Conheça Georgetown, o bairro histórico de Washington DC

Se existe uma palavra para definir Georgetown ela é: charme. Pense em um bairro composto de pequenas casinhas coloridas, todo arborizado, com pequenos restaurantes refinados e uma rua só de compras. Some a isso alguns cafés e lojas de cupcakes, e um parque na beira do rio. Esse é o bairro de Georgetown, bairro nobre de Washington DC que foi fundado no século XVII, antes mesmo da capital americana ter sido construída ali.

Antigamente Georgetown era uma cidade portuária do estado de Maryland, e só foi incorporada ao Distrito de Colúmbia algumas decadas depois, se tornando um bairro de Washington.

Por lá, além de passear pelas ruazinhas, pode-se também fazer compras e comer bem. Para conhecer o que há de melhor no bairro, sugerimos o seguinte roteiro:

mapa georgetown

A principal rua do bairro é a M Street, onde estão as principais lojas e restaurantes, e onde fica o movimento todo os dias até umas 8 da noite. A Wisconsin avenue, que cruza com a M, é também uma importante avenida com mais lojas e restaurantes. O ideal é seguir pela M Street fazendo algumas entrada estratégicas em algumas ruelas perpendiculares, como mostra o mapa.

M Street e suas lojas

Detalhes da M Street

A Old Stone house é um monumento histórico e a casa mais antiga de Georgetown. Vale conhecer mas não perca muito tempo por lá. Na rua logo em frente da Ols Stone House está a Thomas Jefferson Street, uma ruazinha bem fofa onde é possível ver o canal. Essa parte do canal é a que eu acho mais bonita, além de ser onde está localizada a Baked and Wired, um segredo de viagem pois é um lugar super badalado entre os locais, e tem os melhores cupcakes que eu já provei. Não se assuste se a fila estiver indo até o lado de fora.

O fofo canal visto da Thomas Jefferson street

O fofo canal visto da Thomas Jefferson street

Se você seguir o roteiro e subir a Wisconsin Avenue, e depois voltar por alguma rua paralela a ela, poderá ver a vida de quem mora em Georgetown, pois as casinhas são habitadas por famílias e estudantes que mantém a aparência delas com portas coloridas e pequenos jardins.

A Prospect Street é a rua de acesso à universidade de Georgetown e por isso é sempre movimentada de estudantes. Também recomendo a visita à Universidade, não só porque eu estudo lá (rs) mas porque o prédio principal data de 1789, quando foi fundada pelos Jesuítas, e o campus é realmente muito bonito, vale para bater umas fotos legais.

O campus da Georgetown University

O campus da Georgetown University

Por fim, o Waterfront park é uma espécie de calçadão que fica na beira do rio Potomac e tem uma vista linda, além de alguns barzinhos/restaurantes. Durante o verão é possível ver também as pessoas que praticam esportes aquáticos no rio e barcos de turismo. Vale um passeio por lá no pôr do Sol.

Waterfront Park Georgetown

O belíssimo pôr do Sol no Waterfront Park em Georgetown

O belíssimo pôr do Sol no Waterfront Park em Georgetown

Resumindo: o gostoso é andar a pé pelo bairro e reparar nos pequenos detalhes da arquitetura das casas, ou conhecer as lojas e restaurantes.

Deixe o seu comentário usando o Facebook
  1. […] todas as estruturas da cidade, as bandeiras e a limpeza fizeram eu me sentir dentro de uma grande Georgetown com muitos Dunkin Donuts (ao invés de Starbucks). Era oito horas da manhã e haviam pessoas por […]

  2. Gabriela  17/07/2015 | 13:52

    Parabéns!!! Estou no ônibus de ny para washington devorando seus posts! Ótimas dicas!

    • Marcella  17/07/2015 | 18:17

      Obrigada!!! =)
      Que coincidência, a Mari está no ônibus de DC pra NY agora mesmo também! Rs.
      No insta temos mais dicas também, pois a Mari mora lá!
      Procure a tag #SVemDC no insta @segredosdeviagem
      Beijos e boa viagem!

  3. […] 1- GEORGETOWN: O bairro histórico da cidade é também considerado um dos mais chiques e clássicos. Além de restaurantes e boas lojas, conta com alguns bons hotéis como o Ritz Carlton e o Four Seasons. É um ótimo bairro para se hospedar porém não recomendo para quem visita a cidade pela primeira vez, pois ele fica mais afastado dos pontos turísticos, e não é muito bem servido de transporte público. Fizemos um roteirinho com todas as informações de Georgetown aqui. […]

Ou comente por aqui