Casamento Indiano: tudo o que você sempre quis saber


Atualizado em:


Quer saber todas as tradições, etapas e celebrações de um casamento indiano? Você está no lugar certo! Eu sou casada com um indiano e vivi isso na pele, em Mumbai. E claro, contarei tudo para você. Confira! ♥

Casamento indiano

Saiba tudo sobre meu casamento indiano em Mumbai, seguindo as tradições hinduístas.

Se você acompanha o Segredos de Viagem pelo Instagram você deve ter visto que a nossa família esteve na Índia recentemente, para celebrar comigo o meu casamento com o meu marido indiano. Como a família dele é hindu, eles quiseram que nós nos casássemos pela tradição deles, já que no casamento “oficial” que será em Portugal, só teremos a celebração na igreja católica, e a festa.

A impressão que temos de casamentos indianos é que são festas enormes, que duram dias, cheias de cores, música e dança. E é isso mesmo! Cada dia há uma celebração e um ritual diferente, um look diferente, e muitas cores! Para você entender melhor, eu escrevi esse post explicando os rituais e festas que acontecem nos casamentos indianos.

Um casamento indiano geralmente dura 3 dias:

-1º dia: Rituais pré casamento, como o Haldi, Mehendi e Sangeet
-2º dia: A cerimônia hindu, sob o mandap
-3º dia: Recepção: party time!

Dia 1- Rituais pré-casamento – Haldi, Mehendi e Sangeet

Mehendi convidados casamento indiano

A Mehendi das convidadas

Antes do casamento de fato, é necessário performar alguns rituais de purificação e preparação dos noivos para que eles possam estar prontos para esta nova fase da vida.

Haldi

Haldi significa cúrcuma, e a cerimônia é um banho de cúrcuma que as mulheres da família dão nos noivos. Uma a uma, usando folhas da mangueira, tias, mães, irmãs e avós passam uma pasta feita com cúrcuma no rosto, ombros, braços e pés dos noivos para purificá-los.

Casamento indiano Haldi

Já purificados pela pasta de cúrcuma- Haldi

Haldi curcuma tradição indiana

O Haldi é aplicado usando uma ou mais folhas da mangueira

Mehendi

Depois de purificados, as mulheres se reúnem para a Mehendi, ou henna. Esta celebração é geralmente de dia, na casa da noiva, e somente com mulheres. As artistas que fazem henna são chamadas em casa, e decoram as mãos das convidadas, e as mãos e pés das noivas. Os desenhos são arabescos, e incluem imagens da cerimônia tradicional hindu. É comum também que a artista esconda o nome do noivo no desenho para que ele tenha que encontrá-lo na noite de núpcias.

processo aplicação Mehendi

Henna noiva indiana

Mehendi da noiva é bem mais detalhada e mostra imagens da cerimônia. No meu caso foi a imagem dos noivos trocando as guirlandas

Sangeet

Mais a noite, as famílias se arrumam para celebrar o Sangeet, que significa música. Nessa celebração as famílias e amigos apresentam coreografias de hits famosos de Bollywood para os noivos, e competem para ver quem dança melhor! Para ver um Sangeet caprichado, dá uma procurada nos filmes do casamento da Pryianka Chopra com o Nick Jonas – guardadas as devidas proporções, claro, um sangeet é mais ou menos isso!

Meu casamento não teve sangeet (pois foi bem pequeno e pra família), mas essa imagem mostra como é: um palco ou pista de dança, e amigos e familiares fazendo uma apresentação de música de Bollywood!
(Credits: The Wedding Brigade)

*Algumas pessoas hoje em dia juntam a Mehendi com o Sangeet em um evento só, que começa a tarde com a henna e já “emenda” com a festa à noite. Nesse caso, homens também são convidados para o Mehendi, mas em geral a henna é só feita nas mulheres.


“Ainda que a gente saiba que um casamento requer muitas horas de planejamento, salão, preparo e festa, nada se compara ao casamento indiano! Além das horas de planejamento e de cabelo e maquiagem que todos os casamentos tem, as celebrações indianas são extremamente longas:

A Henna da noiva durante a cerimônia do Mehendi, por exemplo, leva cerca de 5h para ser feita- isso mesmo, a noiva precisa ficar 5h sentadinha enquanto as artistas fazem os elaborados desenhos nela.

Já a cerimônia sob o Mandap leva de 2 a 3h. Imagina só você de convidado tendo que ficar sentadinho e quieto por 3h? Pois é, é tão longo que na verdade ninguém de fato assiste a cerimônia inteira. As pessoas chegam atrasadas, na hora em que os noivos vão se ver pela primeira vez, ou ficam conversando e tomando chai enquanto as Poojas estão acontecendo.”


Dia 2- A cerimônia sob o Mandap, o verdadeiro casamento indiano

Mandap casamento indiano

O mandap decorado e com as oferendas prontas para a celebração do casamento

Uma das bandejas de Poojas para os deuses

Este é o dia “oficial” do casamento religioso, onde o Pundit (o “padre” hindu), realiza os cânticos em sânscrito, e são realizados os rituais do casamento. Essa cerimônia é sempre realizada sob um Mandap, que é uma tenda com 4 colunas que representam os 4 pais dos noivos. Durante a cerimônia há várias Poojas, que são as oferendas e rezas, feitas pelos noivos, pelos pais dos noivos, e familiares. Os principais rituais são:

Baraat

É a procissão do noivo com sua família e amigos para o local da cerimônia. Este é aquele momento que às vezes vemos na rua na Índia, quando há muitas pessoas dançando na rua ao redor do noivo em cima de um cavalo (antigamente era com elefantes, e hoje pode ser com cavalos, charretes, motos, ou mesmo a pé, mas sempre com muita música e bagunça). Chegando lá, a família da noiva o está esperando (sem a noiva) e eles vão pro Mandap realizar algumas Poojas.

Poojas do noivo e da noiva

Antes de se encontrar de fato, o noivo e a noiva tem rituais no Mandap com as famílias. Há muitas bençãos e Poojas para diferentes deuses, além de algumas coisas simbólicas como troca de presentes entre os pais dos noivos, a mãe do noivo colocando um colar de ouro na noiva, o pai da noiva recebendo o noivo na família, etc.

Casamento indiano roupas masculinas

Uma das Pooja do noivo com o sogro (meu pai)

Casamento indiano poojas

A noiva sendo presenteada pela mãe e sogra, uma das tradições


“Não é exagero quando dizem que casamentos indianos envolvem muito ouro!! É uma troca de presentes constantes entre as famílias dos noivos, além de inúmeros colares, brincos, anéis e pulseiras dados para a noiva pelos seus pais e sogros (sorte a minha!). Na visão dos indianos o ouro é auspicioso e trás prosperidade aos noivos, além de ser um bom investimento para os dois que estão começando a vida juntos.

Além do ouro, há muito dinheiro envolvido também. Os convidados (geralmente família próxima e estendida) sempre dão envelopinhos com dinheiro pros noivos. E como é azar dar número par, há sempre uma moeda de 1 rúpia junto no envelope para tornar a quantia ímpar! Presentear os noivos com dinheiro ou mesmo presentes, é visto como uma forma de abençoá-los para a nova vida que estão começando- e eu adorei essa parte!”


Milne (o encontro)

Finalmente noivo e noiva estão sob o Mandap, porém separados por um pano. Os noivos ainda não se viram. Essa é a parte principal do casamento e há bastante expectativa. Quando cai o pano, os noivos se vêem “pela primeira vez” e tem que colocar uma guirlanda de flores um no outro. São então realizadas as Poojas e rituais dos dois juntos, celebrando o casamento.

Casamento indiano milne

Colocando as guirlandas um no outro, o equivalente à troca de alianças

Casamento indiano tradições

Noivos literalmente amarrados, em uma das tradições sob o Mandap

Saptapadi

O principal ritual, bem conhecido por ser o das voltas ao redor do fogo. O termo significa “sete etapas”, com cada etapa correspondente a votos da noiva do noivo para sua vida juntos. O Saptapadi é realizado na presença de fogo e após cada um de seus sete juramentos, o noivo e a noiva realizam o ritual de caminhar ao redor do fogo, com as mãos dadas ou com as extremidades de suas roupas amarradas. O noivo geralmente conduz a noiva na caminhada.  O fogo (Agni) é a testemunha divina do casamento, e depois de Saptapadi o casal é considerado marido e mulher.

Casamento indiano - saptapadi

Em uma das sete voltas pelo fogo, a noiva “chuta” arroz para ter prosperidade e fartura sempre

Despedida da família

Como na tradição de antigamente a noiva ia morar com os pais do noivo, há o momento em que a noiva se despede de seus pais. Ainda hoje faz-se essa simbologia, além de várias outras que remetem muito à uma cultura bem patriarcal. Aliás, como o Cleber meu cunhado notou, por ele ser homem e eu não ter irmãos do sexo masculino, ele teve um protagonismo muito maior que o da Marcella, minha irmã.

Dia 3- Recepção

Festa casamento indiano

Chegando direto para a pista de dança!

Este é o dia de festa, comida, música e muita fartura. Os noivos ficam geralmente em um “palco” recebendo os convidados que oferecem presentes (e dinheiro), há um buffet com comidas típicas indianas em abundância, DJ, pista de dança e tudo o mais. Agora que os rituais já acabaram, é só festejar, e festa é festa em qualquer lugar do mundo, né? Todo mundo se arruma com o que têm de mais brilhante, e vai direto pra pista de dança!

Com esse tanto de celebrações, é claro que precisamos um look diferente para cada uma delas, né? Mas vale lembrar que, diferentemente do nosso vestido branco, na Índia não existe apenas um look para casamentos em geral- mas cada região tem a sua tradição.

Por exemplo, no estado de Maharastra, onde fica Mumbai (e de onde é a família do meu marido), a tradição é usar um Nauvari Saree, um sari de seda de quase dez metros (bem maior que o sari comum). E além disso, como ele é maior, ele é amarrado não como um vestido, mas sim como um macacão. Além disso, o cabelo das noivas Marathis (do estado de Maharastra) são sempre presos num coque com um volume no alto, e um torcidinho na frente e flores frescas no coque.

Já no norte, em Delhi por exemplo, a tradição é usar vermelho e tecidos mais pesados e bordados. Lá usa-se também muito a lehenga, que é aquela saia com m cropped top, e um xale (chamado dupatta) cobrindo a cabeça. Por lá, usa-se muitas tranças no cabelo. Esta é a noiva que estamos mais acostumados a ver na mídia!

Além do look do casamento mesmo, há o look da recepção (eu usei uma lehenga azul, como dá pra ver na foto acima), e o look da Mehendi (algo leve e colorido). Para o Sangeet não há regras, desde que seja algo tipicamente indiano, colorido, e bom para dançar!

Recepção casamento indiano

Festa é festa, né? Sempre alegria e muitos momentos inesquecíveis!

E aí, gostou de conhecer melhor os rituais do casamento indiano? Ainda ficou alguma dúvida? Deixa nos comentários que a gente responde! 🙂

Vai viajar?
É preciso planejar!

Planeje sua viagem utilizando os serviços dos parceiros abaixo. Você não paga nada a mais por isso, e ajuda o SV a continuar produzindo conteúdo de qualidade e gratuito. =)

Curadoria de viagem

Receba uma vez por mês em seu e-mail nossas dicas cuidadosamente selecionadas e as novidades do mundo das viagens.

Deixe seu comentário

  • Obrigada pelo lindo texto, estou fazendo um trabalho com este tema: Casamento indiano. E o mesmo tem me ajudado muito. Viva os noivos!!!! s2

    • Letícia, fico feliz que você gostou desse post e que está ajudando com o seu trabalho! <3
      Obrigada mesmo pela mensagem e por ler nossa experiência! VIVAAA!

  • Maria Gildete

    Sou estudante de gastronomia e tenho que fazer um evento na ficção de casamento indigno.Com convite, cardápio salão , couver artístico e tudo mais.Pode me ajudar. obrigada.

  • Uma estrageira e obrigada a casar no religioso e no civil com um indiano??

    • Oi Maria,
      Não existe uma obrigação. Depende da decisão do casal e de como é o relacionamento com a família. Algumas famílias são mais tradicionais, mas nesse caso, seria bem improvável que o filho se casasse com uma estrangeira, ja que preferem manter as tradições do casamento arranjado com alguém da mesma religião e região.
      Quando a família é mais “moderna”, fica a critério dos noivos. No nosso caso, quisemos fazer essa cerimônia hindu para honrar os avós do noivo, já bem velhinhos e que sonhavam com esse casamento tradicional! =)
      Um grande abraço, Mari

  • Luiza Helena

    Mari e Soumil desejo que vcs sejam muito felizes e levem toda essa alegria do casamento indianopelo resto de suas vidas.
    Achei tudo muito lindo e ,vindo de voces ,sempre especial !! Parabéns Fernando e Vivi!

  • Incrível, achei interessante não ter a regra de cores, como temos aqui.

    Obrigada por compartilhar.

    • O casamento indiano é cheio de tradições e significados como o nosso. E assim como nós, as vezes nem sabemos o que significam todos os rituais né? Fico super feliz que tenha achado o texto interessante!
      Obrigada por ler e comentar! <3

  • Bazar da india

    Para você que sonha em se casar no estilo indiano nós trabalhamos na realização de sonhos e fornecemos lehengas, sarees e jóias para tornar o casamento indiano o mais tradicional possível. Estamos nas redes sociais com o nome Bazar da India. Será um prazer te ajudar, então entre em contato conosco. Namaste

    #bazardaindia @bazardaindia

  • Uau, que lindo! Confesso que conheço zero da cultura indiana e fiquei apaixonada pelas cores e alegria do casamento. Amei a Mehendi, amei o post!

  • + Ver mais comentários

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *