá. Veja o que você encontrará nesse post:

-Atrativos em Santiago
-Roteiro em Santiago para 3 dias
-Opções para 5 dias de viagem
-Roteiro para 7 dias em Santiago

Cordilheira dos Andes em Santiago

A capital chilena tem atrações para todos os gostos – Foto: Divulgação

Atrativos de Santiago

Em primeiro lugar, Santiago possui uma vida gastronômica riquíssima, que não fica devendo em nada às grandes capitais sul-americanas, como Lima, Buenos Aires e São Paulo. Portanto, se você gosta de experimentar pratos locais de qualidade, mas também incursionar por restaurantes da cozinha internacional, não vai se decepcionar. E se curte frutos do mar, prepare-se para se esbaldar.

Outro fator que serve como atrativo para o turista é que Santiago é deliciosa para se bater perna: é uma cidade totalmente plana, é bem mais segura que as grandes cidades já citadas acima e conta com diversas áreas verdes espalhadas em sua zona urbana. De quebra, mantém com relativo sucesso seu patrimônio histórico, com muitos prédios antigos – inclusive alguns do período colonial – abertos à visitação.

Roteiro Santiago do Chile

Plana e segura, Santiago é uma cidade excelente para bater perna

Os culturetes também não terão do que se queixar em Santiago: o que não falta são museus e espaços culturais de qualidade, para todos os gostos. Desde os tempos pré-colombianos até os dias atuais, a história do Chile é contada em diversos locais espalhados pela cidade.

Roteiro em Santiago para 3 dias

Em um período curto, o ideal é que o roteiro para Santiago seja o mais enxuto possível. Felizmente, os principais pontos turísticos da cidade estão bem próximos uns dos outros, reduzindo os deslocamentos e facilitando a vida do turista.

Até mesmo por isso, dá para dividir a cidade em três grandes núcleos de visitação e dedicar um dia para cada um deles. Vamos lá:

Dia 1 – Região Central

O umbigo de Santiago vale a visita por reunir boa parte das atrações históricas e aqueles passeios obrigatórios, na linha “se não viu atração X, não esteve lá”.

Palacio La Moneda

O Palacio La Moneda é uma atração clássica de Santiago.

Um bom lugar para começar a visita, ainda durante o dia, é o Palacio La Moneda, sede da presidência da República e onde há um importante museu. O lugar é famoso por ter sido bombardeado pela sua própria Força Aérea, durante o golpe militar de 1973 que conduziu Augusto Pinochet ao poder. A cada dois dias, pela manhã, acontece cerimônia de troca de guarda, tradição desde 1851.

Ali pertinho está a Plaza de Armas, marco zero da cidade e onde se concentram atrações como a Catedral Metropolitana, o Correio Central e o Museu Histórico Nacional. Muitos prédios foram construídos no período colonial e alguns mantém traços da época.

Colado ao largo está o Museo Precolombino, talvez o mais importante da América do Sul a abordar a vida dos povos que aqui viviam antes da colonização espanhola.

Bateu a fome? A poucos quarteirões está o Mercado Central, que funciona em um edifício histórico e possui dezenas de restaurantes, que dão um excelente resumo do que é a cozinha chilena.

Depois de rodar pelo centrão, vale dar uma passada no Cerro Santa Lucia, um parque público muito bacana, encarapitado em uma colina que oferece uma vista interessante da cidade. O local tem área verde, construções antigas e monumentos diversos. É um ótimo lugar para curtir o finzinho de tarde, descansar e recarregar as baterias para a noite.

Ali perto está Lastarria, o bairro boêmio da cidade, repleto de bares e restaurantes. Ali também tem feirinha de artesanato, cineclube e livraria e centros culturais para quem ainda estiver nessa pegada.

Dia 2 – Cerro San Cristóbal e Bella Vista

A vista a partir do Cerro San Cristóbal é lindíssima – Foto: Divulgação

Aqui tem atração para o dia inteiro e um pouco mais. O Cerro San Cristóbal é um monte que oferece visuais lindíssimos da cidade, pode ser acessado por teleféricos ou funiculares e está cheio de atrações. Uma delas é o Jardim Zoológico, que abriga animais típicos dos Andes e também aqueles que todo mundo procura em qualquer lugar do mundo, como elefantes, ursos e girafas.

Para quem tem filhos que não param quietos, vale leva-los ao Parque Bicentenário de La Infância, cheio de brinquedos inventivos que vão fazer os pequenos pularem até cansar. Mas se a ideia é fazer todo mundo curtir, vale uma visita ao gigantesco Parque Metropolitano, que abriga o Jardín Japonés, Casa Cultura Anáhuac e Bosque Santiago. Tem até piscinas públicas no local. O Cerro conta ainda com o Santuário de La Inmaculada Concepcion, que abriga um anfiteatro e uma estátua de 14 metros da santa.

Descendo do Cerro há outras atrações bacanas, como La Chascona, a famosa casa-museu onde viveu o grande poeta chileno Pablo Neruda, prêmio Nobel de Literatura em 1971.

Não muito longe dali está o Patio Bellavista, uma galeria modernosa cheia de brechós, lojas e bazares para você comprar roupas, obras de artes, livros e o que mais lhe interessar. Os bares e restaurantes do local são ótimos lugares para comer, tomar um pisco sour e conversar bastante. Mas se você quer mais curtir a vida noturna de uma forma mais solta vale conferir os bares e restaurantes das ruas Pio Nono e Constitución. A primeira tem estabelecimentos mais despojados e o segundo são os mais arrumadinhos.

Dia 3 – Bairro Vitacura e Sky Costanera

Para fechar um roteiro para Santiago de curta duração, vale conferir os bairros mais elegantes da cidade, já que conheceu o centro antigo e os bairros mais descolados.

O mirante do Sky Costanera oferece uma vista incrível da Cordilheira

Dá para começar o passeio pelo Parque Bicentenário, em Vitacura. Lá você pode alugar uma bicicleta e percorrer a extensa área verde, com vista para o Cerro San Cristóbal. Há ainda dois lagos, playground e uma infraestrutura muito boa. Um dos restaurantes mais badalados da cidade, Mestizo, fica no interior do parque. Também em Vitacura ficam alguns museus interessantes, como o Museo Ralli, que abriga rico acervo de artistas latino-americanos, e o Museo de la Moda, que tem peças interessantes, como a jaqueta que Michael J. Fox usou no filme “De Volta para o Futuro”.

Para encerrar o dia, vale dar uma esticada até o Sky Costanera, o edifício mais alto da América Latina e que possui um mirante incrível. Ver o por do sol dali é uma experiência e tanto e uma ótima maneira de encerrar a viagem.

Roteiro em Santiago para 5 dias

Cinco dias é um período excelente de um roteiro para Santiago, pois é possível conhecer o que a cidade tem de melhor sem correria. Tendo como base o roteiro de 3 dias, é possível ampliar a área de visitação e incluir mais atrações, sem se afastar muito das regiões mais turísticas da cidade. E, ainda por cima, dá para separar um dia para um passeio mais diferentão.

Dia 1 – Centro e Lastarria

O Cerro Santa Lucia é um bom lugar para recarregar as baterias antes de curtir a noite em Lastarria – Foto: Divulgação

Com um pouco mais de tempo na cidade, dá para curtir melhor cada região, especialmente o centro velho. Além dos já citados Plaza de Armas, Museo Precolombino e Mercado Central, dá para conferir também outras atrações da região, como o Museo Nacional de Bellas Artes e o Museu de Arte Contemporáneo, que são incríveis e funcionam no mesmo prédio histórico, localizado no Parque Forestal, à beira do Rio Mapocho e muito agradável para caminhadas. Ao final da tarde, aquela já conhecida passada pelo Cerro Santa Lucia antes de descer a colina e aportar em Lastarría, para comer e beber muito bem, porque ninguém é de ferro.

Dia 2 – La Moneda e Quinta Normal

O Museu de História Natural é uma das muitas atrações do Quinta Normal – Foto: Divulgação

O segundo dia é para zerar o centro antigo de Santiago. Primeiro, fazendo aquela visita caprichada ao Palacio La Moneda. Com tempo de sobra, dá para ver a troca de guarda, agendar visita ao gabinete presidencial (sim, é possível!) e visitar o museu que conta a história do edifício e dos anos de formação do Chile Independente.

Feito este compromisso, é hora de dar um pulo no Parque Quinta Normal, que possui 40 hectares de área verde, lago com pedalinhos e trilhas para caminhadas. Como se não bastasse, abriga museus para todos os gostos: Ferroviário, de Ciências e Tecnologia, História Natural, Arte Contemporânea e de Arte Jovem são alguns dos mais famosos. Vale citar ainda o Museu de Memória e Diretos Humanos e diversos centros culturais.

Tanta cultura por perto atrai um público descolado e boêmio, que curte a noite pra valer nos bares e restaurantes do bairro Yungay, próximo ao parque.

Dia 3 – Vinícolas de Santiago

Depois de bater perna adoidado nos dois primeiros dias, tá na hora de relaxar com um passeio mais relax. Santiago fica próximo a uma das principiais regiões vinicultoras do país, o Valle Central. Por isso, os arredores da cidade contam com várias vinícolas. E o melhor de tudo é que algumas das marcas mais conhecidas pelos brasileiros contam com vinícolas na região metropolitana, acessíveis pelo metrô ou, no máximo, mais um ônibus. Ou seja, dá para ir e voltar no mesmo dia.

Entre as melhores opções estão a Cousiño Macul, Concha y Toro e Santa Carolina. Todas elas oferecem roteiros que inclui visita às plantações e adegas, além de degustação de vinhos. Eis aí um bom motivo para ir de transporte público: poder beber à vontade. Confira aqui os endereços e outras dicas de vinícolas em Santiago.

Dia 4 – Um passeio ao seu estilo

O Patio Bellavista atrai uma fauna variada com seus restaurantes, bares e lojas

Depois de destrinchar a região central e conhecer uma das famosas vinícolas de Santiago, você tem ainda dois dias para curtir – e muito – a cidade. Ao contrário do roteiro de três dias, em que você tem de encaixar muita coisa em pouco tempo, aqui você pode espaçar mais as atrações e visitar o que mais lhe agrada.

Se você curte uma vibe mais descolada, a sugestão é passar um dia na região de Bella Vista, aproveitando ao máximo locais como La Chascona e Patio Bellavista. Uma outra opção interessante é o Centro Cultural San Ginés, que oferece espetáculos de teatro e sessões de cinema, inclusive alguns gratuitos. Os bares e restaurantes das ruas Pio Nono e Constitucíon são perfeitos para encerrar o dia ou até mesmo para atravessar a noite.

Se você curte um programa mais chique, vale ficar no final do bairro Providência, já próximo do bairro El Golf. Ali há atrações interessantes como o Parque das Esculturas, às margens do Rio Mapocho.

Mais ao leste, você vai encontrar a avenida Isidora Goyenechea, uma das mais elegantes da cidade, cheia de restaurantes badalados, teatros e centros culturais de primeira. Passeando por aqui, você descobrirá porque essa região é chamada de Sanhattan, em referência a ilha de Nova York.

E já que você está por aqui, não custa fechar o dia com uma visita ao Sky Costanera e seus visuais de tirar o fôlego.

Dia 5 – Aproveite as áreas verdes

Roteiro para Santiago

O Parque Bicentenário é um dos melhores de Santiago

Mais uma vez, aqui você tem a oportunidade de ficar em uma única região, mais ao seu estilo. Depois de tanta bagunça, você merece relaxar. Escolha entre o Cerro San Cristóbal e suas inúmeras atrações ou então o belíssimo Parque Bicentenário. Em ambos os casos, você pode passar o dia inteiro, se largando nas áreas verdes ou aproveitando os variados equipamentos públicos.

Roteiro em Santiago para 7 dias

Aqui, o segredo é manter o mesmo roteiro para Santiago de cinco dias e apenas acrescentar novas atrações para mais dois dias. No entanto, estas últimas dicas são para locais mais afastados. Portanto, veja o que é mais interessante para você: começar pelas atrações próximas e deixar os últimos dias para os passeios mais puxados ou o inverso. A verdade é que você pode organizar os dias como achar melhor.

Dia 6 – Bate e volta a partir de Santiago

O Castelo Wulff é uma das atrações de Viña del Mar – Foto: Divulgação

Aqui há duas opções de bate e volta a partir de Santiago, cada uma mais adequada a uma época do ano.

Verão: 

Se você for no verão, não perca a oportunidade de visitar as cidades de Viña del Mar e Valparaíso. As duas estão a 100 quilômetros de Santiago e são coladas uma na outra, sendo inclusive ligadas a um sistema de metrô de superfície.

Viña del Mar é um famoso balneário, que abriga antigos palacetes de veraneio. Entre as principais atrações da cidade estão o Casino Municipal, o Castelo Wulff e o Estádio Salsalito, onde o Brasil jogou suas primeiras partidas na Copa de 1962, em que conquistou o Bicampeonato Mundial. Valparaíso é uma cidade portuária, que se destaca pelos mirantes dos Cerros Alegre e Concepción. A cidade também abriga La Sebastiana, mais uma das casas-museu de Pablo Neruda.

Inverno:

No inverno, a pedida é visitar uma das várias estações de esqui que estão nos arredores de Santiago. A maioria delas estão a cerca de 60 quilômetros da capital chilena e podem ser visitadas no esquema bate-volta. Se você tiver mais dias disponíveis ou preferir ficar mais tempo na neve do que em Santiago, é possível se hospedar nas montanhas: há vários complexos hoteleiros ao lado ou mesmo no interior das estações de esqui.

Farellones é a estação ideal para famílias com crianças ou para quem quiser aprender a esquiar. O local possui ainda descidas em trenó ou boia, ótimas tanto para adultos quanto para crianças. Valle Nevado é uma estação mais requintada e voltada aos praticantes mais experientes de esqui. Outras excelentes opções são El Colorado e La Parva.

Dia 7 – Duas opções e uma atração extra, para ir além do óbvio

Quem pode ficar uma semana na capital chilena pode se dar ao luxo de escolher atrações que fujam um pouco do convencional ou ainda buscar aquele tipo de passeio pelo qual você é aficionado. Por isso, damos duas alternativas para um passeio de um dia. Agora, se você gostar muito das duas opções, pode incrementar seu roteiro para Santiago: aproveite ambas e elimine outras.

O Parque Araucano é amplo, belo e cheio de opções de lazer

A primeira dica é passar o dia na elegante região de Las Condes. Vale a visita aos parques Araucano e Juan Pablo II, com extensa área verde, orquidário, playgrounds e gramado para lagartear ou fazer piquenique. Se estiver com crianças, vale visitar o KidZania, onde os pequenos aprendem sobre profissões se divertindo. Ali pertinho está o Parque Arauco, shopping elegante que possui grifes internacionais.

A segunda dica é o Parque O’Higgins, uma enorme área verde que abriga atrações como o Fantasilândia, um parque de diversões semelhante ao HopiHari, o Movistar Arena, famosa casa de espetáculos e o Patinódromo.

A dica extra é o Estádio Nacional, local onde a seleção chilena manda seus jogos em casa e onde aconteceu a final da Copa do Mundo de 1962, em que o Brasil venceu a Tchecoslováquia por 3 a 1 e conquistou o Bicampeonato. O local também ficou tristemente célebre por se tornar local de prisão e tortura de presos políticos durante a ditadura de Augusto Pinochet.


Espero que vocês tenham gostado de nossas dicas e opções de roteiros para Santiago. Com esse post, tenho certeza que você conseguirá aproveitar o que é imperdível na cidade, e poderá ir combinando uma ou outra atração que está mais de acordo com seu gosto e estilo. Boa viagem!

Vai viajar?
É preciso planejar!

Planeje sua viagem utilizando os serviços dos parceiros abaixo. Você não paga nada a mais
por isso, e ajuda o SV a continuar produzindo conteúdo de qualidade e gratuito. =)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curadoria de viagem

Receba uma vez por mês em seu e-mail nossas dicas cuidadosamente selecionadas e as novidades do mundo das viagens.