Moradia estudantil em Paris


Atualizado em:


Quem pretende passar um tempo estudando em Paris precisa se planejar bem e com antecedência. Onde ficar é um item muito importante no planejamento, pois tudo na cidade lota muito rápido, ainda mais se a época da viagem coincidir com o período das férias de verão européia (julho e agosto).

Hóteis e albergues podem ser uma opção muito cara para quem quer passar longos períodos em Paris. Por isso mostraremos aqui três outras opções de moradia estudantil em Paris que são interessantíssimas, e que também são válidas para turistas que querem ficar por um longo período na cidade.

1- Foyer e Residências estudantis

Os foyers, ou albergues, e as residências estudantis são geralmente prédios com vários dormitórios para estudantes (de todas as idades). Na maioria das vezes os banheiros são compartilhados, assim como as cozinhas. Em alguns casos, há uma pia e uma geladerinha em cada quarto.

foyer internacional des etudiantes

Quarto individual no Foyer des Etudiantes

Cada foyer tem sua particularidade. Há os que são mais modernos, outros em que a localização é vantajosa, alguns tem horário máximo de entrada, em outros a entrada é livre durante o verão e etc. Mas a maioria deles funciona da seguinte maneira: durante o ano (setembro a junho) aceitam pessoas que estão estudando em Paris e ficarão por todo o ano letivo, e são separados por foyers masculinos ou feminimos. E nos verões (julho e agosto) aceitam estudantes por qualquer período de tempo (pagamento por dia) e podem ser de ambos os sexos. Na maioria das vezes exigem que sejam maiores de 18 anos.

Quarto para duas pessoas no foyer des Etudiantes

Já as residências estudantis são praticamente a mesma coisa, mas são mais flexíveis quanto ao horário de entrada e aceitam homens e mulheres durante o ano letivo.

Quando fui estudar em Paris fiz minha escolha visando os seguintes critérios: boa localização em uma rua movimentada, sem limitações de horário (podia entrar e sair qualquer hora), wifi e uma coisa que me conquistou no foyer que escolhi foi o terraço e a biblioteca que tinham uma vista incrível! Já os quartos eram beeem antigos e a cozinha não era nada equipada, mas tinha frigobar e uma pia no quarto que quebravam um bom galho. Havia a opção de quartos duplos ou simples. O foyer se chama Foyer Internacional des Etudiantes e fica no Boulevard Saint Michel.

Biblioteca do Foyer des Etudiantes

vista de paris

Vista meio “sem graça” do terraço com o Jardim de Luxemburgo e a Torre Eiffel

Quem estiver procurando por um quarto mais moderno e uma ótima cozinha, em uma rua mais quieta, pode ficar no Maison des Lycéennes, que é uma graça! Outro foyer muito bom (esse aceita apenas meninas) é o La Vigie que tem uma localização super privilegiada na Île Saint-Louis, no coração de Paris.

Tem uma lista ótima e super completa dos foyers de Paris aqui e outra aqui. Para menores de 18 anos, os estabelecimentos iguais aos foyers se chamam Lycée – a lista é essa aqui.

2- Cité Universitaire (Cidade Universitária)

A cidade universitária de Paris é gigante. E linda! Tem ótimos espaços comunitários e casas de diversos países (mas isso não significa que você precisa ficar na casa da sua nacionalidade).

Entrada da cidade universitária de Paris

Entrada da Cité Universitaire de Paris

É a melhor opção para quem vai estudar e passar o ano em Paris, e também a mais concorrida. Mas, o que muita gente não sabe é que durante o verão a Cidade Universitária fica com muitas vagas abertas dos estudantes que estão de férias, para estadia por um período mais curto.

Casas de diferentes países

O que você precisa fazer é mandar e-mail para as casas que tem interesse (mandar para cada casa mesmo, uma a uma, trabalho de formiguinha).Você pode ver fotos das casas e conseguir as infos que precisa no site da Cité (inglês e francês).

Maison du Brésil na cidade universitária de Paris

Casa do Brasil

A única desvantagem é que a Cidade Universitária de Paris está um pouco afastada do centro e não é tão fácil ficar andando por Paris a partir de lá, mas a Cidade é bem servida de transporte público e tem ponto de ônibus e trem logo na entrada.

cite universitaire

Mesmo se você não ficar hospedado lá, vale a pena ir para lá apenas para um passeio. Além disso, tem um parque lindo e frequentado por parisienses logo ali do lado, que se chama Parc Montsouris.

3- Apartamento para alugar em Paris

De longe a opção mais confortável para quem quer ficar longos períodos em Paris, e tem uma quantidade maior para investir em moradia (quando falamos em hospedagem estudantil, porque para quem vai apenas passear em Paris por muito tempo, essa é a melhor opção para economizar e ficar bem instalado).

foto da sala do apartamento, que tem cama no mezanino, um ótimo banheiro e uma cozinha equipada.

Em uma das nossas idas a Paris, ficamos hospedadas em um loft extremamente fofo no Marais (a um quarteirão do Pompidou e da estação Chatelet Les Halles do metrô (localização super estratégica). Achamos ele excelente para um ou dois estudantes também ou para quem quer ficar por bastante tempo na cidade e economizar, sem deixar de lado o conforto em uma boa localização.

Foto que tiramos quando ficamos lá em fevereiro de 2017. Ponto positivo para a limpeza impecável do apê!

Na verdade essa é uma dica boa para todo, de estudantes a turistas, famílias a casais… pois o apartamento tem uma cama de casal e um sofá cama, e também aceita reservas a partir de duas diárias. Então é uma dica válida para qualquer um que queira alugar um apartamento em Paris.

Veja no post em que contamos a nossa experiência, como alugar esse apartamento com preços exclusivos para leitores do SV!.

Vai viajar?
É preciso planejar!

Planeje sua viagem utilizando os serviços dos parceiros abaixo. Você não paga nada a mais
por isso, e ajuda o SV a continuar produzindo conteúdo de qualidade e gratuito. =)

Deixe seu comentário

  • Oii Marcella, tudo bom?
    To amando suas dicas!
    Pretendo fazer um curso de linguas por 4 semanas em Paris, no verão (possivelmente em julho ou agosto). Pra conseguir uma vaga no Foyer eu preciso estar necessariamente matriculada nos summer courses na universidade de Sorbonne?
    Eu nao tenho problema em dividir o apartamento com alguem assim dividindo os custos. Entao para pegar um duplo eu teria que encontrar alguem pra dividir comigo ou eles mesmos tem a opção Do duplo e “misturam” os quartos (como funcionam os albergues)?
    Obrigada, grande beijo!

    • Oi Maisa, tudo bem e você?
      Que bom que as dicas estão te ajudando!
      Se você está em dúvida entre julho e agosto, eu sugeriria que você tentasse ir em julho, pois em agosto muitas coisas ficam fechadas em Paris porque os donos tiram férias (lojas, bares e restaurantes por exemplo), e a cidade fica mais vazia também!
      Quanto ao foyer, você pode escolher pegar um quarto duplo e eles mesmos te colocam com alguma outra pessoa (acredito que outra mulher também, mesmo no verão, quando o foyer fica misto). Se tiver algum amigo indo, melhor ainda… dai você não precisa dividir quarto com um desconhecido.
      Espero ter ajudado! Qualquer dúvida me avisa. Beijos

  • Oi Marcella, tudo bom?
    Eu vou para Paris agora no começo de dezembro, e fico até final de fevereiro! Sou estudante universitária, mas vou trabalhar nesse período. Você sabe se tem a possibilidade de ficar em um desses alojamentos estudantis mesmo que eu esteja trabalhando? Eu gostaria de ficar em um foyer até para conhecer mais pessoas, já que não vou ter tanto contato com jovens no trabalho. Além disso, vc sabe se tem algum grupo de brasileiros em paris, principalmente meninas, para eu já começar a fazer contato? Obrigada desde já!

    • Oi Bianca, tudo bem?
      Não conheço muitos grupos, sei apenas de um que se chama “Brasileiros em Paris” no facebook e é um grupo fechado. Você pode enviar uma solicitação para entrar lá e já pedir dicas e conselhos para quem já vive lá.
      Durante o inverno os foyers ainda estão com os estudantes do período letivo, que ficam de setembro a maio, mas acho que vale um trabalho de formiguinha para ver se ainda há alguma vaga não ocupada em algum deles. Por isso, se eu fosse você eu faria um e-mail padrão explicando sua situação e colocando o seu interesse em ficar hospedada lá nesse inverno, e mandaria para váaarias residencias. Quem sabe alguma não tem uma política de moradia diferente e te aceita por três meses.
      Espero ter ajudado. Beijos e boa viagem!

  • Oi Marcella, tudo bem?
    Meu nome é Isabella e tenho 19 anos, no primeiro semestre do ano que vem vou fazer um curso de francês em Paris. Inicialmente estava pensando em fazer o curso da Sorbonne de civilização, sera que você poderia me explicar mais ou menos como funciona (horários, aulas, estrutura) e o que achou do curso? Em relação a hospedagem eu li o seu comentário comparando o Foyer Internacional des Etudiantes e a Maison des Lycéennes e queria saber a sua opinião sobre o La Vigie pois me interessei bastante por ele. Por fim em relação ao visto de estudante, com quanto tempo de antecedência devo pedir? Adorei as dicas mas estou um pouco confusa com tudo que preciso organizar ate a viagem, espero que você possa me esclarecer algumas coisas.
    Desde já, muito obrigada!!

    • Oi Isabella, tudo bem?
      A localização do La Vigie é muito boa, no meio da Ilê St Louis.
      Eles aceitam mulheres de 18 a 25, e durante o verão eu não tenho certeza se aceitam homens também (não me lembro, mas acredito que não).
      Uma amiga que morou lá me contava que sempre tinham atividades de integração (dia de cinema, jantar e etc). Tem muitos, muitos foyers bacanas em Paris. Na minha opinião, esses três citados e o cherche-midi são os mais interessantes para mulheres. Veja alguns nesse site aqui:
      http://www.unme-asso.com/VillesUNME/Paris.html
      Quando eu fui, fiquei menos de três meses na Europa e não precisei de visto, apenas do tratado de Schengen. Sobre esse assunto, veja mais infos nesse site aqui. O site da Campus France é o melhor amigo de quem deseja estudar na França! 😉
      A sorbonne tem mil e um tipos de cursos de francês e civilização, com diferentes níveis de intensidade. Veja aqui. Eu fiz o curso normal de línguas e civilização durante o verão.
      Espero que tenha ajudado. Beijos e boa viagem

  • Nossa, você está de parabéns! Nem imagina como suas dicas, informações me ajudaram. Quero ir para França fazer um curso intensivo de francês, tenho pouco tempo e preciso aprender bem e depressa. Estava meio desesperada, não encontrava nada que me desse jeito. Com as suas informações fiquei muito animada E já estou correndo atrás. Preciso de um alojamento por 8 semanas e um curso intensivo também de 8 semanas. Será que o foyer la vigie aceita receber pessoas por 8 semanas? Muito obrigada, deus lhe abençoe e continue com esse coração de querer ajudar o próximo. Um abraço valeu!

    • Oi Eveline, tudo bem?
      Que bom que gostou das dicas! Obrigada!!
      Se você for no verão, eles com certeza te aceitarão por 8 semanas. Durante o ano letivo acho um pouco mais complicado.
      Talvez uma boa ideia seja alugar um apartamento ou procurar um prédio estudantil.
      Antes de ir eu fiz 3 meses de aulas particulares, e em Paris fiz o curso de francês e civilização da Sorbonne. Gostei bastante porque eu tinha a opção de assistir palestras em francês a tarde além das aulas expositivas pela manhã, mas não era intensivo (como você procura). Mas há bastante opção por lá.
      O melhor jeito de aprender a língua é praticar no dia-a-dia e conversar com seus amigos em francês ao invés de usar outra língua mais confortável pra você (como o português ou o inglês, por exemplo).
      Espero ter ajudado um pouquinho mais.
      Beijos e boa viagem!

  • Oi meu nome é cristian e tenho 15 anos vi as fotos e li tudo sobre intercambio em paris, eu queria ficar 6 meses ou um ano no maximo quero aprender os costumes e aprender o idioma françês que é lindo como faço para conseguir contato e tudo mais para fazer o intercambio, de preferencia o mais perto da torre

    • Olá Cristian, tudo bem?
      Não entendemos muito bem a sua pergunta. Você gostaria do contato das residências estudantis e dos foyers?
      Ou gostaria de saber como faz para fazer intercâmbio para Paris?
      Att,

  • Olá marcela, tudo bom?
    Meu nome é bruna, to indo passar 4 semanas em paris em julho para estudar frances, só que estou com muita dificuldade de escolher em qual foyer ficar, você teve uma boa experiencia no foyer international des etudiantes? os banheiros eram bons? dei uma olhada no Maison des Lycéennes e fiquei em duvida, gostaria de saber a sua opinião
    desde já, obrigada!

    • Oi Bruna, tudo bem?
      Vou falar um pouco sobre as diferenças e vantagens e desvantagens de cada um e você escolhe:
      O Mayson des Lycéennes é bem mais novo, os quartos são mais branquinhos e com cara de mais limpos, sabe? Não tem elevador (não acho isso um problema), a cozinha é grande e equipada e tem pão e bebidas quentes pela manhã. Quando eu fui tinham vários americanos da NYU (parece que eles são parceiros). A única desvantagem pra mim é a localização, pois fica em uma pequena ruazinha que não é tão movimentada pra chegar a noite, por exemplo. Uma amiga ficou aqui e eu gostei muito desse Foyer!!
      O Foyes des Étudiantes é bem mais velho (decoração e estrutura super antiga mesmo), mas os chuveiros são bons e novos. Tem elevador, mas ele é antigo e lento, foi útil só na chegada e saída para levar as malas. A cozinha não é quase nada equipada, mas o café da manhã do dia a dia era justo, com pão, geléias e bebidas e croissants as quintas-feiras. A localização é ótima, e tem um terraço com uma vista incrível e uma biblioteca gostosa para estudar.
      Em resumo é isso:
      Localização, biblioteca e terraço – Foyer des etudiantes. Mas pensando em quarto, cozinha e “cara de novo” – Maison des Lyceennes.
      Ufa! É isso. Espero ter ajudado. =)

  • Leandro leliS de Andrade

    Olá Marcela, tudo bem?

    Enviei um e-mail, respondendo os conselhos que me deu e pedindo novas informações, chegou pra você? É que como você também fez perguntas sobre teatro, imaginei que era para responder, compreende?! Estou dizendo isto, pois no final do sua resposta estava escrito para não responder o e-mail.
    A propósito, parabéns pela iniciativa em ajudar as pessoas que estão indo estudar em outro país.

    Atenciosamente,

    Leandro.

  • Leandro leliS de Andrade

    Boa noite,

    estou indo estudar, em setembro, na escola de teatro “ÉCOLE INTERNATIONALE DE THÉÂTRE JACQUES LECOQ”e confesso que estou bastante perdido quanto a lugar para morar. Vê os postes e o texto inicial deste link e fique bastante interessado em algumas opções. Porem, gostaria muito de ouvir sua opiniao ou

    • Leandro leliS de Andrade

      sobre algum lugar para morar! Seguinte: o meu curso é de dois anos, em uma escola paga e eu preciso encontra, se possível, um lugar mais em conta. Você poderia sugerir alguma opção? Muito obrigado.

      obs.: desculpa ter postado dois poste em seguido.

      Realmente, aguardo a resposta.

      Muito obrigado pela ajuda, disponibilizando tanta informação na rede.

      Atenciosamente,

      Leandro Lelis.

      • Leandro, confesso que senti uma pontada de invejinha branca. Estudar na Jacques Lecoq deve ser incrível!
        Bom, vi que ela fica na Rue du Faubourg Saint Denis, no 10eme arrondisement e que as linhas 4 e 9 do metrô estão próximas.
        A primeira coisa que eu faria, se estivesse no seu lugar, seria mandar um email pra escola e ver se eles tem parceria com alguma empresa ou se tem algum prédio para alojar seus estudantes. Algumas escolas tem esse esquema e conseguem moradias mais em conta para os alunos ou ajudam com indicações.
        Outra coisa que pode ajudar… vocês já tem algum grupo de amigos da sua futura sala no facebook? Você pode trocar uma ideia com eles, ou até ver gente pra dividir apartamento.
        Foi assim que minha irmã conseguiu um lugar pra morar em Washington DC.
        Se ninguém conseguir ajudar muito, eu tentaria algum lugar para morar mais afastado do centro e perto da escola, como o 9, 10, 18 e 19 arrondisement, ou até mesmo fora do limite de Paris, que é mais em conta e tem opções boas. Vou procurar nos meus arquivos pessoais se ainda tenho uma lista de residências estudantis que eu consegui quando fui estudar em Paris, e dai mando no seu email.
        Você já explorou o site da Campus France? Ele é bem bacana pra quem vai estudar lá!
        Bom, a princípio consigo ajudar com essas informações, mas se eu souber de mais alguma coisa eu aviso! =)

  • Olá! Desculpa a ignorância! Mas, não sei por onde começar… Quero fazer um intercâmbio em Paris mas, não sei por onde começar. Gostaria de trabalhar para me manter. Enfim, queria saber como funciona TUDO!
    Desde já, obrigada!

    • Oi Pamela, tudo bem?
      Que pergunta complicada, porque existem tantas respostas e possibilidades que falar genericamente é muito difícil. Seria preciso saber quem é você, quantos anos tem, e qual o seu objetivo com essa viagem (para começar).
      Para ajudar, você tem que pensar em algumas coisas no começo:
      -Quais são as possibilidades para minha idade?
      -Vou querer estudar? Aonde? O que?
      -Prefiro morar sozinha, dividir quarto/casa?
      -Quer trabalhar na sua área ou em algum emprego como au pair ou garçonete para juntar grana?
      E alguns outros detalhes.
      Se quiser, mande um e-mail pra gente ( contato@segredosdeviagem.com.br ) que podemos explicar como funciona nosso serviço de consultoria para viagens, e quem sabe ajudá-la melhor.
      =)

  • Oii marcella!! Entao, eu to querendo fazer um intercambio pra frança no ano que vem, ficar julho agosto setembro e outubro. Eu nao vou estudar em nenhuma universidade, vai ser so pra aprender o frances mesmo… eu posso ficar no foyer ou na residencia estudantil? eu vou ficar metade nas ferias deles (verao) e na outra metade quando as aulas ja tiverem voltado…entao queria saber se dava pra eu ficar neles mesmo assim…eu vi tambem a opçao de ficar em casa de idosos, mas tem muitas regras e restriçoes, queria uma coisa que eu tivesse mais liberdade…enfim, o que vc me recomenda? obrigada, beijos 🙂

    • Oi Duda! Que delícia passar 4 meses na França!
      Fica um pouco complicado te falar a melhor opção sem te conhecer melhor, sem saber sua idade, seu estilo e etc, entende?
      O que eu posso ajudar é: acho um pouco mais difícil conseguir vagas no foyer por apenas dois meses do ano letivo (fora o verão), mas isso não é impossível, principalmente nas residências estudantis.
      O trabalho é de formiguinha mesmo, pegar o telefone(ou e-mail) e falar com cada residência/foyer para ver qual é a regra individual de cada um deles. Sempre pode rolar uma exceção ou uma negociação.
      Se você for maior de idade, eu concordo com seu ponto de vista que uma casa de idoso pode ter regras e restrições que você não está afim de ter, mas por outro lado eles também te ensinam muito sobre a cultura e a língua francesa. Então, a escolha depende mesmo de qual seu objetivo ai na França.
      Ah, e alguns foyer tem “toque de recolher” também fora do verão, viu? Rs.
      Exemplo: só pode entrar até 23:30 ou você fica pra fora. Também tem que ver os horários de um por um… =/
      Espero ter ajudado!! Beijos

  • Oi Marcella,
    eu vou me candidatar a uma universidade em
    paris, para fazer a graduação completa e estou pesquisando sobre moradias estudantis. eu li sobre a cidade universitaria mas realmente, além de ser concorrida, ainda preferencia bolsistas (que nao é o meu caso) e doutorandos, entao achei o seu post falando sobre os foyers mas achei um pouco caro (415 euros por mês) pois a principio não vou poder trabalhar lá e meus pais teriam que se apertar um pouco para pagar. voce acha que vale a pena? eu nao queria alugar quarto em casas de familia pois sei de historias horriveis de pessoas que fizeram intercambio e nao gostaria de arriscar, e fiquei muito tentada pelos foyers pois vou ter a chance de fazer amizade com os outros estudantes e acho isso muito importante. entao gostaria de uma opinião sua, enfim, obrigada!

    • Oi Mariana, boa sorte na sua candidatura. Estamos torcendo!
      Quanto a moradia, eu tentaria a cidade universitária primeiro. Tente várias casas (de diferentes países), pois sempre existe uma chance. Uma amiga foi estudar em Paris sem ser bolsista e conseguiu… as vezes você dá sorte e também consegue.
      Bom, mas se não der certo na Cité, eu sugiro que você fique um mês em um foyer para fazer amizades e se adaptar a cidade, e, enquanto isso, você procura nos murais da universidade e com os seus colegas de sala alguém que queira dividir apartamento ou tenha um quarto sobrando (há também sites que ajudam a encontrar quartos em apartamentos de estudantes, se você quiser já sair do Brasil com um lugar fechado). Assim, não é uma casa de família, mas sim uma casa de estudantes na mesma situação que você.
      Também existem foyers mais baratos, mas mais afastados do centro da cidade (melhores e mais em conta para uma estadia longa).
      Acho que essas podem ser boas opções, o que acha?
      Espero ter ajudado. Beijos

  • Olá!!
    Estou planejando fazer intercâmbio em Paris ano que vem. Eu estava vendo os preços dos foyers por um dos links que você postou (UNME). Eu não sei se entendi errado, mas parece que eles só têm taxas para quem vai ficar o ano todo. Estou certa? Eu vou ficar só por 6 meses, será que eles aceitam?
    E eles aceitam qualquer estudante ou só os que estão nas universidades de lá? Só estou indo para estudar francês.
    Estou meio perdida em relação a acomodações. Eu poderia ficar na acomodação da escola, a agência que eu contratei me mandou os valores, mas achei muito mais caro, cerca de 12 mil euros, single room com café da manhã (comparei com os preços que achei no site do Foyer International des Étudiantes). Este foyer que eu citei (e que você ficou), ele só aceita meninas, certo? Você achou isso um problema ou não influenciou em nada? Sobre a cozinha, por que ela não era bem equipada? Não sou muito boa para comer, então eu precisaria fazer a minha própria comida. Sendo assim, eu precisaria de uma cozinha com, pelo menos, panelas, fogão e microondas XD
    Não consegui encontrar nada sobre residências estudantis.
    Em relação a trabalho, qualquer pessoa que tenha um visto de estudante pode trabalhar por lá? Quantas horas por semana?
    No que você puder me ajudar, ficarei muito agradecida! Estou no aguardo da resposta.
    Beijos

    • Oi Nat, tudo bem?
      Os foyers geralmente funcionam durante o ano letivo para quem vai ficar lá o período todo (de setembro a maio).
      Durante o verão (junho, julho e agosto), os estudantes “fixos” geralmente saem de férias e os quartos são alugados/cobrados diariamente, como em um hotel.
      E, também durante o verão, o foyer é misto e aceita homens e mulheres (eu descobri isso apenas quando cheguei lá, mas não achei um problema e fiquei super amiga dos meus vizinhos).
      Não sei se eles abrem exceção para quem vai ficar 6 meses, entre em contato com a administração que eles conseguirão te responder melhor.
      A cozinha, quando eu fui, era bem precária… não tinha panelas e nem pratos (cada um levava o seu), mas tinha microondas e a geladeirinha em cada quarto. Mas isso era no meu foyer, eu vi outros com cozinhas muito boas e até com temperos e bebidas.
      Aqui em cima nos comentários, eu falo um pouco sobre outros tipos de acomodações, veja se te ajuda. =)
      Realmente a acomodação é o que mais dá trabalho, na minha opinião. Beijos e boa viagem!

  • Maria Julia

    Olá, como vão?

    Gostaria de tirar alguma dúvidas a respeito de um post de 03.04.2013 feito pela Marcella em que fala sobre moradias estudantis na França, em especial em Paris. Esse ano pretendo fazer intercâmbio e já estou procurando informações quanto a moradia, estágios, etc…Sendo assim, gostaria de saber, por gentileza, como que conseguimos vagas nesses foyers e albergues que foram mostrados no post e como é o acesso para estrangeiros. Ademais, existe outra opção que também seja em conta como os albergues? Há em algum lugar chambres des bonnes disponíveis para estudantes?

    Aguardo o retorno.

    Obrigada.

    • Olá Maria Julia, obrigada pelo comentário aqui no site!
      Nos foyers/albergues, são admitidos estudantes estrangeiros também.
      Você irá estudar lá? Por quanto tempo? O ideal seria checar com a escola/universidade para ver se eles tem algum parceiro para te indicar, e ajudar na reserva do seu quarto. Mas, se não tiver, entre em contato diretamente com o foyer de seu interesse, por e-mail é a melhor maneira e foi como eu fiz!
      Na Cité, você tem que entrar em contato diretamente com a casa que quer (mande para todas se precisar, tem que ser uma por uma mesmo), mas eles geralmente aceitam estudantes que ficarão por todo o ano letivo em alguma Universidade.
      Conheci muita gente que ficou em quartos em casas de família (chambre de bonne), mas, infelizmente, não tenho propriedade para falar sobre essa opção… Mas, acho que o Airbnb ( https://www.airbnb.com.br/locations/paris ) é uma boa opção para procurar moradia (apartamentos ou estudios) de parisienses para você se hospedar ou até mesmo procurar quartos apenas! Vale dar uma boa olhada no site ver se tem alguma opção bacana.
      Uma outra opção que já ouvi, mas nunca experenciei, são os quartos em casa de idosos. Eles alugam ou oferecem o quarto (de graça) em troca de um pouco de companhia e conversa, pois as vezes ficam muito solitários. Não sei se é o ideal para o seu caso, que vai estudar lá, mas fica a dica também! Pode ser uma boa para praticar o francês com alguém que não tem tantos vícios de linguagem como os jovens, e quem sabe economizar alguns euros na hospedagem. Veja mais aqui: http://www.leparisolidaire.fr/wp/

      Indo um pouquinho além das suas perguntas, quando eu quero ficar olhando vagas de trabalho abertas no exterior eu sempre passeio por esse site http://www.jobsinparis.fr/ (e dai tem a versão jobsinbarcelona, newyork e etc). Não sei se é o melhor nem o mais completo, mas é um bom ponto de partida e dá pra se distrair e perder umas horinhas procurando vagas pelo mundo! hehehe

      Espero que minha resposta tenha te ajudado! Se ficou alguma dúvida pode nos perguntar.
      Beijos e boa viagem!

  • Adoreei !! Mas eu queria saber se somente quem cursa o ensino superior pode se acomodar na Cite Universitaire?

    • Oi Sah! Durante o ano letivo, de setembro a junho, as casas aceitam alunos que ficarão estudando lá por todo o ano, independente de ser ensino superior, mestrado, doutorado e etc. Mas, esses estudantes saem das casas no verão (julho e agosto), e você pode se hospedar na Cité por períodos menores nesses meses.
      Beijos

    • Cyntia, o melhor mesmo é reservar pelo Brasil já!!! A procura é alta.
      No foyer, os valores variam de acordo com a residência/local que você escolher e o período (ano letivo ou verão). Um bom foyer custa em média no verão: 25 euros para quarto duplo (valor por pessoa) e 35 euros para quarto single. E durante o período letivo: 415 euros por mês em quarto duplo (por pessoa) e 600 euros em um quarto simples (só você).
      Não sei dizer quanto a cidade universitária, mas acredito que o valor varia dependendo de cada “Maison” (casa) e também já ouvi dizer que é mais em conta do que foyer durante o ano letivo, mas também é bem mais concorrido para conseguir uma vaga.
      Beijos,

  • Camila Dias

    Que legal essa casa do Brasil! Pra quem fica muito tempo fora deve ser gostoso pra não ter tanta saudade!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curadoria de viagem

Receba uma vez por mês em seu e-mail nossas dicas cuidadosamente selecionadas e as novidades do mundo das viagens.