Tallin, cool e histórica


Atualizado em:


Você já passou por Vilnius e por Riga, mas se prepare que o melhor ainda está por vir! Tallin, a capital da Estônia é a maior, mais evoluída e desenvolvida e a mais legal das três capitais bálticas!

Lá eles já usam o Euro (por isso não é tão barata como as outras), tem universidades de ponta (e por isso muitos jovens talentos), baladas e restaurantes da moda e, claro, sem perder o toque medieval das construções do centro histórico. Tallin merece mais de um post, e mais de 4 dias! Ela até pode ser uma viagem única, sem passar pelos outros dois países. Você pode combiná-la com Helsinki (distância de uma balsa), com São Petesburgo (um vôo curtinho), ou ir só pra lá passar um final de semana, caso esteja na Europa dando bobeira!

Primeiro, vamos ao que você não pode deixar de visitar por lá:

Raekoja Plats – é a praça principal do centro histórico. A partir dela você pode endar pelas ruazinhas ao redor e encontrar restaurantes, pubs e bares. É também lá que estão os principais pontos turísticos da cidades, e as lojas de souvenirs.

Da praça você já vê o Town Hall, com estilo gótico. Nele você pode visitar o Citizen’s hall ou subir na torre (115 degraus). Exatamente em frente ao town hall, do outro lado da praça, está a Town Council Pharmacy, farmácia que existe desde o século XV, e funciona até hoje. Atrás da farmácia está a White Bread Passage, que na verdade não é nada, só uma passagem charmosinha que, antigamente, tinha cheiro de pão devido às várias padarias que tinham lá perto.

Conheceu tudo na praça, almoçou em algum restaurantinho com mesa pra fora (se estiver sol, claro, porque é bem frio por lá), é hora de ir pra Toompea. Pra chegar até lá você sobre uma ladeira de paralelepípedos* (se você for MUITO preguiçoso, pegue um taxi, mas eu aconselho ir a pé) e pronto, chegou. Lá tem o Toompea Castle (que hoje é onde fica o parlamento), a Catedral Russa Ortodoxa de Alexander Nevsky (super diferente e colorida), e a Dome Church. É do Toompea Hill que tem o mirante com a vista mais bonita de Tallin, não perca de jeito nenhum).

* Existiam apenas dis caminhos, antigamente, pra chegar até Toompea, o Long Leg e o Short Leg. Hoje, além dos dois existe também a escadaria (os três só pra pedestres), e um acesso pra carros. Eu usei os três caminhos pois queria descobrir o mais legal, e cada um teve uma descoberta diferente. Então vai de cada um escolher qual caminho vai usar.

Fora do centrinho da parte antiga da cidade também tem coisas pra fazer: Tallin também foi parte da URSS (União Soviética) então também tem um museu super legal da KGB; Pra quem gosta de museus, tem vários por lá como o Marítimo ou o da Ocupação e luta pela liberdade; Tem um tour pelos túneis da cidade (são vários, os caminhos subterrâneos eram muito usados antigamente) mas esse, infelizmente eu não consegui fazer porque estavam lotados (daí vai minha dica de comprar com antecedência, tipo no dia que você chegar, comprar pro outro dia).

Além disso, dá pra se aventurar, é claro, na Tallin de verdade. Onde as pessoas vivem, estudam, compram e saem. Foi bem distante da Old Town que eu jantei um dia e fui pra balada depois e foi bem legal.

raekoja plats tallin

Raekoja Plats: Esse prédio à esquerda com uma torre é o Town Hall

Tallin Old Town

Ruazinhas da Old Town. Dá pra ver, à direita, parte da antiga muralha que cercava toda a cidade antiga. Nessa região costuma ter uma feirinha de artesanato

Tallin

Em um dos caminhos que leva à Toompea, me perdi e fui parar em uma parte de onde era possível ver algumas casinhas típicas

Tallin

Já em Toompea, com o Toompea Castle (esse rosa) ao fundo

Tallin

Alexander Nevsky Orthodox Cthedral

tallin

Tallin vista do Toompea Hill

 

Vai viajar?
É preciso planejar!

Planeje sua viagem utilizando os serviços dos parceiros abaixo. Você não paga nada a mais por isso, e ajuda o SV a continuar produzindo conteúdo de qualidade e gratuito. =)

Curadoria de viagem

Receba uma vez por mês em seu e-mail nossas dicas cuidadosamente selecionadas e as novidades do mundo das viagens.

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *