Roteiro Leste Europeu: Destinos e Dicas Para Sua Viagem


Atualizado em:


Descubra no post abaixo qual é o melhor roteiro pelo Leste Europeu para a sua viagem! 

Leste-Oeste, Oriente-Ocidente, caro-barato (ou menos caro), Yin-Yang. O território do continente europeu que está mais perto da Ásia é totalmente diferente do território que margeia o oceano atlântico. Um pedaço da Europa cheio de história, vida e identidade própria.

O Leste Europeu é um roteiro sempre revisitado por diversas pessoas em diferentes fases e estilos de vida, e agrada desde quem vai de mochila nas costas ou salto alto nos pés. Pensando nisso, escrevemos nossa sugestão de um roteiro coringa para 15 dias nessa parte do continente, tempo que consideramos ser ideal para conhecer as principais cidades. Mas, a partir desse roteiro base também é possível tirar cidades ou aumentar a quantidade de dias em cada uma para explorá-las ainda mais, tudo depende da sua disponibilidade.

Teoricamente o Leste Europeu compreende apenas a Áustria, Hungria, Eslováquia e República Tcheca. Mas na nossa opinião, Berlim, na Alemanha, e Cracóvia, na Polônia, também tem tudo a ver com o estilo e a programação da viagem, e estão lá pertinho.

A viagem deve ser bem gostosa e mais livre com carro alugado (e GPS, claro), mas é bem fácil fazer o trajeto entre cidades de trem ou ônibus e não ter a preocupação com o automóvel dentro da cidade.

Veja abaixo a sugestão de quantidades de noites mínima nas cidades mais interessantes do Leste Europeu, e também as opções de transporte entre os trechos.

Roteiro pelo Leste Europeu:

Berlim – 4 noites

Berlim é o tipo de cidade que te recebe, abraça e aceita, independente de quem você seja. Essa descrição de Berlim feita pela Mari Camargo nesse ótimo post com dicas da cidade, define perfeitamente o espírito berlinense.  Quatro noites é o tempo ideal para aproveitar as principais atrações e conhecer os bairros de Berlim.

Foto: divulgação VisitBerlin

Foto: divulgação VisitBerlin

*Trecho Berlim/Praga – esse trajeto pode ser feito de ônibus pela BusRadar ou CheckmyBus para quem quer economizar, de carro alugado para quem está em uma roadtrip ou de trem, que é uma das melhores opções. Para quem tem mais dias e quiser parar em Dresden, existe um trem que faz um stopover na cidade, e você pode passar o dia lá. Veja mais informações detalhadas de como comprar nesse post do Sundaycooks.

Conheça e reserve os melhores hotéis em Berlim

Praga – 3 noites

Capital da República Tcheca, Praga é conhecida como a cidade das “cem cúpulas” por causa das centenas de cúpulas e torres da cidade (auto-explicativo né?). Tem uma arquitetura belíssima com contrastes entre o antigo e o novo, além de muita história e cultura e uma vida noturna vibrante. Reserve pelo menos três noites para sua viagem.

Prague_Skyline

Foto: Praga por William Chizek, via Wikimedia Commons.

*Trecho Praga/Viena – aqui também é possível ir de ônibus ou trem, sendo que o tempo de viagem é praticamente o mesmo, mas o ônibus sai mais em conta do que o trem, principalmente se as passagens forem compradas com antecedência.

Conheça e reserve os melhores hotéis em Praga

Viena – 2 noites

Considerada a melhor cidade do mundo para se viver, Viena respira arte, história e ainda uma ótima vida noturna. Além de tudo é super segura, tem preços acessíveis e ótimas opções de transporte público (o metrô é 24h no final de semana e custa só 1 euro). Quem vai se apaixona! Reserve duas noites, mas preste atenção ao horário do seu transporte para conseguir pelo menos dois dias inteiros bem aproveitados na cidade. Se não conseguir, fique três noites. 

-Observação especial para quem tem mais tempo para viagem: é possível fazer um bate e volta ou passar uma noite em Bratislava, a partir de Viena. Esse post do blog Contando as Horas explica certinho o que é preciso para fazer esse bate e volta.

Foto: "Vienna 2006-11-02 028" by Wizzard - Own work, by Wikimedia Commons

Foto: “Vienna 2006-11-02 028” by Wizzard – Own work, via Wikimedia Commons

*Trecho Viena/Budapeste – pode ser feito de trem ou ônibus também.

Conheça e reserve os melhores hotéis em Viena

Budapeste – 3 noites

A capital da Hungria é tida por muitos como a “nova Paris da Europa” por ter um clima cultural e boêmio que lembra bastante a Paris áurea de décadas passadas, casa de muitos artistas renomados de diferentes áreas de atuação. Hoje, a cidade atrai muitos jovens e turistas do mundo inteiro e é encantadora. Três dias é o mínimo para começar a conhecer Budapeste. 

Foto by Szgabor, via Wikimedia Commons

Foto by Szgabor, via Wikimedia Commons.

*Trecho Budapeste/Cracóvia – é possível ir de ônibus, trem, ou até mesmo trem noturno (o que eu menos recomendo, pois os preços não valem tanto a pena assim e você dorme mais desconfortável).

Conheça e reserve os melhores hotéis em Budapeste

Cracóvia – 3 noites

A Cracóvia é uma cidade na Polônia que recebe bastante turistas principalmente por estar perto do campo de concentração Auschwitz-Birkenau. Colocamos três noites no roteiro porque achamos interessante tirar um dia para a visita a Auschwitz, e outro para conhecer a mina de sal de Wieliczka

Foto by Rj1979 [Public domain], via Wikimedia Commons

Foto by Rj1979 [Public domain], via Wikimedia Commons.

Conheça e reserve os melhores hotéis na Cracóvia

Veja também nossa sugestão de hotel budget na Cracóvia

PARA CONTINUAR A VIAGEM… Quem tiver mais tempo pode conhecer a fundo as cidades acima, ou pode acrescentar Varsóvia ao roteiro, ou continuar explorando outros países como os Bálticos (escrevemos sobre as cidades e fizemos uma sugestão de roteiro em outros posts).

PARA SE PLANEJAR ANTES DE IR… A equipe do 360 meridianos escreveu um post ótimo com dicas práticas para quem vai realizar essa viagem pelo leste europeu, leitura obrigatória para se planejar.

PARA VIAJAR ANTES DA VIAGEM… Para já criar o clima e aumentar as expectativas, leia os livros “A ignorância”, de Milan Kundera e “Budapeste”, de Chico Buarque e assista qualquer filme que fale sobre a Segunda Guerra Mundial (como “O Pianista”, “A vida é bela”, “Os Falsários”, “O Jogo da Imitação”, “O menino do pijama listrado”, ou “Ponte dos Espiões”, entre outros), e os filmes alemães “Os Edukadores” e “Metrópolis” e o filme “Um método perigoso”. “Adeus Lênin” é um ótimo filme para entender a Berlim na época do muro.

Vai viajar?
É preciso planejar!

Planeje sua viagem utilizando os serviços dos parceiros abaixo. Você não paga nada a mais por isso, e ajuda o SV a continuar produzindo conteúdo de qualidade e gratuito. =)

Curadoria de viagem

Receba uma vez por mês em seu e-mail nossas dicas cuidadosamente selecionadas e as novidades do mundo das viagens.

Deixe seu comentário

  • Olá Marcella ! Eu e meu esposo vamos fazer um tour de 2 meses pela Europa, a ideia é começar por Porto e ir ate Bruxelas, passando o natal em Roma, e a virada do ano em Budapeste, uma das ideias iniciais e que estamos estudando é pegar um vale trem, onde você tem direito de viajar ilimitado por 28 países durante o período escolhido. http://www.raileurope.com.br você tem experiencia ou conhece alguém que ja usou esse meio ?

    Obrigada !!!!!!

    • Emanueli querida, desculpe não poder ajudar com isso. Não conheço ninguém que tenha usado e também nunca usei, mas parece ser BEM interessante. Espero que alguém aqui nos comentários possa te ajudar. =)

  • Vera Lawisch

    Oi, Marcela, gostaria de informações sobre a melhor forma de ir de Praga para Cracóvia em outubro. Obrigada

    • Olá Vera,
      há vários meios de transporte de Praga para Cracóvia.
      Você pode ir de avião que é mais rápido, mas também pode ir de trem (quase 7 horas de viagem).
      Se achar que vale a pena ou que faz sentido no seu roteiro, a viagem de carro é uma boa opção e dura 5 horas, geralmente (e você pode fazer paradas no caminho). Se não estiver achando preços bons e quiser economizar, tem até ônibus para lá, mas essa seria minha última opção.
      Espero ter ajudado.
      Beijos,
      Marcella

  • Walleska

    Partindo e voltado de Paris (passagens já compradas), por onde aconselha iniciar/terminar o roteiro (20 dias) para o Leste Europeu?

    • Oi Walleska!
      Que cidades você quer incluir no seu roteiro?
      Minha dica é ver a passagem aérea que mais compensa, e também tentar chegar e sair por alguma das cidades das “pontas” do roteiro.
      Exemplo: se incluir na sua viagem Berlim, Praga, Viena e Budapeste, tente começar em Berlim e terminar em Budapeste (ou vice-versa). Assim você compra esses vôos e fazt rajeto do meio via terrestre (trem ou ônibus ou até mesmo carro).
      Espero ter ajudado.
      Beijos e boa viagem! =)

  • Sonia Simões

    Olá,
    Antes de mais nada amamos o seu site, parabéns, e suas dicas nos inspirou nessa aventura!
    Vamos para o Leste Europeu em Abril/2017, somos 4 irmãs a mais nova tem 62 anos. Vamos entrar na Europa por Roma ( a mais velha quer assisti uma Missa no Vaticano).
    De Roma pra Veneza vamos pegar um vôo, ficamos 3 dias e o desejo é seguir de onibus ou trem para Liubiania, Zagreb, Budapeste, Viena, Praga e Berlim. Gostaria de informações sobre a compra das passagens entre estas cidades.
    Será que consigo colocar a Cracóvia neste roteiro que fizemos sem aumentarair muito, o tempo de estrada?
    Se puder ajudar-nos vamos ficar muito felizes!
    Desde já agradecemos,
    Suzana, Solange, Sonia e Magna

    • Olá meninas, que delícia de viagem!!!
      Que bom saber que ajudamos um pouquinho a organizar essa viagem de vocês. =)

      Tem um site bem legal que você coloca o trajeto que quer fazer e ele dá as opções de transporte (com nome das empresas), duração da viagem e a estimativa de preço pra cada opção.
      Chama https://www.rome2rio.com/
      Acho que vai ser ótimo pro planejamento de vocês!
      A partir das opções do site, vocês podem procurar na internet o nome da companhia que escolherem e comprar online.

      Uma dúvida…quantos dias de viagem vocês tem?
      Incluir a Cracóvia depende um pouco da quantidade de dias.
      É uma pernada um pouco longa e pode ser um pouco chatinha, mas dá pra fazer sim.
      Se quiserem incluir, acho que dai vale a pena consultar os preços de passagem aérea.

      Espero ter ajudado!
      Se tiverem mais dúvidas, podem comentar mais, ta?!

      Ah, não se preocupem que o e-mail fica registrado aqui pra gente quando vocês comentam. 😉

      • Sonia Simões

        Obrigada Marcella!
        Nós pensamos em 20 dias, o que você acha?
        Pois é , quando estava fazendo o roteiro achei que iamos gastar muito tempo e dinheiro de translado, com a esticada pra Cracóvia.
        Agora com a sua dica tenho como argumentar com as “meninas”…
        Vou visitar o site sugerido e se surgir alguma dúvida, volto a pedir ajuda.
        Muito, muito obrigada!
        Um abraço Sonia

  • Rosangela Scheithauer

    Trabalho como Guia em Viena e arredores. Ofereco passeios lindos e inesquecíveis, dou boas dicas, levo para conhecer lugares onde sómente quem mora no país pode indicar.
    Entre em contato. Terei muito prazer em ser sua Guia.
    Email: [email protected]

    • Obrigada Rosangela!
      Será um prazer conhecer os seus serviços e contar a experiência para os nossos leitores! =)

      • Rosangela Scheithauer

        Marcela, terei prazer em ser sua Guia em Viena. Quando pretende vir para cá?
        Escreva-me! Abracos. Rosangela

  • Olá! Parabéns pelo blog.

    Bom, estou programando minha viagem para a Europa em Agosto. Ainda não comprei as passagens pq gostaria de definir alguns detalhes importantes no roteiro (como por onde começar, por exemplo). Portanto, gostaria de pedir uma ajudinha, se possível.

    Serão 25 dias e a ideia é visitar
    R. Tcheca (Praga e Český Krumlov) 4 dias
    Hungria (Budapeste) 5 dias
    Eslovênia ( Ljubljana e Bled) 4 dias
    Croácia (a definir) 7 dias
    Bósnia (Saravejo e Mostar com cachoeiras de Kravice) 4 dias

    Ah, um detalhe importante é que como nao dirijo, a locomoção será toda com transporte publico!

    Como falei anteriormente a maior duvida é por onde começar a viagem… Inicialmente pensei no seguinte R. Tcheca – Hungria – Eslovênia – Croácia e Bósnia . O problema é que se o destino final fosse Bósnia, provavelmente teria que retornar a algum outro lugar para voltar ao Brasil, né? A outra alternativa que pensei seria começar por Budapeste e terminar em Praga. Mas não gostei muito desse cenário.

    A outra grande questão no roteiro é em relação a Croácia. Não vai dar pra visitar todos os lugares (infelizmente) então a ajuda seria para ajudar a eleger alguns. A ideia na Croácia é aproveitar as belas praias para relaxar das andanças nos demais países. Inicialmente tinha pensado em Zagreb, Split e Dubrovnik.

    O que vc acha do roteiro? Muito corrido para 25 dias? Desde já agradeço
    Abs

    • Ciro,
      É corrido mas é factível e dá pra aproveitar bem!
      Quanto ao primeiro ponto, voce esta certo. Vôos saem beeem mais baratos se a ida e a volta sao da mesma cidade. O que voce pode fazer é terminar na Bósnia e de lá pegar um vôo low cost para seu local de origem. Vai sair mais barato com certeza.
      Quanto à croácia, as três cidades que você escolheu são ótimas, mas já que a idéia é aproveiar praias, pq não ficar em uma ilha, então? Hvar é super legal e há balsas saindo de Split.
      No mais, me parece que seu roteiro esta otimo e voce vai aproveitar muitop!
      Boa viagem e depois conta pra gente como foi!

  • + Ver mais comentários

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *