Noite em Frankfurt: bar Jazz Keller


Atualizado em:


Esse é nosso primeiro Segredos do Leitor, espaço onde nossos leitores mandam dicas das suas próprias descobertas. O Ricardo Marques Silva nos mandou uma dica quentíssima de onde sair a noite em Frankfurt. Atualmente ele mora em Alphaville mas morou em Frankfurt a trabalho e compartilhou conosco seu segredo. Confira! 

Dica de bar para sair a noite em Frankfurt:

“Frankfurt está longe de ser um dos destinos de turismo de lazer mais requisitados da Europa. Mas não é só a lazer que se viaja. Sendo Frankfurt a casa da maior organizadora de feiras de negócios européia, a Messe Frankfurt, a cidade às margens do rio Meno (ou Main, em alemão) está sempre cheia de estrangeiros.

Tanto para estes como para as pessoas que vivem e trabalham na capital financeira da Europa, distração é fundamental, especialmente depois das 18:00. Nada melhor para relaxar do que um bom bar (uma filosofia bem alemã). Melhor ainda se tiver uma boa música ao vivo. Ainda melhor se for bem central, para facilitar o acesso. E MELHOR AINDA se estiver aberto quase todos os dias, sendo a segunda-feira a exceção. Bem, em Frankfurt, esse lugar é o Jazz Keller.

Detalhe das mesas e ilustres visitantes na parede

Este porão do jazz, na tradução literal, uma gruta de tijolos escuros numa ruela localizada bem ao lado da Goethestrasse, a segunda rua mais cara e exclusiva da Alemanha, foi inaugurado em 1952 e por seu pequeno palco já passaram nomes como Chet Baker, Louis Armstrong, Dizzy Gillespie e Frank Sinatra, entre outros. Tudo devidamente documentado nas paredes.

Louis Armstrong nas paredes do jazz keller

Credenciais apresentadas, o melhor do Jazz Keller é sua atmosfera intimista e aconchegante, a qualidade e simpatia no serviço e a pessoalidade do lugar. Você vai se sentar a uns 5 metros do palco, conversando com o barman, depois de cumprimentar o Sr. Eugen Hahn, dono do bar, pra quem você paga o ingresso. Além de tudo, é uma pechincha. A entrada no Jazz Keller às quartas-feiras custa míseros cinco Euros (5€) e você será brindado com uma jam session de primeira qualidade com instrumentistas habitués do bar, bem como músicos jovens da região.

Vista do palco

Os pontos negativos são poucos. O melhor que se pode pedir pra comer nesta Meca do jazz alemão é uma porção de amendoins, ainda que o senhor Hahn não se sinta ofendido se vir alguém entrando com uma pizza nas mãos. Às sextas-feiras não há música ao vivo, mas um DJ tocando estilos variados. Não recomendo. Por fim, há alguns artistas brasileiros na região e eles costumam fazer apresentações por lá. Uma mistura de bossa nova, jazz e MPB que pode agradar muito a alguns e frustrar muito a outros. Tanto a programação da semana quanto os preços estão afixados na porta, o que faz de uma visita, ainda que não programada, uma boa aposta. Aqui você pode ver mais fotos do local, bem como fazer um tour em 360º enquanto não chega a hora de visitar o bar ao vivo!

Informações importantes:

Kleine Bockenheimerstr. 18a / 60323 Frankfurt am Main. Das 20:00 ao último cliente nos dias de show, das 22:00 às 03:00 às sextas-feiras. Entrada de 5-25, de acordo com a atração. Consumo de 15-50 por pessoa”


Ótima dica de bar em Frankfurt e ainda com música ao vivo. Obrigada Ricardo!

Se você também quer deixar sua dica, mande um e-mail para gente.

Vai viajar?
É preciso planejar!

Planeje sua viagem utilizando os serviços dos parceiros abaixo. Você não paga nada a mais
por isso, e ajuda o SV a continuar produzindo conteúdo de qualidade e gratuito. =)

Deixe seu comentário

  • ótima dica!
    Adoro Jazz e, toda vez que viajo sempre procuro algum bom lugar para conhecer a música do lugar.
    Quando for a Alemanha com certeza passarei por esse bar.
    Talvez vocês pudessem fazer uma matéria sobre a Cav35 de Rivoli em Paris. Um ótimo lugar para se ouvir Jazz em Paris com jam sessions vários dias da semana e grandes apresentações de grupos de toda europa.
    Parabéns pelo site!

    • Olá Felipe, que bom que gostou da dica enviada pelo nosso leitor Ricardo!
      Não conhecemos ainda esse lugar em Paris, se voce quiser, pode escrever uma dica semelhante à do Ricardo sobre a Cav35, o que acha?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curadoria de viagem

Receba uma vez por mês em seu e-mail nossas dicas cuidadosamente selecionadas e as novidades do mundo das viagens.