Casa de família ou apartamento estudantil: onde ficar?


Atualizado em:


Não adianta, sempre na hora de escolher acomodação rola a dúvida: onde devo ficar? O que será melhor para mim? Como devo fazer essa escolha? A questão fica ainda mais complexa quando vamos fazer intercâmbio em algum outro país. Seria melhor ficar em casa de família (homestay) ou em uma residência estudantil? Vamos descobrir as vantagens e desvantagens de cada um. Vamos lá!

Como escolher sua moradia durante o intercâmbio?

Você sempre pode ficar em albergue (hostel) e hotel, mas quando a ideia é passar muito tempo em um só local essa opção fica bem mais cara e é até um pouco solitária no caso do hotel. Por isso que as escolhas mais comuns entre os estudantes é morar em uma casa de família ou um apartamento estudantil. A escolha final vai depender totalmente do que você busca para sua viagem, mais liberdade? Maior probabilidade de prática do idioma? Ter que se virar sozinho ou ter mais mordomia? Fazer network e farra? Viver a vida local ao máximo?

Pra ajudar nessa decisão, levantamos os prós e contras de cada tipo de moradia.

Casa de família (homestay)

Casas de família são ideias para quem quer ter uma imersão cultural maior, pois você pratica o idioma com mais frequência e pode observar o dia-a-dia dos moradores do local. Além disso, há algumas vantagens como o preço, já que geralmente são a opção mais barata e mordomia, pois, na maioria dos casos, a sua “host family” prepara as refeições e te ajuda com detalhes como comprar um chip de celular e explicar como funciona o transporte público da cidade.

Porém, a sua liberdade é mais limitada no homestay e algumas famílias podem impor certas regras como horário para chegar em casa ou até mesmo horário pra tomar banho, e não levar visitas para casa, por exemplo.  E também, casas de família costumam ser em áreas residenciais, mais afastadas dos centros urbanos e das escolas.

Vale sempre lembrar que tudo depende muito da família que você “cair”. Você pode ter uma experiência incrível com famílias que te levam para viajar, apresentam amigos e são super solícitos, ou cair com aquela família que claramente só está te recebendo para ter uma grana extra e vai ser indiferente para sua experiência. O que não pode nunca é estar insatisfeito e continuar onde está. Se não gostou de família há sempre a possibilidade de trocá-la. E lembre-se de especificar no formulário se você tiver alguma necessidade especial ou exigências como: “não quero gatos ou cachorros na casa”.

Apartamento e residência estudantil

Geralmente, os apartamentos de estudante te dão mais liberdade e são mais “agitados”. Há pessoas de todos os lugares do mundo, então, aprender o idioma vai depender de você, você pode fazer amizades com brasileiros e outras nacionalidades e acabar nem praticando a língua que quer aprender. Agora se sua intenção é exatamente essa, conhecer gente nova não importa a nacionalidade, essa é a melhor opção.

Porém, esse tipo de moradia é geralmente mais cara e, muito provavelmente, você terá que dividir banheiro e cozinha com outros estudante (há residências em que você tem seu quarto e divide o apartamento com cozinha e banheiro com outras pessoas, ou tem seu quarto individual somente – sem ser em um apartamento- e divide banheiro e cozinha com o andar todo).
Além disso, você é inteiramente responsável por suas refeições e pelas compras de mercado, e por descobrir como fazer coisas básicas sozinho, como comprar um cartão mensal de metrô.

 

Vai viajar?
É preciso planejar!

Planeje sua viagem utilizando os serviços dos parceiros abaixo. Você não paga nada a mais por isso, e ajuda o SV a continuar produzindo conteúdo de qualidade e gratuito. =)

Curadoria de viagem

Receba uma vez por mês em seu e-mail nossas dicas cuidadosamente selecionadas e as novidades do mundo das viagens.

Deixe seu comentário

  • Oi, pretendo fazer um curso nos eua entre 6 meses a 1 ano mas tenho um cachorro filhote e nao posso deixa-lo… Voce saberia me informar se nas residencias estudantis, universidades ou casa de familia é aceito cachorro?

    • Fernanda, depende muito de cada programa. Voce tem que perguntar no lugar que voce vai fazer o curso se as residencias deles aceitam, ou se a familia que vc ficaria aceita, etc. nao existe uma regra geral, voce precisa ver diretamente no lugar que voce vai.
      Boa sorte

  • Emily alves

    Olá,tudo bem? Tenho 20 anos e irei fazer meu primeiro Intercambio em San Diego- EUA, no meu pacote está incluso residência estudantil ( vantaggio),porém me informaram que lá tem muitos brasileiros e muita festa. Eu queria realmente praticar o meu inglês,porém tenho medo de mudar para uma casa de família e depois me arrepender devido a ótima localização da residência. Você poderia me dar algum conselho,por favor? Estou um pouco perdida. Muito obrigada

    • Oi Emily,
      Antes de tomar uma decisão, você deve ter uma conversa muito clara com a agência de onde você comprou este pacote.
      Eu te sugeriria fazer as seguintes perguntas pra eles:

      1- As casas de família que eles oferecem, são localizadas em uma área específica, ou podem estar espalhadas pela cidade?
      2- Caso você não se dê bem com uma família, ou achar longe demais, você pode trocar? Vai ter algum custo extra?
      3- Se você se arrepender de morar em uma casa de família, você pode voltar para a opção da residência? Se sim, qual o prazo (na primeira semana? Prieiro mês?)
      4- A agência tem algum aluno que optou pela casa de família antes? Eles podem te passar o contato para você conversar com ele/a?

      Veja as respostas que eles vão te dar pra essas perguntas e, a partir daí você toma uma decisão mais certeira, não acha?
      Agora, caso essas respostas te satisfaçam, com certeza você vai aprender mais inglês com uma família, já que com muitos brasileiros você só vai acabar falando português.

      Depois conta pra gente se foi tudo bem, ta?
      Boa viagem!!

  • Ola tenho 14 anos e pretendo ir fazer intercâmbio no Canadá sozinha , estou com medo de ir para uma casa de família e seguro ?

    • Olá Sara,
      é claro que exceções podem acontecer, mas geralmente é seguro sim.
      Pesquise bem e pegue referências se a empresa que você contratar para fazer o intercâmbio é confiável, e deixe claro que gostaria de ter a opção de trocar de família se você não gostar.

  • andre luiz

    Ola!!!
    Estou indo para os Estados Unidos, pretendo ficar em Miami ou Los Angeles. Estou procurando uma casa de familia para ficar por 6 meses. Se alguem souber e puder me dar dicas sou muito grato!!!

    Whats (84) 9 8119-6623

  • Boa tarde
    Estou tentando achar um lugar pra ficar em orlando pra fazer curso de inglês, farei por no mínimo 6 meses porém vou levar meu cachorro e não consigo achar nenhum lugar pra ficar as escolas acabam por não me ajudando
    você pode ajudar ?
    obg

    • Ola Mariana.
      Já pensou em alugar um apartamento para você?
      Como o período é longo (6 meses) e você tem cachorro, acho que essa é uma opção interessante.
      Beijos

      • Oi marcela , ja pensei sim , e é isso que estou procurando , mas nossa como esta dificil achar
        os que eu acho são somente pra alugar quarto e como não falo nada de inglês estou com muito medo de alugar e ver que eu aluguei somente o quarto
        Você conhece algum site que aluga casa toda ?

  • Yasmin Gomes

    Olá, Mari!
    Tenho apenas 13 anos,mas juntamente com meus pais,já tenho grandes intenções em relação ao intercâmbio. Pretendo fazer um High School em Londres, no segundo semestre do Ensino Médio. Enfim,minha pergunta é: Acha mais fácil eu me adaptar melhor na residêcia estudantil (liberdade e pessoas com o mesmo desejo) ou numa HomeStay (ajuda com as tarefas do cotidiano)? Obrigada 🙂

    • Oi Yasmin! Parabéns pela sua determinação! Planejar tudo com antecedência é essencial para conseguir boas vagas em escolas e ter boas experiências no intercâmbio.
      A adaptação depende MUITO da sua personalidade. Eu, por exemplo, nunca fiquei mais de 3 meses em um intercâmbio (quando nova, depois na faculdade foi diferente) então sempre me dei bem nas residências estudantis, pois era um período curto. Meus amigos que passaram um ano fora no colegial, no entanto, disseram que ficar em HomeStay foi a melhor coisa, pois eram muito jovens e tinham o suporte da “família”.
      Acho também que tudo depende da sua escola. Alguns colégios internos na suíça e na inglaterra, por exemplo, tem a opção da moradia no colégio, o que é bom. Se você for ficar em uma escola “comum” da cidade, talvez seja melhor ficar com uma família.
      Resumindo, se você quiser saber minha opinião ela é: Se você for ficar muito tempo ( 1 ou dois semestres) em um colégio que não é interno, fique em casa de família. Só fique em residência estudantil se ela for DENTRO da escola, senão acho que não vale a pena, pela sua idade.
      Espero ter ajudado! Depois me conta o que você fez!
      Beijs

  • gIULIANA Fernandes

    Boa Tarde, estou a procura de alguma casa que aceitem intercambistas. Algum site que tenham casas que aceitem. Gente por favor, preciso urgentemente.

    • Giuliana, geralmente as casas que aceitam intercambistas estão cadastradas nas escolas de lingua ou universidade, então dependendo de onde você for estudar, vale enviar um e-mail e pedir a lista de casas cadastradas que eles enviarão todas as informações.

  • oi queria saber em relação ao dinheiro quanto levar se for ficar uns 4 meses e se for comprar muita coisa de make e sapatos roupas etc

    • Ola Laysa, o dinheiro para levar varia muito pois você pode gastar desde 3,50 EUROS por refeição nos restaurantes da faculdade até mais de 80 euros. Se baseie nisso na hora de fazer as contas.
      Quanto à compras não podemos te ajudar pois depende 100% de cada pessoa.
      Beijos e boa viagem!

  • Luiza Gomes

    Eu fiquei em homestay quando fiz intercâmbio pelo rotary e foi muito bom pois tinha 16 anos. Mas quando você é mais velho acho que a residência é melhor! Obrigada pela tabela de prós e contras!

  • + Ver mais comentários

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

EnglishPortuguese