Onde ficar em Salvador? Dicas, melhores bairros e hotéis


Atualizado em:


Está em dúvida de onde ficar em Salvador? Bom, escolher onde se hospedar no seu próximo destino é um dos principais passos a serem dados na preparação de uma viagem. Quando tenho que tomar essa decisão no planejamento das minhas viagens o que mais busco fazer é entender um pouco melhor o funcionamento da cidade e sua divisão de bairros.

Analisar o mapa é um bom ponto de partida para descobrir se é possível se deslocar a pé e qual bairro fica mais estrategicamente localizado, por exemplo. Algumas coisas, porém, não podem ser descobertas só olhando para o desenho das ruas. Para isso, é sempre bom ter dicas de quem já esteve no local. E é para isso que estamos aqui!

Quando fui para a capital baiana, fiz a pergunta para um amigo soteropolitano: “Onde ficar em Salvador, Matheus?”. Depois da viagem, trago aqui um misto das opiniões dele com a minha própria experiência. Espero poder ajudar, confira!

onde se hospedar em Salvador

Confira na imagem onde ficam os bairros que mencionamos.

Onde ficar em Salvador? Melhores bairros e sugestões de hotéis

Abaixo falaremos um pouco sobre os bairros de Salvador, suas características, vantagens e desvantagens.  Ao final da descrição de cada bairro, aproveito para sugerir hotéis para sua estadia. Imaginando que cada viajante tem um perfil de viagem e um orçamento diferente, faço 3 sugestões: uma de hotéis de luxo/ boutique, outra de hotel com bom custo X benefício, e por fim um hotel para quem tem um perfil mais econômico.

Se quiser ir diretamente até o bairro do seu interesse, clique no item abaixo:

-Pelourinho
-Barra
-Rio Vermelho
-Amaralina e Pituba
-Caminho das Árvores

Pelourinho

Para fazer um roteiro turístico completo de Salvador, não vai ser possível se hospedar em uma região onde não seja preciso pegar nenhum tipo de condução. A cidade é grande e as coisas são distantes. O relevo também não ajuda.

Ficando no Pelourinho, porém, você garante pelo menos um dia de passeio sem ter que entrar em um táxi ou ônibus. O bairro tem muito da cara de Salvador, além de ter uma boa estrutura para turistas, com diversas opções de hospedagem, centro de informações, atrações culturais, bares e restaurantes.

Pelourinho Salvador

Pôr do sol no Pelourinho, em Salvador

Por esse aparato todo, hospedar-se no Pelourinho pode não ser muito barato. Outra questão a se considerar é que muitas ruas na região servem apenas para pedestres, então se você for ou estiver com alguém com dificuldade de locomoção pode não ser uma boa.

Outra questão que geralmente é levantada é em relação a segurança. O Pelourinho é hoje um bairro bastante revitalizado e movimentado, o que sempre dá uma nova aura para o lugar. Ficando ali, é preciso estar atento, claro, mas não é nada que foge do normal de uma grande cidade brasileira.

Parte do carnaval de Salvador acontece aqui, já que há blocos no próprio Pelourinho e o circuito Campo Grande (ou Osmar) também é pertinho. Se você deseja seguir os trios dessa região, hospedar-se no Pelourinho pode ser um facilitador, mas também um distúrbio, é preciso ponderar. Se você quer ir ao circuito mais tradicional, ficar aqui não é uma boa.

Dicas de hotéis no Pelourinho:

$ – Hostel com café da manhã e opção de quartos privativos: Tropicália Hostel
$$ – Pousada boutique charmosa e bem localizada, com restaurante na parte de baixo: Solar das Artes Pousada Boutique
$$$ – Mega charmoso e na porta de entrada do Pelourinho: Bahiacafé Hotel

*Bônus: O Hotel Fasano de Salvador do Pelourinho é um dos hotéis mais impressionantes da rede que já vi, com uma vista sensacional! Se tiver com orçamento folgado, vale muito a pena investir na experiência.

Barra

A Barra é um bairro praiano, plano e bastante agradável. Hospedar-se por ali é uma boa opção para quem quer ficar em um lugar bonito e com bastante estrutura de bares e restaurantes, além da proximidade com o mar.

A localização também é muito boa, sendo possível até fazer alguns passeios a pé. Com tantas vantagens, porém, ficar ali pode não ser a opção mais econômica, principalmente durante o carnaval, quando os preços em toda a cidade, mas especialmente na Barra, sobem vertiginosamente.

Farol da Barra em Salvador

Vista aérea do Farol da Barra , em Salvador.

*Barra no carnaval

Esse bairro é muito considerado também quando pensamos onde ficar em Salvador durante o carnaval, afinal o circuito Barra-Ondina (ou Dodô), como aponta o nome, acontece aqui. Eu passei o carnaval em Salvador e não tenho uma opinião fechada sobre se é bom ou ruim ficar na Barra nesse período. Na minha opinião, há um argumento pró e um contra principais, ambos muito fortes.

O lado positivo de ficar na Barra no carnaval é estar onde a festa acontece e poder chegar e sair da muvuca sem ter que se preocupar com transporte – e acredite em mim, isso é muito importante. Dependendo de onde você for se hospedar, pode até aproveitar para usar o banheiro no próprio apartamento.

O lado negativo também é estar no meio da festa. Ali, você não vai ter um minuto de descanso por sete dias e se quiser uma folga dos blocos não vai conseguir. O barulho, a sujeira e a multidão não vão sumir, exceto talvez durante o período da manhã.

Veja onde ficar em Salvador, na Barra:

$ – Ficar em hostel não precisa ser uma bagunça, e aqui os quartos são privativos: Bahia Prime Hostel
$$ – Pousada charmosa e super bem localizada: Pousada Estrela do Mar
$$$ – Bem em frente à praia da Barra: Monte Pascoal Praia Hotel Salvador

Rio Vermelho

O bairro do Rio Vermelho, na minha opinião, é o melhor lugar onde se hospedar em Salvador. Ele é boêmio e charmoso, com restaurantes, bares, cafés e sorveterias aos montes, todos muito simpáticos.

O Rio Vermelho é em sua maior parte plano e suas ruas são agradáveis para passear. Apesar de a praia de mesmo nome não ser uma boa opção para quem quer curtir o sol e o mar, a vista que se tem ali é linda, e a praia do Buracão fica pertinho.

No carnaval, o Rio Vermelho está próximo o suficiente do circuito Barra-Ondina, sem ser exatamente o meio da festa. Nesse período, um palco com alguns shows acontece ali, mas nada que vá te atrapalhar caso queira sossego.

No dia de Iemanjá, 2 de fevereiro, a maior parte da celebração acontece ali. O bairro fica lotado e se você estiver hospedado pode até ter algum perrengue, mas nada comparado ao carnaval e, por outro lado, tem toda a facilidade de poder voltar para a hospedagem quando quiser.

Rio Vermelho Salvador

Estátua de Jorge Amado e Zélia Gattai no Rio Vermelho, onde os escritores viveram

Lugares para se hospedar em Salvador, no bairro do Rio Vermelho:

$ – Design hostel, bem moderno com terraço e piscina. Adorei: The Hostel Salvador
$$ – Casarão histórico no coração do Rio Vermelho: Hotel Catharina Paraguaçu
$$$ – Qualidade conhecida da rede, com o bônus de uma piscina sensacional: Mercure Salvador Rio Vermelho

Leia também: Um Guia Completo da Chapada Diamantina

Amaralina/ Pituba

Os bairros de Amaralina e Pituba estão na sequência do Rio Vermelho e são bem parecidos. Em alguns pontos, é difícil saber exatamente em qual deles você está. Esta região é mais residencial, mas também tem uma ótima estrutura de serviços.

Nos dois bairros há praia, mas os locais com quem conversei não recomendam ficar por ali em um dia de sol e mar. A água costuma ser bastante forte e a faixa de areia não é tão bonita quanto em outros pontos da cidade.

Amaralina e Pituba também são um pouco mais afastados das principais atrações de Salvador, o que significa que ficando ali você não vai conseguir fazer absolutamente nada a pé. Por outro lado, as hospedagens nessa região são um pouco mais baratas.

Quando fui no carnaval foi aqui que fiquei, bem na divisa entre os dois bairros, e achei que a hospedagem teve a mesma questão das mencionadas quando falei da Barra, mas ao contrário. Chegar e sair do carnaval era sempre uma batalha, mas por outro lado, estávamos preservados e conseguíamos ter ótimas noites e manhãs de sono e ir ao mercado, banco ou farmácia sem nenhum problema quando queríamos.

Seleção de hotéis nos bairros de Amaralina/ Pituba:

$ – Bom para famílias e casais: Salvador Express Praia Hotel
$$ – Confortável e com vista para o mar: Hotel Riviera Premium
$$$ – Elegante e sofisticado: Marano Hotel

Caminho das Árvores

Um pouco acima de Amaralina e Pituba, Caminho das Árvores também fica longe das principais atrações soteropolitanas. Mas lembre-se que longe em Salvador não é a mesma perspectiva que em São Paulo, então o bairro não deixa de ser uma opção a se considerar.

Lá não tem praia, mas se você preferir ter à sua disposição outras facilidades, é importante saber que é no Caminho das Árvores que fica o Shopping da Bahia, antigo Shopping Iguatemi.

Caminho das Árvores é um bairro mais empresarial e, por isso, tem várias opções de hotéis. Para quem vai a Salvador a trabalho pode ser uma boa opção. Também é um bairro um pouco mais próximo do aeroporto, o que pode ser um facilitador para voos chegando muito tarde ou saindo muito cedo.

Sugestões de hospedagens no Caminho das Águas:

$ – Toques de cor em um hotel padrão empresarial: Conect Smart Hotel
$$ – Sofisticação e bom gosto: Intercity Salvador
$$$- Boa opção para quem quer um pouco mais de espaço: Apart-Hotel Adagio 

Vai viajar?
É preciso planejar!

Planeje sua viagem utilizando os serviços dos parceiros abaixo. Você não paga nada a mais
por isso, e ajuda o SV a continuar produzindo conteúdo de qualidade e gratuito. =)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curadoria de viagem

Receba uma vez por mês em seu e-mail nossas dicas cuidadosamente selecionadas e as novidades do mundo das viagens.