Tour pelo centro de São Paulo


Atualizado em:


O centro de São Paulo é uma das principais regiões da cidade, mas por ter passado por anos de abandono muitas vezes acaba sendo deixada de lado, tanto por turistas, quanto pelos moradores da capital paulista.

Na minha opinião, isso é uma pena. Sou apaixonada pelo centro de São Paulo e acho indispensável deixar pelo menos um dia inteiro para passear por ali em um roteiro pela capital paulista. Pode parecer muito, mas conhecer bem o centro de uma cidade diz muito sobre ela. E o centro da maior metrópole do Brasil está repleto de atrações.

Preparamos um roteiro com mapinha para você explorar a área a pé da melhor maneira possível, sem se perder. Confira aqui:

Viaduto do Chá

O Viaduto do Chá liga a prefeitura e a Praça do Patriarca ao Theatro Municipal e o Shopping Light – Imagem: pxhere

1- Praça da Sé

Ponto de partida! A Praça da Sé é onde está o marco zero de São Paulo. Dê uma volta por ali onde há sempre personagens interessantes. A praça também abriga a Catedral da Sé, que além de linda é um ponto importantíssimo para a história da cidade. Do lado oposto à igreja está a Caixa Cultural, um museu e centro cultural onde vale dar uma passada.

2- Largo São Francisco

Dali, pegue a rua Senador Feijó ou a Rua Benjamin Constant até o Largo São Francisco, onde fica a tradicional Faculdade de Direito da USP. A entrada no prédio da Sanfran (para os íntimos) é livre, vale dar uma conferida nas famosas arcadas.

3- Páteo do Colégio

Contorne a Praça Ouvidor Pacheco e Silva, que fica exatamente em frente ao Largo São Francisco, e pegue a Rua São Bento e depois vire na história Rua Direita. Ali você pode dar uma passadinha na Daiso, uma loja de produtos orientais onde tem a versões fofíssimas de inutilidades a todo tipo de utensílios domésticos.

Chegando no fim da rua, vire a esquerda na Rua Quinze de Novembro e a direita na Rua Anchieta. Você chegará então ao Pateo do Colégio, um complexo histórico-cultural-religioso onde foi fundada a primeira missão jesuíta de São Paulo. Ali você respira história. O Café do Pateo é uma ótima opção para o almoço.

O centro é uma parte importante do roteiro de São Paulo

Páteo do Colégio: onde começou São Paulo – Imagem: Wikimedia Commons

4- Centro Cultural Banco do Brasil

Saindo do Páteo, pegue a rua General Carneiro e vire a direita na Quinze de Novembro. Você logo encontrará o Centro Cultural Banco do Brasil. Similar à Caixa Cultural, o CCBB tem uma programação ainda mais animada e uma arquitetura super interessante, funcionando em um prédio que costumava ser do banco.

5- Torre do Banespa e Edifício Martinelli

Seguindo pela Quinze de Novembro você vai passar em frente ao Memorial da Bovespa e, logo em seguida, chegar a Praça Antônio Prado. Ali, a sua direita está o Edifício Altino Arantes, a famosa Torre do Banespa ou, como é chamada hoje em dia, o Farol Santander. A sua esquerda está o Edifício Martinelli. Os dois são prédios históricos e super importantes para a arquitetura paulistana. Escolha um deles para subir e ver a cidade do alto. Na descida, passe na Casa Mathilde para um café acompanhado de um maravilhoso doce português.

Edifício Martinelli e Farol Santander, duas opções para ver São Paulo do alto

Edifício Martinelli (o rosado à direita) e o Farol Santander (com sua característica antena no topo) são bem próximos um do outro – Imagem de criativopippa por Pixabay

6- Mosteiro de São Bento

Seguindo pela Rua São Bento você chegará ao Largo São Bento, onde está o Mosteiro São Bento, que é um mosteiro beneditino com mais de 400 anos de idade. Um segredinho interessante é que entrando pela igreja há uma lojinha de doces.

7- Prefeitura Municipal

Voltando pela própria Rua São Bento, uma rua só de pedestres com comércio intenso (e as casquinhas do McDonald’s e do Burger King mais baratas de São Paulo) você vai chegar na Praça do Patriarca. Logo em frente a ela está a Prefeitura Municipal, com uma linda arquitetura.

8- Viaduto do Chá

É o viaduto onde está a prefeitura. De origem inglesa, ele chama a atenção tanto pela vista incrível do Vale do Anhangabaú, quanto pelo fluxo super intenso de carros, vendedores ambulantes e pessoas. É um dos principais símbolos da cidade e do centro de São Paulo.

9- Theatro Municipal

Na ponta oposta a Prefeitura, está o Shopping Light, que é, como o nome diz, um shopping que funciona no antigo prédio da Light, a companhia de luz da região. Logo em frente está o maravilhoso Theatro Municipal, onde é possível fazer visitas guiadas.

Fachada do Theatro Municipal de São Paulo

O Theatro abriga ainda um bar no subsolo, o Bar dos Arcos – Imagem: Wikimedia Commons

10 – Largo do Paissandú e Galeria do Rock

O Largo do Paissandú ficou mais famoso recentemente por um acontecimento triste. Ali estava o edifício que desabou em 2018. O Largo, porém, também é o endereço da Galeria do Rock e do Ponto Chic. A Galeria é um lugar quase pitoresco para se conhecer na cidade, onde há inúmeras lojas de tênis, piercing e camisetas de banda. O Ponto Chic é um dos restaurantes mais tradicionais de São Paulo, do criador do sanduíche bauru oficial, feito com rosbife e picles. Se já estiver batendo uma fominha não deixe de experimentar. Mas atenção! Ele é enorme, então se você não come muito, divida com alguém.

11- Av. Ipiranga X Av. São João

Ande uma quadra pela Avenida São João e você vai chegar na esquina mais famosa de São Paulo, imortalizada por Caetano. Lá fica o centenário Bar Brahma (e nada mais do que isso, para ser sincera).

12- Praça da República

Virando a esquerda na Avenida Ipiranga você chegará na Praça da República. Uma das praças mais bonitas de São Paulo, pena que não muito conservada.

13- Edifício Copan

Andando mais um pouco pela Avenida Ipiranga você vai passar pelo Edifício Itália, super tradicional da cidade e onde, na cobertura, há um delicioso restaurante, com uma ótima vista da cidade.

Um pouco mais a frente está o edifício Copan. Projetado por Niemeyer, ele é meu prédio preferido de São Paulo. No térreo há vários cafés e lojas, além do ótimo Bar da Dona Onça.

14- Largo do Arouche

Ali pelos arredores do Copan há vários bons lugares para comer. A Casa do Porco, o Hot Pork e o Bullguer são alguns deles. Seguindo em direção à Vila Buarque ou à Santa Cecília você pode aproveitar a vida noturna. Mas se quiser continuar pelo centro, você pode andar mais um pouco pela Rua Bento Freitas até o famosíssimo Largo do Arouche, eternizado pelo Sai de Baixo, para um drink. O Térreo Bar é uma das novidades por ali.

15- Praça Roosevelt

A Praça Roosevelt está no lado oposto ao Largo do Arouche, mas também é uma ótima opção para um drink a noite. A Praça em si está sempre bem movimentada, principalmente por skatistas. Ao lado, uma série de bares como o BAB, o Lekitsch e o Amigos do Zé agitam a noite.

Mapa do centro de São Paulo

Mais opções no centro de São Paulo

Como eu disse, o centro de São Paulo é enorme e cheinho de coisas interessantes. Em prol da lógica do roteiro, algumas coisas acabaram ficando de fora, mas para não dizer que não falei das flores… Ali pertinho do Copan e da Praça da República está a Biblioteca Municipal Mário de Andrade, que é lindíssima, com uma arquitetura um pouco mais moderna. Atrás dela há alguns bares famosos pela feijoada servida aos sábados.

Pertinho da Mário de Andrade está outro marco da gastronomia paulistana, o Bar e Lanches Estadão. Ele tem este nome porque costumava ficar ao lado do jornal homônimo, a publicação se mudou, mas o nome permaneceu. O lugar fica aberto 24 horas e o carro chefe é o sanduíche de pernil

Além disso, há a famosíssima Rua 25 de Março, que não é exatamente um ponto turístico, mas pode ser uma experiência interessante. Trata-se na verdade de toda uma área de comércio popular e ambulante no centro de São Paulo. Lá você encontra um pouco de tudo a preços baixos e no meio de uma muvuca bem paulistana. Mas atenção, se você decidir explorar essa área, esteja sempre atento e tome muito cuidado com seus pertences. Como em qualquer lugar muito cheio, o risco de furto é alto. Além disso, se for fazer compras evite usar cartão de crédito nas compras fora das lojas.

Vai viajar?
É preciso planejar!

Planeje sua viagem utilizando os serviços dos parceiros abaixo. Você não paga nada a mais por isso, e ajuda o SV a continuar produzindo conteúdo de qualidade e gratuito. =)

Curadoria de viagem

Receba uma vez por mês em seu e-mail nossas dicas cuidadosamente selecionadas e as novidades do mundo das viagens.

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *