Mandarin Oriental em Las Vegas: nossa escolha de hotel


Atualizado em:


Las Vegas é uma cidade que surgiu como um oásis no meio do deserto (literalmente!), e hoje cumpre muito bem sua função de ser a capital do entretenimento adulto. Consequentemente, a oferta de bons hoteis em Las Vegas é o que nao falta. Ao planejar essa viagem, a primeira dúvida que surge é: com tantos hotéis bons, onde se hospedar em Las Vegas?

Pra gente a escolha foi bem fácil. Escolhemos nos hospedar no Mandarin Oriental Las Vegas porque ele supria todos os requisitos que estávamos procurando na nossa viagem. Listamos esses 5 motivos abaixo e contamos um pouco da nossa experiência por lá (e olha, posso dizer que aproveitamos bem o hotel!).

1- Localização

Localização é sempre nossa prioridade número 1 em qualquer viagem. Ainda que Las Vegas nao seja muito grande, e muita gente alugue carro por la, nós queriamos um hotel na Strip (principal avenida), para facilitar a locomoção e para estar perto de tudo. O M.O. oferece isso com uma vantagem extra: ele está bem no comecinho da strip, logo antes de comecar a muvuca, então ainda é possível respirar, ao mesmo tempo em que você está a uma distância caminhável dos principais pontos de interesse para turistas em Las Vegas.

2- Conforto e luxo, com padrão Mandarin Oriental

Quem ja ficou em algum M.O. uma vez, sem duvidas vira fã. Isso porque o padrão do hotel é de altíssimo nivel, com um servico à altura. Funcionários sempre à disposição, sorridentes e que, muitas vezes, já te conhecem pelo nome. O hotel está sempre perfumado, a decoração é chic e moderna, mas sem exageros, e os quartos te fazem sentir em casa.

Em Vegas ficamos em dois quartos diferentes: um standard com vista para a Strip, e uma suíte também com vista. A suíte, com uma tarifa um pouco acima da do standard, possuia um espaço maior e um banheiro digno de realeza. Independente do tamanho, ambos os quartos tinham conforto, limpeza e amenities pra deixar qualquer hóspede mimado. Veja nas fotos.

Suíte do Mandarin Oriental, em Las Vegas

Das coisas que mais gosto em hotéis: banheiros

Nossa única ressalva foram as camas. Nós preferimos camas mais duras, e as desse Mandarin Oriental eram mais moles e macias, dessas que te abraçam e que dificultam o seu trabalho quando você precisa levantar cedo no dia seguinte. Sei que essa é uma questão de gosto, por isso deixo apenas como observação.

3- Sem cassino

Este é um ponto polêmico – o M.O. não tem cassino! Para nós esse foi um dos principais motivos que nos fez escolher esse hotel. Nós fizemos essa viagem de férias com nossos pais e avós, e queríamos passear pela cidade, jogar um pouquinho, ver os espetáculos e curtir com mais calma e exclusividade, afinal era nossa primeira vez por lá. Mas não queríamos ficar no meio da loucura 24 horas.

Só tem esse tipo de maquininha no Mandarin Oriental. =P

Se acertamos na escolha? Sim, foi uma ótima decisão porque no final do dia chegávamos cansados em um hotel que não estava cheirando a cigarro, e que não tinha aquela multidão de pessoas pelos corredores (sem contar os bêbados nos finais de semana). Objetivo atingido. Todos felizes e relaxados.

É claro que se você for única e exclusivamente pra jogar, ou se procura estar no meio do agito o máximo de tempo possível (viagem de despedida de solteira, ou com os amigos para badalar), talvez essa não seja a melhor opção pra você. Nesse caso, valerá bem mais a pena pegar um hotel com cassino, baladas e mais opções de entretenimento. De todos os hotéis que tinham esse perfil mais baladeiro e animado, o Wynn foi o nosso peferido e nossa indicação.

4- Comida e bebidas

Os chás da tarde e cafés da manhã do Mandarin Oriental são famosos no mundo inteiro, pela qualidade no serviço e por utilizarem produtos de primeira. O buffet de café da manhã tem opções saudáveis e frescas (váaarias frutas), ovos, batatas, linguíça e variedade de pães (salgados e doces). Como bons brasileiros, sentimos falta de queijos e frios, que eram cobrados a parte. Também a parte, você poderia pedir pratos mais “encorpadas” como eggs benedict e huevos rancheros (ovos mexicanos com feijão). No mesmo restaurante onde é servido o cafe da manhã, funciona tambem o MoZen Bistro, que serve comida asiática com sushis de primeira.

Onde é servido o chá da tarde no Mandarin Oriental.

Ja no último andar, onde esta o lobby, ficam os restaurantes Twist by Pierre Gaignare, o Tea lounge onde é servido o chá da tarde com vista para Las Vegas, e o Mandarin Bar, que fomos convidadas pelo hotel para conhecer e tomar drinks. Confesso que não era um programa que estava nos nossos planos antes e nos surpreendemos, a experiência de tomar coquetéis super diferentes com a vista da strip foi demais. Mas se álcool não for sua praia, reserve o chá da tarde, que é servido do lado do bar com uma vista igualmente impressionante.

Drink com vista para a Strip? Temos!

 

Afternoon drinks

 

Gelo personalizado com o logo do Mandarin (queremos um com a fechadura do SV! rs)

5- Spa (+ academia e piscina)

Não poderia deixar de citar o spa do M.O. pois foi um dos pontos altos pra mim. Reservamos nossa hospedagem pelo cartão de crédito e ganhamos $60 em serviços do spa. Como estávamos em 3 quartos, consegui fazer a festa com esse valor enquanto todos estavam no cassino.

Mesmo se você não tiver esses créditos, vale a pena checar o spa e fazer alguma massagem. Se não quiser massagem ou algum tipo de serviço facial, pagar pelo day use do spa pode ser uma excelente opção, pois você terá acesso as saunas, piscinas com massagem, e um dos chuveiros mais legais que já fui, com diferentes intensidades de jatos de água, que imitam sensações com sons e luzes (chuva tropical, brisa do norte, etc). Definitivamente um dia relax dos intensos dias em Vegas.

Relaxando com um chazinho antes da minha massagem

A piscina aquecida com jatos de massagem

cadeiras de pedra aquecidas para relaxar

A piscina e a área fitness também são completíssimas e podem ser usadas por todos os hóspedes. A academia, inclusive, tem aulas diárias de yoga e grupos de corrida pelas manhãs que os hóspedes podem participar. Já a piscina, tem um serviço de bar (Pool Lounge), uma parte reservada para adultos e outra para crianças (além da piscina comum).

Tarde na piscina.

BÔNUS: Shopping de luxo

Saindo do hotel, há uma passarela que cruza a avenida e liga o M.O. ao The Shops at Crystals, um shopping luxuoso e compacto. Lá estão algumas lojas das grandes marcas de luxo como Prada, LV, Gucci, Cartier, etc. Além disso, há boas opções para comer, como o italiano Cucina, do chef Wofgang Puck, que provamos e aprovamos (dica: no almoço há um menu mais em conta que vale muito a pena).

Entrada no Cucina, by Wolfgang Puck


*A hospedagem foi integralmente paga por nós. Ganhamos dois drinks cortesia no bar do Mandarin Oriental e agradecemos a gentileza.  Todas as opiniões expressas aqui relatam nossa experiência real e pessoal- como sempre, e como deve ser.  😉

Vai viajar?
É preciso planejar!

Planeje sua viagem utilizando os serviços dos parceiros abaixo. Você não paga nada a mais por isso, e ajuda o SV a continuar produzindo conteúdo de qualidade e gratuito. =)

Curadoria de viagem

Receba uma vez por mês em seu e-mail nossas dicas cuidadosamente selecionadas e as novidades do mundo das viagens.

Deixe seu comentário

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

EnglishPortuguese