O Fantasma da Ópera Broadway: Ingressos e Dicas Incríveis


Atualizado em:


Confira abaixo tudo o que você precisa saber sobre o musical O Fantasma da Ópera da Broadway, em Nova York.

Clássico dos clássicos do mundo dos musicais, “O Fantasma da Ópera” é um dos poucos espetáculos teatrais que supera outros meios como o livro e o filme. Adaptado em 1986 pelo compositor inglês Andrew Lloyd Webber, é o musical que está há mais tempo em cartaz na Broadway (mais uma de suas grandiosas conquistas).

O elenco original que estreiou em 1986 tinha ninguém menos do que Sarah Brightman no papel principal de Christine Daaé, e Michael Crawford como o Fantasma. E hoje, diversos atores e atrizes ainda aspiram por esses ou outros papéis no musical, que já rodou o mundo. O Fantasma já veio para São Paulo em 2005 e reestreou o ano passado no Teatro Renault (em São Paulo também), onde fica em cartaz até o final de abril de 2019- eu só vi a versão de 2005.

O Fantasma e Christine (Foto: WePlann | CC BY-SA 2.0)

As músicas do espetáculo exigem técnica vocal de altíssimo nível, digna de cantores de ópera. Então é uma delícia ver os artistas apresentarem em alta performance e pensar que eles fazem isso muitas vezes por semana (você sabia que o Fantasma é um dos poucos musicais que tem shows as segundas-feiras em NY?).

Onde comprar ingressos para o Fantasma da Ópera na Broadway, em NY? 

O Majestic Theatre, teatro onde é apresentado o musical, tem capacidade para 1681 lugares. Mas não se engane porque mesmo assim as apresentações por lá costumam ficar lotadas.

O “anjo da música” e sua amada/ musa/ venerada/perseguida . Foto: CC BY-SA 2.0

Ingressos de musicais normalmente não saem barato, e além disso estamos falando em dólar. Então, para brasileiros que querem assistir ao musical nós indicamos o site da We Plann, que vende ingressos antecipadamente para vários espetáculos e é super de confiança (eu comprei meus ingressos para Anastasia ano passado através da plataforma deles).

COMPRE AQUI INGRESSOS PARA O FANTASMA DA ÓPERA NA BROADWAY.

A vantagem que eu acho é que você já vê o preço final em reais – a princípio pode até parecer mais caro, mas se você considerar a flutuação do câmbio e o iof para ingressos comprados lá, você verá que o valor final fica igual ou até mais barato. Outra grande vantagem é que dá pra parcelar, uma prática inexistente nos EUA (eu amo parcelar- e qual brasileiro que não gosta né?).

O que eu achei do musical?

Nesse momento eu abandono a Marcella das dicas de viagem e apresento a vocês a Marcella da vida real. Preciso dessa introdução porque estou prestes a jogar uma bomba: eu, particularmente, não sou fã do Fantasma da Ópera. Embora eu saiba reconhecer toda a sua grandeza em termos de produção (principalmente se pensarmos que tudo o que vemos hoje foi apresentado pela primeira vez há mais de 30 anos), e também por achar as músicas incrivelmente lindas. Mas a história em si é que me pega.

-Cuidado, spoilers!

Cara de bravo porque estou prestes a falar mal dos dois homens principais da peça….

Não consigo deixar de pensar em como a Christina está presa entre dois homens abusivos. De um lado, o Fantasma que a tranca no camarim, faz jogos psicológicos, a sequestra (mas tudo em nome do amor né? rs), e de outro o Raoul, que é um arrogante que não a escuta em momento algum e é extremamente abusivo (é só parar e prestar atenção nos diálogos e situações dos dois pra perceber que de príncipe encantado ele não tem nada, como quando ele basicamente a obriga a participar da emboscada para capturar o Fantasma, mesmo ela falando com todas as letras que sabia que não ia dar certo – e não deu, claro).

Mas não quero me alongar nesse aspecto. Só me sinto na obrigação de dizer isso porque sempre escuto pessoas saindo do teatro e falando: “ai coitado do Fantasma, queria que eles tivessem ficados juntos, ele ama tanto ela e etc…” e não acho que seja bem assim. Ele é digno de pena e bem atormentado sim, mas não deixa de ser um maluco.

Baile de máscaras. Um dos meus momentos preferidos do musical O Fantasma da Ópera. Foto: CC BY-SA 2.0

-Voltando à conversa sem spoilers…

Dito tudo isso, acho até interessante ir assistir ao musical com consciência e prestando atenção nisso. Mas deixando de lado essa questão, eu adoro os números de dança, adoro ver as atrizes principais alcançando notas altíssimas nas músicas, acho a produção incrível e bem emocionante. Então, de todo modo eu assistiria O Fantasma da Ópera novamente (e pretendo ver em São Paulo antes que acabe, e mais uma vez na Broadway para ouvir as canções em inglês!).

Vale a pena assistir O Fantasma da Ópera na Broadway?

“Ei, você! Volta aqui que ainda tem mais dicas!” Foto: CC BY-SA 2.0

Se me perguntarem se eu recomendo assistir ao musical, minha resposta é SIM mesmo com os poréns que pontuei anteriormente! Não é só porque não está na minha lista de preferidos que o musical não é bom, obviamente. Abstraindo essa questão dos homens abusivos da história, eu acho que O Fantasma da Ópera é um musical super impressionante. Com efeitos especiais desses que a gente gosta de ver, uma bela cenografia e figurinos lindos, e, claro, o ponto alto: as músicas! Quem nunca ouviu “All I ask of you” em alguma cerimônia de casamento, que atire a primeira pedra. É só musicão do começo ao fim! E ouvi-las na sua língua original, em inglês, é sem dúvidas uma experiência e tanto.

Ficou interessado?

Então corre pra comprar o seu ingresso, e vá sentir a vibração que é assistir O Fantasma da Ópera na Broadway, e – pra melhorar- em Nova York! Aproveite e veja também outras dicas de Nova York no nosso guia completo. ♥

Vem que está todo mundo te esperando! (Foto: CC BY-SA 2.0)

Vai viajar?
É preciso planejar!

Planeje sua viagem utilizando os serviços dos parceiros abaixo. Você não paga nada a mais por isso, e ajuda o SV a continuar produzindo conteúdo de qualidade e gratuito. =)

Curadoria de viagem

Receba uma vez por mês em seu e-mail nossas dicas cuidadosamente selecionadas e as novidades do mundo das viagens.

Deixe seu comentário

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

EnglishPortuguese