Dicas de Komodo, o destino mais completo da Indonésia


Atualizado em:


A 50 minutos de vôo de Bali está uma jóia preciosa e ainda pouco explorada pelos turistas brasileiros, que se contentam em ficar apenas na ilha mais famosa da Indonésia. A região do Parque Nacional de Komodo é, na minha opinião, o destino mais completo do país, com atrações autênticas e diversas para agradar todos os gostos possíveis. Nesse post, contarei um pouco da minha experiência e darei todas as dicas de Komodo para você também planejar sua ida a esse destino incrível.

Dragão de Komodo

Dragão de Komodo

Ilha de Padar

Do alto da ilha de Padar

Antes de ir, minhas expectativas estavam altíssimas! Esperava ansiosa pelo momento de ver de pertinho os dragões de Komodo, fazer snorkel e ver uma das 7 praias com areia cor de rosa do mundo. Posso dizer tranquilamente que todas essas expectativas foram superadas e que, além desses, eu descobri lugares incríveis que eu nem imaginava que existiam. Komodo tem um enorme potencial pra entrar na sua “bucket list viajante” no segundo que eu contar sobre todas as atrações e mostrar algumas fotos de lá.

Entendendo a região e o Parque Nacional de Komodo

Eu fiquei bastante confusa na hora de ir atrás de dicas de Komodo, pois há diversos nomes diferentes se referindo a mesma região. A verdade é que cada nome se refere a província, a uma cidade, ilha, e até ao próprio parque. Para esclarecer:

  • Nusa Tenggara Timur (Sonda Oriental) é o nome da província inteira, onde estão as ilhas do Parque Nacional de Komodo, onde está a ilha de Flores e muitas outras ilhas que não trataremos nesse post.
  • Dentro do conjunto de ilhas de Nusa Tenggara, está a grande Ilha de Flores. 
  • É na ilha de Flores que fica a cidade de Labuan Bajo, principal cidade-base para se hospedar na região pois é o ponto mais fácil de acesso para pegar barcos e visitar as ilhas do Parque de Komodo.
  • O Parque Nacional de Komodo é um território composto por três ilhas: Rinca, Padar e Komodo, e mais inúmeras pequenas ilhas que totalizam 603 km quadrados em terras. Não é possível se hospedar dentro do Parque.

As Ilhas do Parque Nacional de Komodo

Komodo Island

A Ilha de Komodo é a maior ilha das três, a mais famosa e a única que é habitada por seres humanos também e não só dragões de Komodo =P.

komodo

Foi aqui que tive a oportunidade de ver um dragão em atividade total! Correndo pela praia, enfrentando os guardas do parque e sendo alimentado por nós que assistíamos tudo num misto de medo e animação. Esse momento até rendeu o primeiro vídeo live que fiz no Facebook.

komodo_island_dragon

O único inconveniente é que é a ilha mais distante de Labuan Bajo, e são quase 2 horas em barco-rápido para chegar até lá. Mas o passeio é bem bonito e é possível aliar a ida a Komodo com outras paradas no caminho (como Padar e a praia cor de rosa). Então isso não será um problema.

Rinca Island

Rinca (pronuncia-se Riintchá) é uma ótima ilha para ver alguns dos 1533 lagartos gigantes que vivem por lá. Não ganhou a fama e nem recebeu tanta atenção quanto sua ilha-irmã Komodo, mas é um ótimo ponto par ver os animais.

Dragões de Komodo de pertinho! Foto: Nala Rinaldo

Dragões de Komodo de pertinho! Foto: Nala Rinaldo

Existem opções de trilhas, e a ilha inteira tem um visual bem Jurassic Park. Na trilha quase não vimos muitos dragões em atividade, pois fomos em agosto, na época em que eles estão acasalando e ficam mais quietinhos. Mas a surpresa veio no final: cinco dragões de Komodo esparramados, descansando com a boca suja de sangue após terem devorado um búfalo inteiro.

Somos capazes de fazer o que bem entendermos sim!

Trilha na ilha de Rinca

Padar Island

Padar é uma das ilhas do Parque Nacional de Komodo, mas já não tem mais dragões de Komodo por lá. Nem por isso não vale a pena visitá-la, muito pelo contrário! Depois de uma escalada moderada, chegamos em um dos pontos altos (literalmente) da viagem a Komodo. Do topo da ilha, e pra compensar todo o cansaço da subida, me deparei com uma das vistas mais incríveis que já vi em minha vida!

komodo2

Na volta, para recuperar as energias e matar um pouco do calor, um mar surreal de transparente e com uma água deliciosa.

Vista linda do alto e mar trasparente embaixo. Foto: Natalie Deduck

Vista linda do alto e mar trasparente embaixo. Foto: Natalie Deduck

Ah, a dica é chegar bem cedo para não passar muito calor na subida e encontrar o lugar mais vazio.

Outras atrações imperdíveis na região

Não é só do Parque de Komodo que é feita a região. Há inúmeras atrações fantásticas na ilha de Flores, nas ilhas ali perto e na região em volta de Labuan Bajo.

Pantai Merah, ou a praia cor de rosa

No último dia da nossa viagem a Komodo, finalizamos os passeios de barco com chave de ouro: Pantai Merah, ou a praia com areia cor de rosa. Devido a mistura da areia normal com pedacinhos de coral de cor vermelha, a areia fica com um tom cor de rosa, diferente de tudo que você já viu e uma das 7 praias do mundo em que esse fenômeno acontece.

Pantai Merah, a praia de areia cor de rosa

Pantai Merah, a praia de areia cor de rosa

Como se não bastasse isso, tem um mar extremamente translúcido com águas cristalinas. Desse modo fica bem fácil ver corais, peixes e toda a vida marinha sem precisar mergulhar. Com um óculos ou snorkel já dá pra se divertir pra caramba por horas.

Snorkel na praia cor de rosa. Foto lindíssima da Natalie do blog Love and Road

Snorkel na praia cor de rosa. Foto lindíssima da Natalie do blog Love and Road

Melhores pontos de mergulho 

Além de ter todas essas ilhas e paisagens maravilhosas, dentro do mar está outra preciosidade. A região tem os melhores pontos de mergulho da Indonésia, como o Manta Point, lugar pra ver uma vida marinha super diversa com tartarugas e mantas (também conhecida como jamanta aqui no Brasil). Se você curte, vale muito a pena vir mergulhar durante o dia ou até passar uma noite no barco para conseguir chegar em pontos mais distantes e melhores.

Visita a Vila de Melo para assistir a dança Caci

Saindo de Labuan Bajo e pegando um sinuoso caminho montanha acima rumo ao interior de Flores, está a Vila de Melo. É aqui que os  índios tradicionais da região de Manggarai apresentam a tradicional dança Caci para os turistas que desejam assistir essa rito cultural.

Caci Tribe

Caci Dance

A dança Caci é apresentada no começo de uma nova colheita, em casamentos, funerais ou nascimento e costuma durar de 1 a 3 dias. Para nós, uma performance condensada de algumas horas é suficiente para apresentar um gostinho do que é o ritual, que envolve homens em uma briga de chicotes e também mulheres dançando com cestas e paus de bambus.

Assistir milhares de morcegos saírem da ilha Kalong

Esse foi um dos programas que eu subestimei e que me deixou boquiaberta. A ilha Kalong abriga milhares de morcegos chamados “Flying Foxes”, que só são encontrados em Madagascar, no Sudeste Asiático e na Austrália. Não é possível ir até a ilha, mas, quando o sol se põe no horizonte, você vai querer estar em um barco no meio do mar e perto da ilha para testemunhar milhares e milhares de morcegos voando por cima do barco. É algo tão diferente e impressionante de se ver, e o conjunto da obra torna tudo mais majestoso: um barco no meio do mar, milhares de morcego sobrevoando sua cabeça por muitos minutos e um pôr do sol incrível.

Quase milhares de Batmans saindo da Batcave.

Quase milhares de Batmans saindo da Batcave.

Onde se hospedar em Labuan Bajo e na região de Komodo? 

Em Labuan Bajo estão a grande maioria de opções de hospedagem. Como há maior diversidade, é possível escolher lugares bons e com preços mais acessíveis, como o Laprima Hotel (onde eu me hospedei, na frente do mar e com uma bela piscina), o Sunset Hill Hotel, Sylvia Hotel e o Bintang Flores Hotel.

Vista nada básica da janela do La Prima Hotel em Labuan Bajo.

Vista nada básica da janela do La Prima Hotel em Labuan Bajo.

Se preferir ficar em um hotel mais exclusivo, algumas pequenas ilhas perto de Labuan Bajo tem resorts e até hotéis com praias exclusivas. O Komodo Resort fica em uma ilha entre Labuan Bajo e a ilha de Komodo, tem cabanas em frente ao mar e é a única hospedagem dessa ilha. O Seraya Hotel também, exclusividade e uma decoração bem charmosa e quartos bonitos e confortáveis. Por fim, o Angel Island Resort é mais simples, porém em uma ilha igualmente exclusiva.

Como chegar em Komodo a partir de Bali?

Avião – uma opção bem prática, rápida, fácil e barata. Você pega um avião em Bali, e em 50 minutos de vôo chegará em Labuan Bajo. A cidade é a porta de entrada para o Parque Nacional de Komodo, e fica bem fácil explorar a região e as ilhas montando uma base por lá.

Barco – uma opção bem mais demorada, um pouco mais cara, com paradas em outras ilhas do caminho e com uma proposta bem diferente do avião. Algumas empresas fazem o trajeto saindo de Bali, passando por Lombok para enfim chegar em Flores, e o trajeto tem duração de 3 a 4 dias. A frequência de saída é menor e os barcos são pequenos, além disso, você terá que fazer o trajeto de ida e volta, ou comprar uma passagem de avião de qualquer jeito para conseguir voltar. É uma alternativa para quem tem bastante tempo e gosta de aventura, mas o meio mais prático continua sendo o avião.

Para saber informações sobre passeios, transporte e atividades,
veja também o site oficial de turismo de Labuan Bajo

Quantos dias ficar em Komodo e região?

Pelo menos três dias. Esse é o tempo ideal para pegar os barcos e conhecer as ilhas da região e o Parque Nacional de Komodo. Se quiser mergulhar, coloque um ou dois dias a mais. Se quiser explorar a região de Labuan Bajo e da ilha de Flores, fique uma semana, daí você pode ir além e explorar outros segredos da ilha de flores, como a Rangko Cave.

Ilha Rinca

Ilha Rinca

Onde comer em Labuan Bajo?

Além de bons frutos do mar e comida típica da Indonésia, os restaurantes e bares de Labuan Bajo geralmente possuem outro diferencial: as vistas! O restaurante Tree Top tem uma vista linda durante o dia e o pôr do sol, além de ter bons frutos do mar. O Paradise Bar também tem vista de tirar o fôlego, mas é melhor para drinks e bebidas. Se quiser matar a saudade da comida ocidental, experimente ir ao La Cucina, um ambiente super simpático com ares de estabelecimento no Mediterrâneo.

Restaurante La Cucina em Labuan Bajo

Restaurante La Cucina em Labuan Bajo

Prato do Tree Top

Prato do Tree Top

Concorra a uma viagem para Komodo!

Quer visitar esse lugar também? Então concorra a uma viagem para duas pessoas com tudo pago, preenchendo esse quizz (em inglês): http://wonderful.indonesia.travel/tripofwonders

Mais fotos para aumentar sua vontade de visitar Komodo

Dragões na Ilha de Rinca

Dragões na Ilha de Rinca

Pôr do sol em frente da Ilha de Kalong

Pôr do sol em frente da Ilha de Kalong

Padar Island

Suando na subida da ilha de Padar

Praia mega cor de rosa

Praia cor de rosa

Contrastes de cores em Pantai Merah

Contrastes de cores em Pantai Merah

Snorkel na praia cor de rosa. Mais uma foto da Natalie do Love and Road

Snorkel na praia cor de rosa. Mais uma foto da Natalie do Love and Road

A cara da pessoa quando chega perto de um dragão de Komodo!

A cara da pessoa quando chega perto de um dragão de Komodo!

Foto repetida, eu sei, mas essa vista era linda!

Foto repetida, eu sei, mas era lindo acordar com essa vista!

Mais um, porque não tem pôr do sol igual aos da Indonésia.

Mais um, porque não tem pôr do sol igual aos da Indonésia.

*Agradecimento especial ao Ministério do Turismo da Indonésia que nos convidou para conhecer o país. 

Vai viajar?
É preciso planejar!

Planeje sua viagem utilizando os serviços dos parceiros abaixo. Você não paga nada a mais
por isso, e ajuda o SV a continuar produzindo conteúdo de qualidade e gratuito. =)

Deixe seu comentário

  • Kitty knevitz

    Obrigada marcella!!! Eu encontrei a Alba Cruise Flores que faz esse passeio em 1 dia. Será que não foi essa empresa? Obrigada, guria!!! Vamos torcer pra não chover! Rsrsrsrs

    • Kitty, me parece ser bem boa sim e tem bons reviews.
      Esse roteiro de um dia deles (http://albacruiseflores.com/cruise.html) parece bastante com o meu, e ainda tem um trecho “extra” em Kanawa Island.
      Manda um e-mail pra eles e checa se eles fazem esse cruzeiro o ano todo (algumas empresas fecham em janeiro).
      Beijinhos!

  • Kitty knevitz

    Oi marcela!!!! Adorei o blog e as dicas!!! Vou chegar em labuhanbajo dia 31/01 as 16h e retorno dia 02/02 as 16. Gostaria De, no dia 01/02 passar por padar (aquele trekking lindo), Pink beach e komodo (dragões). Pelo que entendi, posso fazer tudo isso em um único dia, ne?! Com que empresa vc fez esse passeio? É possível contratar na hora que eu chegar??? Obrigada e beijos!!

    • Kitty, eu fiz tudo em um mesmo dia sim, mas estava em um speed boat privado.
      Mesmo sendo mais caro, acho que vale a pena no seu caso pra otimizar o tempo.
      Puxa, estou tentando ver nas fotos, perguntar para as pessoas que foram comigo, rever minhas anotações, mas não consegui achar ainda o nome da empresa que fez esse passeio. Vou tentar conseguir a tempo para a sua viagem.
      Beijos e boa viagem! Espero que não chova nesses dias e que você aproveite bastente.

  • Márcia Fernandes

    Marcela, amei seu blog e fiquei mais do que inspirada e motivada. Por motivos da vida perdi meu parceiro e nossas viagens eram incríveis. Gostaria de saber se tem como fazer essa viagem em “tipo excursão” saindo do Brasil. Se vc sabe de alguma agência aonde as pessoas tenham esse mesmo interesse.
    Só para constar, conheci uma das 7 praia de areia cor de rosa. Elafanise na ilha de creta.
    Quero fazer essa viagem esse ano. Aguardo contato seu. Feliz Ano Novo e que vc faça muitas outras viagens.

    • Olá Márcia,
      poxa, sinto muito pela perda do seu parceiro.
      Tenho certeza que você vai achar um outro tipo de beleza em viagens que fizer sozinha ou com outros pessoas.
      Eu não fiz esse passeio com excursão e nem tenho uma indicação confiável para dar.
      Pesquisando sobre agências que fazem pacotes que incluem outros destinos além de Bali, encontrei a Cia Eco e a Ventura. Mas, repito que nunca trabalhei com eles e não tenho uma referência. Vale entrar em contato e ver se você gosta.
      Espero que consiga realizar essa e muitas outras viagens, tão incríveis quanto as que você já fez um dia.
      Beijos e muita luz nesse novo ano!

  • Roger Souto Trubiene

    Oi marcela, em que mês do ano você foi? ouviu falar sobre komodo na época de chuva, se valia ir pra lá, mais especificamente em janeiro.

    • Olá Roger,
      Eu fui em agosto e o tempo estava ótimo.
      Janeiro é no meio da estação chuvosa, e não é recomendado ir para lá.
      Algumas pessoas em fóruns em inglês também disseram que não há barcos saindo para fazer mergulho em janeiro e fevereiro, porque há muito vento e o mar fica agitado, tornando a saída de barco um risco.
      Desculpe pelo banho de água fria, mas se puder ir em outra época seria melhor. =)
      Só não deixe de ir pra lá alguma vez na vida, é lindo!!!
      Espero ter ajudado.
      Obrigada pelo seu comentário. Bjs, Marcella

  • Amei amei! Inspirador! Para um roteiro de 30 dias pela Indonesia com Bali, Gili e Komodo, que ilha mais vc indicaria? Beijos

    • Oi Deise, tudo bem?
      30 dias na Indonésia! UAUUU, você vai amar!!
      Você já viu os nossos outros posts da Indonésia?
      Nós também fomos para Bornéu e Wakatobi nessa viagem e fiquei encantada!
      Além disso Raja Ampat e borobudur devem ser destinos imperdíveis, que infelizmente não consegui visitar.
      Beijos e boa viagem!!

  • olá!!!
    Estou indo para Indonesia neste mês e gostaria de saber quais as companhias aéreas que fazem o trecho Baji – Labuan Bajo e Bali – Wakatobi.
    Obrigada!

    • Fernanda, que delícia!!
      Você vai adorar.
      Eu fiz Bali-Labuan Bajo de Kalstar.
      Pra ir pra Wakatobi foi mais complicadinho porque não tinha vôo direto, tem que passar por makassar e de lá ir pra Wakatobi de Wings Air.
      Eu fiz Jacarta-Makassar pela Garuda Indonesia, e na volta fiz Makassar-Bali (Denpasar).
      Então, pra Wakatobi você pode pegar um vôo Denpasar-Makassar e depois outro Makassar-Wakatobi.
      Espero ter ajudado.
      E qualquer dúvida pode perguntar!
      Beijos e boa viagem!!

  • Lucia Cavalheiro

    Marcella mais uma dúvida, tiveram que apresentar alguma vacina na chegada na Indonésia ou nessa ilha de Komodo ou Flores?? Sei que febre amarela sim, mas e alguma outra?? Obrigada!!

  • Oi Marcela, estou programando ir para Komodo por causa do seu blog 🙂 obrigada!
    Chegarei por volta de 15h de um dia em Labuan, vc tem sugestões do que posso fazer nesse dia a tarde? Vi que tem um passeio que sai na madrugada para ver o por do sol no vulcão, cedo está de volta.. que horas saem e retornam os tours públicos para as ilhas??

    Nesse dia pela manhã gostaria de pegar bem cedo o tour para Padan Island, subir até o final da montanha, ir para a pink beach e, se possível, ver os dragões. É possível fazer isso em um dia? O tour abrange esses passeios?
    No 3º dia seguinte tenho voo às 16h para Bali e não sei se dá tempo de sair de barco bem cedo para algum lugar, o que vc acha/recomenda? Desculpa tantas perguntas rs, são muitas dúvidas e a vontade de deixar tudo bem direitinho para fazer o máximo de coisas por lá.

    Muitíssimo obrigada! bjs

    • Que coisa linda saber que te inspirei a ir pra Komodo Bianca!
      Juro que você não vai se arrepender. =)
      No dia completo que você tem, fique um dia inteiro no barco e vá para Padar, Pink Beach e ilha de Komodo. Eu fiz tudo isso em um dia e deu pra aproveitar tudo super bem!
      Você mergulha? Meus amigos que mergulharam adoraram mergulhar na região, e pode ser uma opção de passeio para os dias pela metade que você tem (eu não me lembro muito bem se existe uma regra de não poder mergulhar e pegar avião no mesmo dia, mas acho que é uma informação que os mais experientes conseguem responder bem).
      Você pode ver se é possível chegar e já sair para pegar o barco para ver o pôr do sol em frente da ilha de Kalong.
      Falei disso nesse post aqui, você viu? https://segredosdeviagem.com.br/2016/11/roteiro-de-3-dias-em-komodo-indonesia/
      O dia 2 é imperdível na minha opinião, e é o que você quer fazer! =)
      Se nada disso der certo, pegue um hotel bom e com praia na frente e curta por lá e depois vá ver o pôr do sol no restaurante Tree Top, eu cheguei atrasada e já estava escuro, mas dizem que é lindo!

      Ah, quanto ao passeio do vulcão, existe um passeio parecido em Bali perto de Ubud e em Lombok (caso vá para os lados de Gilli).
      Acho que pode ficar cansativo fazer tudo isso de dia e depois ainda encarar uma caminhada. Não acha?

      Mais infos também no site oficial do Ministério do Turismo aqui: http://www.indonesia.travel/en/destination/area/labuan-bajo
      e no site oficial do parque: http://www.indonesia.travel/en/destination/area/labuan-bajo

      Pra eu tentar te ajudar melhor, você vai sozinha, em grupo, casal?
      Vamos conversando para eu te ajudar como puder! =)
      Beijos

    • Filipa Fernandes

      Ola Bianca você foi em que companhia aérea? e que empresa contratou para fazer o tour? pbrigado

  • Oi Marcela:
    Tudo bem? Usa do super as suas dicas de labuan bajo para planejar a minha viagem para lá na próxima semana.
    Adoro o seu blog!
    Algum desses hotéis que você indica é walking distance do centrinho?
    Estou viajando sozinha e por isso prefiro lugares que eu possa sair a pé à noite.
    Super obrigada! Bjs

  • Tenho 7 dias marcado em gili islands.. tô pensando em ficar 3 dias em komodo.. volto pra Bali e depois parto pra Bali.. 3 noites em komodo acha que da pra fazer tudo ?

    • Escobar, eu fiquei três noites em Komodo também!
      Certifique-se de ter dois dias inteiros para sair de barco, e fique tranquilo. =)
      Beijos e boa viagem!

  • Olá.. estou em Bali , depois gili islands. Sabe me dizer se tem transporte de Gili T para kômodo? E dois dias por lá vc acha suficiente ?

    • Escobar, tudo bem?
      Respondi o seu outro comentário sobre a quantidade de dias.
      Quanto ao transporte, sei que existe ida de barco, mas não tenho referências de empresas de confiança pra te indicar.
      O que fiz e indico é ir e voltar de avião a partir de Bali.
      Beijos e aproveite Komodo!

  • Oi!! 🙂
    Tenho viagem marcada para Indonesia para o mes que vem e adorei sua historia!!
    So nao entendi muito bem o trajecto…quando fez o seu trajecto em Komodo, passando pelas diferentes ilhas, sempre voltou a base, ou fez tudo isso num dia?
    Obrigada 🙂

    • Oi Loide, que sorte a sua que vai para a Indonésia mês que vem!
      Acho que você pode gostar desse post: https://segredosdeviagem.com.br/2016/11/roteiro-de-3-dias-em-komodo-indonesia/
      Nele eu conto o roteiro que fiz em Komodo.
      Além dele, tem vários outros posts legais da Indonésia, você já viu?
      Eu montei base em Labuan Bajo e saia de manhã de barco e voltava no final do dia. Fiquei 3 dias em Komodo e sai dois dias de barco, um dia para conhecer uma ilha e outro dia para conhecer as outras duas. Veja mais detalhes no post que eu te passei.
      Beijos e boa viagem!

  • Olá! Gostaria de saber quanto custam mais ou menos por pessoa esses days tours para as ilhas? Também se é fácil de agendar na hora e que hora mais ou menos que eles começam? Obrigada!

  • Por favor, Pantai Merah é a Pink Beach? 2 dias inteiros não são suficientes para conhecer Komodo, Rinca, Palar e Manta? Tenho ainda a tarde do dia da chegada e o dia do dia da volta. Muito obrigada!!

    • Oi vivi,
      Pantai Merah é o nome da pink beach sim!
      Eu conheci tudo em dois dias e meio. Se planejar da pra fazer tudo o que você quiser.
      Só não mergulhei,fiquei no snorkel mesmo… mas meus amigos que mergulharam amaram!
      Se você quiser ir pra lugares mais afastados pra mergulhar, pode planejar passar uma noite em um barco. Dai precisaria de uma noite a mais pelo menos. Se não, assim está ótimo. =)
      Que bom saber que você vai a Komodo! Aproveite!!
      Beijos e boa viagem!

  • Nossa, demais!!! Que viagem inspiradora, hein, Marcela! Certamente imperdível, um sonho!! Amei o post e as fotos. Fiquei morrendo de vontade de fazer esse seu roteiro!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curadoria de viagem

Receba uma vez por mês em seu e-mail nossas dicas cuidadosamente selecionadas e as novidades do mundo das viagens.