O que fazer em Aracaju: dicas e passeios na capital sergipana


Atualizado em:


Aracaju é a menor das capitais nordestinas e é um dos melhores destinos para quem busca tranquilidade. A cidade é pequena e simpática e por não ser tão procurada, tem preços ótimos. Vai visitar a capital do Sergipe? Nesse post a gente te conta tudo sobre o que fazer em Aracaju, do mais básico a alguns segredinhos, além de dicas para deixar sua viagem ainda melhor. Confira, e se quiser ir direto a um ponto específico do texto, cloque abaixo:

Onde fica Aracaju;
Quando ir para Aracaju;
Quanto tempo ficar na capital;
Onde se hospedar em Aracaju;
O que fazer em Aracaju;
Onde comer em Aracaju.

O que fazer em Aracaju: Largo da Gente Sergipana

Largo da Gente Sergipana é parada obrigatória em Aracaju

Onde fica Aracaju?

Aracaju é a capital do estado de Sergipe. É uma cidade litoânea bem no meio do estado. Está a 4 horas de carro de Maceió, ao norte no estado de Alagoas, e a 4 horas e meia de Salvador, ao sul, na Bahia.

Quando ir para Aracaju?

Apesar de ser calor o ano todo, Aracaju tem um longo período chuvoso que vai de março a agosto. As chuvas costumam ser mais fortes e presentes principalmente entre abril e julho. Portanto, os melhores meses para visitar a cidade são de setembro a fevereiro.

O lado positivo é que por não ser tão procurada, Aracaju tem preços mais convidativos do que a maioria das capitais nordestinas, então pode ser uma boa alternativa para quem só pode viajar na alta temporada.

Quanto tempo ficar em Aracaju?

Por ser uma cidade pequena, Aracaju em si não precisa de muito tempo. Em um ou dois dias já é possível conhecer o básico da cidade toda. A capital sergipana pode ser uma boa opção para uma escapada de final de semana, por exemplo, para quem está perto ou para quem quer aproveitar alguma promoção de passagem aérea.

Em três dias você pode combinar o passeio em Aracaju com algum bate e volta para uma das praias da região, como a Praia do Saco, por exemplo. A não ser que você esteja realmente buscando ficar o dia todo na praia e nada mais, não recomendo uma estadia maior do que quatro dias.

Alguns roteiros indicam deixar um dia para um bate e volta no Cânion do Xingó. Eu não recomendo essa opção porque a distância é grande e há várias coisas interessantes pra fazer na região do Xingó, mas isso é assunto para outro texto.

Onde se hospedar em Aracaju? 

Por ser uma cidade pequenina, tudo é muito perto, então não se preocupe em perder tempo com deslocamento quando estiver na cidade. Como já mencionamos, Aracaju não é um destino tão procurado quanto outras capitais nordestinas e, por isso, também não há uma oferta tão grande de hotéis e pousadas.

A maior parte das hospedagens estão localizadas principalmente nas proximidades da Praia de Atalaia e no Centro. Eu, particularmente, acho que ficar perto da praia é mais prático e agradável, mas a região central também é uma boa opção. Falamos mais sobre onde ficar em Aracaju em outro texto, confere lá!

De qualquer forma, já vou deixar duas dicas principais aqui:

$ – Opções de hostel/pousada com decoração que imita as casas tradicionais do sertão sergipano: Aju Hostel e Pousada
$$$ – Resort para garantir um relaxamento de qualidade: Aruanã Eco Praia Hotel

O que fazer em Aracaju?

Enfim, vamos a lista de atrações e passeios em Aracaju para você fazer enquanto estiver por lá.

-Museu da Gente Sergipana

O que fazer em Aracaju: Museu da Gente Sergipana

O Museu da Gente Sergipana fica em um casarão histórico

Você não pode sair de Aracaju sem conhecer o Museu da Gente Sergipana. A exposição permanente traz diversos aspectos da história e cultura do estado, com foco, claro, nas pessoas. O museu é todo equipado com recursos multimídia e interativos que garantem uma visita muito divertida. Ele não é muito grande, porém, então separe cerca de 2 horas para a visita.

Exibição no Museu da Gente Sergipana

Logo no começo da visita, um exemplo das instalações no Museu da Gente Sergipana

A entrada é gratuita e o horário de visitação é de terça a sexta das 10h às 18h e de sábado, domingo e feriados das 10h às 15h.

Logo em frente ao Museu da Gente Sergipana está o Largo da Gente Sergipana, que fica sobre o rio Sergipe, onde estátuas retratando figuras da história e da cultura sergipana chamam atenção.

-Praia de Atalaia e Praia da Cinelândia

A Praia de Atalaia é a praia mais central de Aracaju e sua orla é classificada pelos locais como a orla mais bonita do Brasil. Sinceramente, acho que isso é bastante exagerado, mas um passeio por lá não deixa de ser agradável e uma boa opção para um fim de dia. É mais interessante caminhar a partir dos Arcos da Orla de Atalaia, em direção ao sul, pois antes disso há algumas construções no calçadão, barrando a brisa e a vista do mar.

Como praia, Atalaia não tem nada de especial. Ela é uma praia urbana e bem grande. Uma passada por ali para degustar o famoso pastel de caranguejo é uma boa. O mesmo serve para a Praia da Cinelândia, que é a continuação de Atalaia.

Letreiro Aracaju

Na orla da praia de Atalaia está o letreiro eu amo Aracaju, aquela fotinho clássica

-Projeto Tamar

Também na orla da Praia de Atalaia está o Projeto Tamar de Aracaju, que também é chamado de oceanário. Se você já esteve em algum outro Projeto Tamar, pode pular essa parada. Eu sou fã número 1 do projeto e sempre vou quando tenho a oportunidade, mas achei a unidade de Aracaju um pouco sem graça.

Se nunca tiver ido a outro Projeto Tamar, confira os horários de atividades antes, como alimentação dos tubarões, por exemplo, que pode deixar a visita mais divertida. O valor da entrada é R$ 24 a inteira e ele funciona todos os dias das 9h às 21h.

-Orla do Pôr do Sol

Além das praias, Aracaju também é famosa pelos rios. Por isso, quando estiver na cidade, aproveite para dar um passeio na Orla do Pôr do Sol, que fica às margens do Rio Vaza-Barris, na zona sul de Aracaju. Você pode caminhar sobre o píer de madeira ou andar de bicicleta pela ciclovia, aproveitando a vista dos manguezais e, claro, o pôr do sol.

Dali também saem passeios de lancha ou catamarã para a Croa do Goré e Ilha dos Namorados. Quando fui para Aracaju fiquei apenas um dia na cidade então acabou não dando tempo de fazer o passeio, mas encontrei informações legais aqui no blog Vida de Turista.

-Pôr do sol em Matapuã

Pôr do Sol Matapuã Aracaju

Segredinho: mesmo com nuvens a vista do pôr do sol em Matapuã é incrível

Esse é o maior segredinho do roteiro. Ver o pôr do sol em Matapuã foi uma dica que recebi de uma amiga que viveu alguns anos na cidade. Ela avisou que o local costuma ser vazio, que com certeza não encontraríamos nenhum turista por ali e que os truques para chegar compensariam com a vista do pôr do sol sobre o rio.

O ideal para esse passeio é ir de carro, como fica em uma região afastada, pode não ser tão fácil conseguir um táxi ou uber para voltar. Você também pode optar por ir de transporte público seguindo indicações de algum aplicativo. Para isso, tenha a Comunidade Servos de Maria do Coração de Jesus, um convento, como referência.

As instruções para chegar lá são: pegue a Avenida Melício Machado no sentido sul e depois continue na Rodovia dos Náufragos. Vire à direita Rodovia João Alves Bezerra, onde fica a mercearia Whiskynão. Siga nessa rua até chegar no convento. Ali você pode estacionar e, a pé, pegar uma entradinha à esquerda do convento. Você pode aproveitar só a vista do pôr do sol ou pode descer até uma prainha que tem ali. Leve canga, lanches e um livro para relaxar.

-Passarela do Caranguejo

Um dos pontos principais de Aracaju é a Passarela do Caranguejo. Confesso que fiquei um pouco decepcionada quando cheguei lá. Já imaginava que seria um local bem turístico e nada tradicional, mas pelo nome achei que se tratasse de alguma daquelas ruas de pedestre cheia de bares e lojas de souvenir.

Na realidade, a Passarela do Caranguejo nada mais é do que uma parte da avenida Santos Dumont onde há uma grande concentração de restaurantes, famosos por vender caranguejo. Não crie expectativas, mas dê um passeio por lá. Os bares e restaurantes afinal de contas ficam na frente da praia, então o clima é agradável.

Passarela do Caranguejo Aracaju

Não tem como confundir, quando você chegar à Passarela do Caranguejo vai se deparar com ele

Onde comer em Aracaju?

Sem querer diminuir a culinária sergipana, mas Aracaju é famosa mesmo pelo caranguejo. Você não pode sair de lá sem comer a iguaria pelo menos uma vez. Se você, como eu, não é tão fã da carne do crustáceo ou mesmo de todo o ritual que envolve essa refeição, não se preocupe, mesmo os restaurantes especializados no bichinho oferecem muitas outras opções. Você pode, por exemplo, dividir um caranguejo com mais alguém, para não dizer que não provou.

No entanto, acho que vale a pena dar uma chance pois, como eu disse, essa é a especialidade daqui, então há grandes chances de você comer o melhor caranguejo da sua vida em Aracaju (sem pressão ou expectativas elevadas hahah).

Bom, um dos lugares onde você pode comer a iguaria é, claro, na Passarela do Caranguejo. Como eu expliquei acima, este é um local onde há muitos restaurantes que servem caranguejo, além de outros frutos do mar. Antes de ir, aquela mesma amiga que já mencionei me disse que os restaurantes dali não são os melhores. Eu acabei comendo o meu caranguejo no Restaurante Amanda, que fica na passarela e não tenho do que reclamar, mas fica o aviso de qualquer forma.

Os mais exigentes ou quem busca uma experiência mais nativa podem seguir a dica desta mesma amiga, que infelizmente não pude provar, e ir ao João do Alho ou ao Corno Velho. Os dois restaurantes fogem do típico pega-turista e servem caranguejos testados e aprovados por quem vive na cidade.

Em Aracaju a experiência gastronômica não está completa em apenas uma tarde ou noite de muita martelada em caranguejo. Ao visitar a cidade, é preciso comer também o crustáceo dentro do pastel. Eu nunca tinha visto pastel de caranguejo e achei simplesmente delicioso – melhor do que do jeito tradicional, aliás. Comam em qualquer quiosque da praia do Atalaia e me agradeçam depois.


Enfim terminamos o post com dicas de Aracaju. Mas se ainda ficou com alguma dúvida do que fazer em Aracaju, onde ficar, o que comer, ou qualquer outra coisa do tipo, deixe seu comentário aqui embaixo. E se tiver outras dicas também! Adoramos compartilhar nossas descobertas e saber as descobertas de vocês também. =)

Vai viajar?
É preciso planejar!

Planeje sua viagem utilizando os serviços dos parceiros abaixo. Você não paga nada a mais por isso, e ajuda o SV a continuar produzindo conteúdo de qualidade e gratuito. =)

Curadoria de viagem

Receba uma vez por mês em seu e-mail nossas dicas cuidadosamente selecionadas e as novidades do mundo das viagens.

Deixe seu comentário

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

EnglishPortuguese