Machu Picchu – Tudo o que você precisa saber


Atualizado em:


Na onda da nova novela da Globo, que terá cenas de seus primeiros episódios gravadas na capital do antigo império Inca, decidimos voltar ao assunto, já que Machu Picchu nunca é demais!

Preparamos um passo a passo completo do que você precisa saber para programar sua viagem pra lá:

1- Documentos: Para viajar ao Peru, teoricamente você só precisa do RG, já que o Brasil tem um acordo com esse país que não demanda visto nem passaporte, mas já li em alguns relatos que em algumas fronteiras os policiais não estão cientes disso e pedem o passaporte. Se você for só ao Peru, no entanto, o RG serve.

2- Vacina: O certificado internacional da vacina de febre amarela não é necessário para viajar ao Peru nem voltar ao Brasil. Mas se você  for passar pela Bolívia precisa!

3- Moeda: O dinheiro peruano é o SOL, e não é fácil trocar Reais por lá, então prefira dólares que são, inclusive, aceitos em vários estabelecimentos como agências de viagens locais.

4- Melhor época: de abril a setembro, que é inverno e seco. No verão podem ocorrer chuvas muito fortes que alagam e podem atrapalhar sua viagem (lembra do episódio dos brasileiros resgatados de helicóptero?).

5- Quantos dias ficar: Para conhecer Machu Picchu, chegando cedinho, um dia inteiro é suficiente. Você pode escolher dormir o mínimo possível em águas Calientes (1 noite), e apenas 1 noite em Cusco na ida e 1 na volta. Uma viagem beeeem apertada dura 5 dias. Recomendo pelo menos 1 semana pois há muito o que ver em Cusco e em seus arredores.

6- Trem: De Cusco a Águas Calientes, se você não quiser ir pela Trilha Inca, ou pela Inca Jungle (clique e veja o post sobre a trilha), voce pode ir de trem. Quem leva é a Peru Rail

7- Ônibus: para chegar de Aguas Calientes ao Machu Picchu você pode ir a pé ou pegar um mini ônibus. O ônibus custa cerca de U$14,00 por pessoa ida e volta e tem em vários horários. Recomenda-se que você compre com antecedência (por exemplo na véspera, quando você chegar), mas eu cheguei bem cedo e consegui comprar pro segundo ônibus. Obs: por bem cedo leia-se 3h30min da manhã.

8- Hospedagem: Em Cusco recomendamos um albergue super animado (reserve por aqui). Em aguas Calientes ficamos em um hotelzinho bem ruim que a agência que compramos nossa trilha reservou. Existem vários desses por lá, mas se você quiser uma coisa mais alto nível, existe o Sancturay Lodge, um hotel de luxo literalmente no pé do Machu Picchu.

9- Wayna Picchu: é a montanha que aparece nas fotos e permite uma visão de cima maravilhosa da cidadela. Eu recomendo subir mas é bem cansativo. Há um limite de 400 visitantes por dia e, por isso, você precisa comprar antecipadamente um ingresso separado só pra subir a montanha, ou seja, quando for comprar seu ingresso pra Machu Picchu, já compre junto o de Wayna Picchu. Falamos sobre isso melhor no final desse post (link).

10- Alimentação: Cusco e Águas Calientes são cheias de restaurantes (dei dicas aqui), mas Machu Pichu não. É importante você levar seu próprio lanchinho para não morrer de fome ou depender apenas das porcariadas das lanchonetes de lá. E não esqueça da água!

11- Ingresso: O ingresso para o Machu Picchu deve ser comprado com antecedência aqui, ou através de uma agência. Ele custa 152 soles (com Wayna Picchu incluso) ou 91 para estudantes.

Além do site oficial, você pode adquirir seus ingressos em alguns pacotes que incluem outros passeios.

Esta excursão de dois dias, por exemplo, inclui traslado de/para o hotel, viagem de trem turístico para Aguas Calientes e a entrada para Machu Picchu. Como o passeio tem dois dias, você ainda conta com hospedagem e café da manhã incluso!

Outra dica é reservar este passeio, que inclui ingressos e uma visita guiada pela cidadela.

E agora algumas fotos porque lá é muito lindo!!

 

Amanhecendo

Amanhecendo

De tirar o fôlego...

De tirar o fôlego…

O que restou da cidade dos incas

O que restou da cidade dos incas

DSC05065

A clássica, com a montanha Wayna Picchu ao fundo

A clássica, com a montanha Wayna Picchu ao fundo

Vista do topo do Wayna Picchu (esse zigue zague é a trilha que você passa para chegar de Águas ate o parque)

Vista do topo do Wayna Picchu (esse zigue zague é a trilha que você passa para chegar de Águas ate o parque)

Sem comentários

Sem comentários, não é?

Veja mais dicas sobre o Peru.

Vai viajar?
É preciso planejar!

Planeje sua viagem utilizando os serviços dos parceiros abaixo. Você não paga nada a mais por isso, e ajuda o SV a continuar produzindo conteúdo de qualidade e gratuito. =)

Curadoria de viagem

Receba uma vez por mês em seu e-mail nossas dicas cuidadosamente selecionadas e as novidades do mundo das viagens.

Deixe seu comentário

  • GABRIELA VANESSA TAMASHIRO

    Ola mari, gostei muito do seu post, e vc acha tranquilo ir sozinha? Em abril, fazer is passeios , e perigoso?

    • Oi Gabriela,
      Eu vejo muitas mulheres indo pra lá sozinhas, e não tem nenhum tipo de problema. Mas por exemplo: Se você for fazer trilha, irá com um grupo, então isso já deixa as coisas mais tranquilas. O que precisa prestar mais atenção é no hostel, se for ficar em quartos comunitários de sexo misto, e se for pegar ônibus noturno- atenção com quem senta do seu lado. Fora isso, tudo é muito turístico e cheio de gente, então tranquiliza bem. Mas sempre ficar de olho, infelizmente, ainda é importante!
      Boa viagem!

  • Oi Mari…para aquele que vão fazer sua primeira viagem para Macchu Picchu…Quais os possiveis Sintomas, e o que fazer?

    • Oi Marcio,
      A altitude tem diferentes efeitos nas pessoas- em algumas, pode até não ter efeito nenhum. Os mais comuns são dores de cabeça e tontura. É importante estar bem hidratado.
      Há algumas medicações que podem ser usadas, como as soroche pills, compradas no Peru mesmo, ou remédios mais específicos (melhor pedir pro seu médico). Os locais também dizem que mastigar a folha da coca, ou tomar chá da folha da coca ajuda (e não é droga). Mas a verdade é que em alguns dias você acostuma e fica bem!
      Boa viagem!

  • Parabéns pelo post. Completo ! Vou encarar essa jornada com meus pais. Indo de trem e ônibus é tranquilo o trajeto ?

    • Oi Akil,
      Ficamos felizes que tenha gostado do post!Fizemos vários trechos de ônibus e trem, e achamos tranquilo sim.
      Fique atento à horários (pois alguns trechos são longe) e super-lotações. Fora isso, você não deve ter problemas!
      Boa viagem!

  • claci dalmedico

    estarei indo mes de janeiro/2019, o que vc recomenda sobre roupas e calçados

    • Oi Claci, leve um tênis confortável ou ainda aquelas botinhas de caminhada e trilhas (no estilo da Timberland de cano alto) porque elas são ótimas para caminhada. Uma boa pedida é levar um casaco impermeável fino se chover, e também protetor labial e protetor solar. Não esqueça de roupas confortáveis ou esportivas, como calça legging.
      Aproveite!! Beijos e boa viagem

  • Isabella von Haydin

    Olá! Eu já comprei o trem até Águas Claras, mas o ônibus só da para comprar no Peru? E não consegui comprar o ingresso para o Macchu Picchu de estudante pelo site, é possível que acabe? Pretendo ir dia 15 de dezembro.
    Beijos!

    • Isabella, sempre corre o risco de acabar sim, mas depende muito. Se você chega cedo, tudo bem comprar na hora (foi o que nos fizemos sem problemas). O que você pode fazer também e’ tentar com uma agencia em Cusco.
      Boa viagem!

  • ELISA CARVALHO

    De todos os sites que visitei o seu é o mais objetivo! Muito bacana as dicas de Machu picchu.

  • Ei. Venho pesquisando alguns relatos sobre essa viagem pois pretendo fazê-lo em Agosto. A dúvida é a seguinte: estarei na Bolívia e terei 4 dias para ir pra Cuzco, conhecer Macchu Picchu e retornar. Eu vou única e exclusivamente para o local. Consigo nesse período? Ou preciso de mais dias?

    • Renan, se você quer fazer a trilha inca, você precisará de mais dias.
      Se sair da Bolívia cedo no primeiro dia, chegar em Cuzco e ir direto para a estação de trem para ir a Aguas Calientes, dormir por lá, e no dia seguinte ir a Machu Picchu, você consegue sim. Veja como ir de Cuzco a Machu Picchu nesse post no Dondeando por ai.
      Acho que vai dar uma peninha de não conhecer Cuzco direito e nem as outras ruínas que tem por lá. Mas se for só esse o tempo que você tem mesmo, então aproveite o máximo que der. Machu Picchu é, obviamente, o ponto alto!
      Espero ter ajudado.
      Beijos e boa viagem!

      • Obrigado Marcela! Iria de trem, sim. Com certeza retornarei em outro momento para conhecer melhor o país, mas dessa vez só disporei desses dias.

      • certo, Marcella. Obrigado. Fui comprar agora o ticket para o MP e vi que ha duas modalides: Machu Picchu + MOntanha e Machu Picchu + Huayna Picchu. Pelo que li, o segundo seria melhor, mas no site nao ha disponibilidade para o mes de agosto inteiro. Qual a chance de eu encontrar ticket na hora? O preço… mais caro ou mesmo do site? E se for esse MP + Montanha, também vale a pena? Abraços.

  • Gostaria de saber se posso comprar o ingresso+trem la em cusco ou é melhor eu comprar antecipado aqui no brasil, porque vou em maio e ficarei 15 dias em cusco queria deixar Machu Picchu pro meio da viagem .

    • Oi Andre, geralmente da pra comprar la sim, de preferencia com alguns dias de antecedencia. Voce pode comprar la em Cusco quando chegar! a nao ser que haja algum imprevisto e os ingressos acabem por algum motivo especial, nao ha problema nenhum!
      Boa viagem!

  • Comprei a entrada de Muchu Picchu com a subida para Wayna Picchu, minha dúvida é: Quando comprei, informei o número do passaporte, porém, não me atentei que na data da viagem ele ja estaria vencido, precisei tirar outro, e fiqui sabendo que o número muda, e agora?

    • Oi Aline,
      nunca tivemos esse tipo de experiencia. Voce nao consegue alterar no site onde voce comprou? ou talvez em algum telefone de atendimento ao cliente? De qualquer forma, acredito que voce pode ir com o seu novo passaporte sim – mas para evitar confusao pode levar o passaporte vencido e explicar para eles la na hora.
      Boa sorte!

  • Alexandre

    Marcela parabéns pelo post! quero ir em junho para cusco e matchu pittchu, tenho três dúvidas importantes:
    o melhor seria comprar as passagens até lima e de lima ir a cusco? ou posso ir direto a cusco? qual seria mais barato?
    sobre hospedagem vou procurar um hostel com quarto matrimonial, seria melhor fazer a reserva daqui do brasil ou devo procurar no dia da chegada em cusco? me preocupo com os preços!
    e qual a melhor forma de cusco até Águas Calientes?
    muito obrigado pela ajuda, vai ser de grande imprtancia para nós.

    • Olá Alexandre,
      para ir até Machu Picchu a cidade mais perto é Cusco mesmo. Acho que vale dar uma pesquisada para ver os valores de passagens. Mas se só quer ir pra M.P., vá direto para Cusco mesmo.
      Quanto a reserva, eu sempre gosto de fazer antes. Principalmente em alta temporada, que pode sobrar só lugares ruins ou caros. No booking, existe algumas reservas com cancelamento grátis até poucos dias antes da viagem. é uma opção interessante.
      Para ver como ir, veja esse post aqui: https://segredosdeviagem.com.br/2016/08/de-trem-ou-por-trilha-como-ir-machu-picchu/
      Espero ter ajudado em tempo! =)

  • mary Ellen

    Estou pensando em ir no feriado de novembro. Alguém já foi no nesse mês ? Como foi o aproveitamento da viagem e verão certo? obrigada.

  • Gente, para aproveitar a viagem, estou pensando em ir do Peru para Bolívia, e de lá voltar para o Brasil. Minha dúvida é: para entrar no Peru, só o RG atual está ok, mas e para ir do Peru à Bolívia, só com o RG vou conseguir também, ou precisarei do passaporte? Obrigada.

    • Oi Naiady,
      Peru e Bolívia são países do Mercosul também, então é possível circular apenas com o RG (em bom estado, foto boa, e etc).
      Mas, se eu fosse você, levaria o passaporte também, pois os guardas das fronteiras podem encanar com seus documentos (não te reconheço na foto, não está seu documento não está em bom estado, está muito antigo e etc).
      O passaporte é muito mais certeiro. E você ainda ganha um carimbo! =P

    • Olá Sheila,
      brasileiros conseguem comprar entradas com o RG somente, e não precisam do passaporte.
      Depois de comprado os ingressos, o ideal é apresentar no parque o mesmo documento utilizado na compra para que as informações coincidam e para evitar problemas (se colocou rg, leve o rg… mas, se colocou o numero do passaporte, leve o passaporte como garantia). =)

  • Olá. Não entendi muito bem esse negócio do passaporte. Quero sair do Brasil, ir para Lima, Cusco e Machu Picchu. Só o RG é suficiente? Não tenho passaporte.

    • Oi Karin, você não precisa de passaporte nem de visto para viajar ao Peru. Basta um documento de identificação brasileiro válido, como o RG.
      Essa informação é do consulado do Peru, confirmada pela Peru Turismo!

  • Olá, Mari…

    Li com atenção o seu diário de viagem e achei ótimo, ele traz muito valor para as pessoas que querem viajar. Pessoalmente recomendo chegar para Machu Picchu através da trilha inca, eu tenho certeza que adorarão. Aqui compartilho com vocês este excelente site : http://www.perutrilhainca.com/

    Parabéns pelo blog, convido todos pra visitar Peru….Abraços.

  • Olá. Primeiramente, parabéns pelo post. Eu estou planejando ir para o Peru em Julho, porém estou com dúvida em relação a valores, pois por ser época de férias, já percebi que as passagens estão bem caras. Você acha que por ser férias, as coisas e até mesmo hostels ficam mais caros? Também li em blogs que o parque é bem cheio nos meses de jul e agosto.

    • Josiane, realmente e o mex mais movimentado e, consequentemente, os precos inflacionam sim. No entanto, em relacao a hoteis e hostels, se voce reservar com antecedencia pode encontrar bons negocios, mesmo em epoca lotada!
      Boa viagem!

  • oi mari indo para ficar em cusco vale a pena,cusco e próximo de machu piccchu.

    • Claudia cusco é relativamente perto de Machu Pichu mas a cidade mais perto é aguas calientes. Em geral as pessoas pegam um trem de Cusco para aguas calientes, passam a noite e saem no outro dia bem cedo para conhecer machu pichu e de tardezinha pegam o trem de volta para cusco.

  • Oi Mari
    Para as pessoas que estão querendo e irão fazer a trilha Inca ou Salkantay
    Aconselhamos deixar sua cargueira no hotel para que o peso da mochila seja leve e somente leve o que seja necessário para percorrer as trilhas.
    (geralmente os hotéis têm um espaço para isso, ou seja, você não vai pagar uma diária para sua mochila) e levar para a trilha somente o que for essencial.
    Além dos serviços de guia, de cozinheiro, de carregadores e montadores de barracas, as agências oferecem alimentação (café, almoço e jantar) e água (fervida) e ou chá de coca. É recomendável que você leve alimentos complementares (balas, chocolates, bolachas, barrinha de cereal) para os intervalos entre uma refeição e outra, lembrando que não há lanchonetes pelo caminho.

  • Leve um cantil ou até mesmo garrafa pet, pois é de extrema importância estar hidratado durante toda a viagem, seja na trilha Inca ou na Salkantay. Em alguns trechos há pequenos riachos onde você pode encher seu recipiente; portanto leve também um purificador de água (líquido ou em pastilhas – do tipo Hidrosteril). Isso não faz volume, não custa caro, não pesa e pode evitar uma diarréia!

    Durante a noite geralmente é frio, ainda mais na época das geadas, que é muito frio próximo aos nevados, registrando temperaturas abaixo de 0, sendo assim é importante ter um saco de dormir. Se você não quiser levá-lo (por causa do peso e volume), pode contratar com a sua agência ou operadora por que normalmente já costumam alugá-los, dá pra pechinchar pedindo para incluir no que você vai pagar. Eu levaria o meu, acho uma coisa meio pessoal – risos. Dificilmente você vai conseguir alugar um de “primeira mão”. Boa Viagem!!!

  • Samia Oliveira

    Oi, Boa Noite!
    Estou planejando em viajar com o meu primo, gostaria de saber se e necessario levar dolar ou se apenas com a moeda local podemos conhecer, nos hospedar e paga os pacotes de viagem…
    Att.

    • Samia,
      a moeda local é aceita em todos os lugares, mas agências de viagem e alguns hoteis/albergues também aceitam dolares.
      Boa viageM!

  • Olá, parabéns pelo site é sensacional e muito esclarecedor, estou me programando para ir em julho e vou sozinha, queria ter uma noção de gastos e de segurança. E se vc indica alguma agência? E mais uma vez parabéns =)

    • Oi Kika, não usei nenhuma agˆencia para organizar a viagem, e os gastos dependem da sua hospedagem e transporte. Por exemplo, hostels podem custar cerca de 10 dolares por dia e hoteis até 300 dolares. ônibus podem custar em médica 20 dolares, e assim vai. Quando você tiver seu roteiro pronto você pode fazer esse cálculo com mais facilidade.
      Em questão de segurança, fomos só em myulheres e não tivemos problemas, mas estavamos em um grupo. Mas sei que se mantendo em lugares turísticos e tomando cuidado, não há problemas. Atenção sempre precisamos ter, né?
      Boa viagem

  • Olá gente!
    Primeiramente parabenizo pelo trabalho que fiz em ajudar aos brasileiros que desejem conhecer Machu Picchu, quem escreve é um amante da cultura brasileira e graças a deus já teve a sorte de morar no Brasil por um bom tempo, agora voltei ao Peru – Cusco para mostrar a todos os brasileiros que desejem conhecer a terra dos incas.
    Se alguém deseja algumas dicas e recomendações pra a sua viagem, sera tudo um prazer ajuda-los em realizar o sonho de conhecer Machu Picchu Cusco, Lima, Lago titicaca, Arequipa, Nazca, Paracas, Puno, Trujillo e outros destinos que ainda não foram explorados pelo brasileiros.

  • Olá, boa noite!!! Estarei indo a Cusco e Novembro e querendo fazer o passeio a MP sem a contratação de uma agencia. Já vi que posso comprar a entrada no parque pela internet, minha duvida é o seguinte, vi que tenho que pegar trem e onibus para chegar, posso comprar essas passagens por lá msm? ou tenho que fazer com antecedencia tb? Grata

    • Oi Vanessa,
      Novembro não costuma ser uma época muito concorrida mas, por via das dúvidas, talvez você deva reservar pelo menos o trem de MP até Aguas Calientes.
      Boa Viagem!

  • Olá! ! Irei em Dezembro para lLima. A minha preocupação são os gastos. Li que tem coisas baratas. Uma viagem de 25 dis se torna cara?? Pretendo ficar em um hotel em Lima irei dozibha mas um amigo mora la. Me ajude por favor

    • Evelyn, os gastos com 25 dias de hotel costumam ser o que mais pesa no orçamento. Nesse caso, vale buscar uma opção que se adeque ao seu bolso. Talvez seu amigo que more lá possa te indicar bons hoteis com preços mais camaradas. Uma boa opção é também optar por restaurantes mais populares e comida de rua, que pode baratear o custo da viagem, assim como usar o transporte público ao invés de taxi. Infelizmente não tenho como te dizer quanto vai custar sua viagem, mas espero que as dicas te ajudem a gastar menos!

  • Olá, achei muito interessante e esclarecedor o seu site. Estou tentando fazer um roteiro de viagem para o Peru, conhecendo os seguintes lugares: Cusco, Machu Piccho, àguas Calientes e Lago Titicaca. Tirando as passagens do Brasil para Lima (ida e volta) quanto você acha que eu gastaria? Quanto tempo você acha que precisaria? Gostaria muito de fazer sem o auxílio de uma agência de viagem, ou seja por conta própria, acha possível?. Obrigado pela atenção e novamente parabéns pelo site.

  • Samantha

    Gostaria de saber se vocês tiveram algum guia para ajudar nos passeios, ou se vocês foram por conta própria sem nenhum pacote de viagens que existem, com passeio já pré-programados.
    Tenho muita vontade de viajar e gostaria de saber aproximadamente quando você gastou…
    Obrigada ;DD

    • Oi Samantha!
      Nós fomos 100% por conta própria. Compramos nossas passagens de avião, ônbus e trem, reservamos albergues e hotéis e etc. No entanto, contratamos guias e agências locais para alguns passeios, como por exemplo o do Salar de Uyuni (pois é preciso uma 4X4 para fazer o passeio, veja nesse post:https://segredosdeviagem.com.br/2013/10/salar-de-uyuni-imensidao-branca/) ou a trilha inka pro Machu Picchu (veja nesse post: https://segredosdeviagem.com.br/2013/01/inka-jungle-de-bike-ate-o-machu-picchu/) mas tudo isso foi contratado lá mesmo, com agências locais.
      Quanto a preço, depende muito do seu esquema de viagem. A nossa encareceu um pouco pois fomos de avião, e não de trem da morte, mas lá só usamos trens e ónibus e ficamos em albergue, então não foi uma viagem cara. Uma estimativa (preços mudam e variam muito, mas só pra vc ter uma ideia) é que você gaste cerca de 10-20 dólares por dia de acomodação, cerca de 100 dolares por passeio, mais os transportes.
      Espero ter ajudado. 🙂

  • Estou querendo ir com minha mulher.

    Do Brasil qual o melhor roteiro? avião direto para Lima ou via Bolívia?

    att.

  • Olá, Mari!
    Obrigada pelo post. Então, estou querendo fazer a viagem em dezembro, mas pelo que já andei a ler, não é interessante ir nessa época devido as chuvas.
    Você levou dólar? Ou chegou lá e trocou o real pelo dólar ou pela moeda local?
    Obrigada, desde já, pela atenção!

    • OI Sheila! Que bom que gostou das dicas!
      Realmente, em Janeiro chove muito por lá e pode ser que atrapalhe sua viagem caso alague, mas muita gente arrisca e aproveita do mesmo jeito! Talvez você dê sorte e nem chova! 😉
      Eu levei em dólar e troquei lá, mas atenção para trocar em lugares oficiais e confiáveis, e não em qualquer agência pois você pode cair em algum “esquema”.
      E acho uam boa dica ir trocando aos poucos pois muitos lugares aceitam dólares (hotéis, albergues, agencias de turismo..) e você acaba usando o dinheiro local mais pra coisas do dia a dia, como refeições e taxis.
      Espero ter ajudado e boa viagem! Beijos

  • Oi mari, adorei o post, estou planejando minha viagem pra lá e queria saber se vcs recomendam Águas Calientes? Tem coisas pra conhecer por lá ou é só uma parada pra chegar ao Machu Pichu? Obrigada

    • Oi Camila! Olha, honestamente não acho que Aguas Calientes valha a pena não viu? Cheguei lá a noite, saí pra jantar, dormi cedo e já fui cedinho no dia seguinte pra Macchu Picchu. Tem umas aguas termais (por isso aguas calientes) mas nós não quisemos visitá-las. Mas daí fica a seu critério! Beijos

  • + Ver mais comentários

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

EnglishPortuguese