Croácia – um pequeno guia para você programar suas férias de julho


Atualizado em:


Há um tempo atrás, sinônimo de badalação em praias da Europa era Ibiza pros baladeiros de plantão, e Santorini e Mikonos pros mais descolados. Hoje, o destino preferido dos europeus pras férias de verão (e, cada ano mais, dos brasileiros) é a Croácia, mais especificamente a ilha de Hvar. É uma ilhazinha linda, de água transparente e turquesa (mas, infelizmente, as praias são de pedra e não de areia), cheia de barzinhos badalados e baladas temporárias.

E está chegando a temporada da Croácia! Entra junho, as temperaturas sobem, e os turistas começam a chegar por lá. Nós já estamos quase em maio, então é hora de programar sua viagem pro verão Croata, cheio de baladas, gente bonita e aquele mar azul lindo lindo! (o ideal é sua viagem ser entre junho, julho e agosto, o ápice do verão e quando as temporadas de festas e baladas já estão iniciadas).

A nossa sugestão de roteiro é SPLIT-HVAR-SPLIT de ferry boat.

COMO CHEGAR: Para chegar em Split da europa é muito fácil! Tem voos de Munique, de Londres, de Budapeste (o que eu peguei), de outras cidades da Croácia e etc.

Uma vez em Split, você tem que pegar o ferry para Stari Grad (Hvar) que dura aproximadamente 2h e sai três vezes por dia, na alta temporada.  Para consultar os horários (não vou pastar aqui a tabela porque muda dependendo da época) entre nesse site e veja a tabela atualizada.

Split tem uma orla que é cheia de restaurantinhos na beira da água. Lá também tem uma feirinha,e  é de lá que saem os ferrys e onde ficam os guichês pra comprar sua passagem. Eu comprei no dia mesmo, mas é melhor comprar o quanto antes para não correr o risco de ficar sem, pois os ferrys podem lotar em minutos!

QUANTO TEMPO FICAR: Em Split eu dormi uma noite e achei ideal pois tive um dia inteiro pra conhecer a cidade e à noite pude sair e aproveitar os barzinhos. Na minha opinião não precisa mais que isso. Já em Hvar pode reservar uma semana! Eu fiquei cinco dias e achei que poderia ter ficado mais pois sempre tem alguma festa, você conhece bastante gente jovem e quer mesmo é sair pra lugares com um visual do mar maravilhoso.

O QUE FAZER POR LÁ: Na própria rua onde o ferry que chega de Split atraca, ficam vários vendedores de empresas de turismo vendendo passeios de barcos. Tem uns mais longos que incluem até almoço e uns mais curtos. Vale muito a pena comprar algum e passar o dia conhecendo as ilhas ao redor. Eu não tinha muito tempo então peguei o que ia pras Pakleni Islands e foi muito gostoso. Não compramos o almoço incluso e comemos num lugarzinho bem rústico em uma das ilhas. Valeu a pena.

As praias em Hvar são todas de pedra, só que algumas são de pedregulho (onde você consegue alugar cadeiras) e outras são pedras grandes pra esticar a toalha e ficar por ali mesmo. O negócio é dar uma passeada e escolher onde te agrada mais, já que a ilha é bem pequena (a parte mais turística, claro). Em cinco dias eu passei por várias “praias”, desde pedras maiores até alugar cadeiras em praias dos hotéis.

Além disso há vááárias baladas, mas essas vão ganhar um post separado (e a minha indicação de hotel também).

split

hvar

OBS: Eu também fui pra Dubrovnik e fiquei apenas três dias. É uma cidade linda e eu recomendo, só desaconselho pegar o ferry de Hvar pra lá pois ele demora MUITO e é muito cansativo, então o ideal seria procurar um vôo de Split pra lá.

 

 

 

Vai viajar?
É preciso planejar!

Planeje sua viagem utilizando os serviços dos parceiros abaixo. Você não paga nada a mais
por isso, e ajuda o SV a continuar produzindo conteúdo de qualidade e gratuito. =)

Deixe seu comentário

  • Fui para Hvar em 2009 e já era um paraíso para baladeiros.

    Fui de Hvar para Dubrovnik de Ferry parei em Korkula (fiquei no backpackers hostel, recomendo!) e pegamos uma festa de rua muito legal.

    Lá eles comemoram o Half NewYear´s Day (dia 31 de junho) com direito a fogos de artifício, a população da diminuta ilha praticamente toda fantasiada nas ruas, muita bebida e música ao vivo.

    Não é balada, é festa de rua, mas por ser totalmente inusitada a comemoração vale a pena.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curadoria de viagem

Receba uma vez por mês em seu e-mail nossas dicas cuidadosamente selecionadas e as novidades do mundo das viagens.