Chandigarh: história e dicas da cidade planejada da Índia


Atualizado em:


Este é o quinto post da série “Cidades Incríveis”. A série fala sobre 10 cidades que não costumam estar na rota dos turistas em geral, mas que merecem a sua visita por ter algum elemento que a faz extremamente especial! Conheça hoje a cidade planejada da Índia e todos os seus segredos. Com vocês: Chandigarh.

Planejamento e história de Chandigarh

Os fãs de arte, arquitetura e urbanismo com certeza já ouviram falar do nome Le Corbusier. O artista suíço tem obras cubistas famosas, mas também é mundialmente conhecido por ter sido um dos primeiros nomes da arquitetura moderna. E foi esse nome o responsável pela primeira cidade planejada da Índia pós independência dos britânicos.

Mapa de Chandigarh

É possível ver como a cidade foi planejada já que as ruas principais formam retângulos alinhadinhos, e a cidade é dividida em setores (como Brasília)

Chandigarh é a capital dos estados de Punjab e Haryana e fica no norte da Índia, aos pés da cordilheira do Himalaia. É um cidade moderna, limpa e desenvolvida, e que foi inteiramente planejada. O planejamento foi iniciado nos anos 50 e passou pelas mãos de outros célebres arquitetos antes de chegar às mãos de Le Corbusier, que deixou sua marca registrada com a escultura de uma mão aberta de mais de 20m de altura.

Escultura da mão aberta de Le Corbusier

A famosa escultura da mão aberta de Le Corbusier (Imagem: Wikimedia Commons)

Por que Chandigarh é uma cidade incrível?

Além de ter sido planejada por um dos maiores nomes da arte e arquitetura (o que é, pra mim, motivo suficiente), a cidade é pioneira em diversos aspectos na Índia. É a primeira cidade do país com o selo de “smoke-free”; foi eleita a cidade mais feliz da Índia em 2015 por uma pesquisa da LG, e a cidade mais rica do país; e é um polo de desenvolvimento tecnológico e inovação.

É também super interessante conhecer esse outro lado da Índia, que sai um pouco do turismo dos grandes monumentos ou da espiritualidade. Você ainda sentirá o choque cultural em Chandigarh, pois as pessoas se vestem tipicamente, a comida é apimentada e alguns costumes parecem estranhos para nós ocidentais. Mas você verá isso em uma cidade vibrante e em desenvolvimento, algo que tem se acontecido com cada vez mais frequência no país.

O que fazer em Chandigarh: principais atrações

-Capital Complex

Quando planejou a cidade, Le Corbusier também desenhou o complexo que abriga os principais prédios do governo, como a Suprema corte. Para ter acesso ao complexo é só se registrar no Office of Tourism com seu passaporte, e você vai ser incluso em um tour que passará por todas os prédios modernos e angulosos do complexo- com o bônus de também já conhecer a escultura da mão aberta.

Suprema Corte, por Le Corbusier (Imagem: Wikimedia Commons)

Suprema Corte, por Le Corbusier (Imagem: Wikimedia Commons)

Prédio da Assembléia, desenhado por Le Corbusier (Imagem: Wikimedia Commons)

Prédio da Assembléia, desenhado por Le Corbusier (Imagem: Wikimedia Commons)

-Arquitetura

A cidade tem diversas atrações para quem gosta de arquitetura incluindo o Le Corbusier Center, que abriga documentos como seus desenhos iniciais pra cidade, ou o Architecture Museum, que conta a história do planejamento de Chandigarh.

Le Corbusier Center (Imagem: Wikimedia Commons)

Le Corbusier Center (Imagem: Wikimedia Commons)

-Jardim de Pedra (Nek Chand)

Nek Chand foi um funcionário público que ao longo de 20 anos construiu um verdadeiro labirinto de esculturas de pedras. O mais legal é que ele usou materiais descartados dos vilarejos que tiveram que ser destruídos para que Chandigarh fosse construída. Um passeio impressionante!

Uma parte do Jardim de Pedra (Imagem: Wikimedia Commons)

Uma parte do Jardim de Pedra (Imagem: Wikimedia Commons)

Outros Jardins de Chandigarh

Além do jardim de pedra, há dois belos jardins “normais” para se visitar- O jardim das rosas e o Jardim das Fragâncias.

Jardim das rosas (Imagem: Wikimedia Commons)

Jardim das rosas (Imagem: Wikimedia Commons)

-Sukhna Lake

Este lago foi parte do plano de Le Corbusier, portanto é um lago artificial – mas nem por isso deixa de ser bonito!

O Lago Sukhna no final da tarde (Imagem: Wikimedia Commons)

O Lago Sukhna no final da tarde (Imagem: Wikimedia Commons)

Quando ir e como chegar a Chandigahr?

Chandigahr é afetada pelas monções (assim como boa parte da Índia). Apesar do planejamento e do alto número de áreas verdes, as chuvas sempre acabam causando alguns problemas por lá, como alagamentos. As monções acontecem de junho a setembro, por isso é melhor evitar essa época.

A cidade tem um aeroporto internacional que recebe vôos diários vindos da Europa, então saindo do Brasil e fazendo uma escala na Europa, dá pra pegar um vôo direto pra lá. Se quiser combinar com outras viagens pela Índia, é fácil o acesso a Chandigahr saindo de Delhi.

Quantos dias e onde ficar em Chandigahr?

Chandigarh é uma cidade relativamente pequena, então não há necessidade de ficar muito mais que dois ou três dias para conhecer suas principais atrações. Por ser pequena, a hospedagem também não necessariamente precisa ser em um lugar específico da cidade. No entanto, a maior concentrações de hotéis fica na Himalaya Marg, a rua central de Chandigarh.


E aí, gostou de conhecer essa cidade incrível?

Continue nos acompanhando que semana que vem tem mais uma cidade incrível pra você conhecer através das páginas do Segredos de Viagem!

Saiba mais sobre a série CIDADES INCRÍVEIS aqui!

Cidades Incríveis LOGO

Vai viajar?
É preciso planejar!

Planeje sua viagem utilizando os serviços dos parceiros abaixo. Você não paga nada a mais por isso, e ajuda o SV a continuar produzindo conteúdo de qualidade e gratuito. =)

Curadoria de viagem

Receba uma vez por mês em seu e-mail nossas dicas cuidadosamente selecionadas e as novidades do mundo das viagens.

Deixe seu comentário

  • Pedro Paulo

    Chandigahr é predecessora de Brasilia . Foi concebida pelo mestre Le Corbusier do qual Niemayer absorveu os conceitos da arquitetura moderna e projetou Brasilia .
    Se observarmos os prédios da Assembleia e da Corte Suprema de Chandigahr podemos ver os mesmos espelhos dagua que Brasilia também aproveitou .
    Enfim esta é bonita a capital do Penjab na India .

    • Uau Paulo, muito obrigada pela sua contribuição! Adorei saber mais sobre a relação entre a arquitetura de Chandigarh e a de Brasília.
      Um grande abraço e obrigada por comentar. =)

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

EnglishPortuguese