Grupos de Facebook podem ser grandes aliados para mulheres viajantes


Atualizado em:


Eu sei que o Facebook está meio caído, perdendo espaço para o Instagram, mas ainda sou bastante ativa no que, na minha opinião, é a melhor ferramenta daquela rede social: os grupos!

Os grupos são lugares de convivência de pessoas que têm afinidades parecidas, mas, mais do que isso, eles são potenciais espaços de troca, desconstrução e sororidade.

Muito do que aprendi sobre feminismo veio de grupos, por exemplo. A troca com outras mulheres de diversas partes do mundo é muito rica, e, como jornalista, os grupos já foram muito úteis para encontrar personagens e informações para as minhas matérias.

Photo by Priscilla Du Preez on Unsplash

Para que servem os grupos?

Para viajantes, esses espaços podem ser ainda mais especiais. Além, óbvio, das dicas turísticas, uma mulher pode encontrar apoio e inspiração nessas comunidades. Já li por lá algumas histórias incríveis de mulheres corajosas que saem pelo mundo sem temer nada. Sempre que posso, comento em posts de mulheres pedindo alguma ajuda ou dica. Também já pedi ajuda e dicas e fui muito bem acolhida.

Outra função útil para quem procura uma hospedagem barata e alternativa é o couchsurfing. Já ofereci e recebi sofá e as duas situações foram ótimas! Quando morava em Lyon, na França, recebi duas amigas que, depois, ofereceram seus sofás para uma amiga minha, em uma outra cidade no sul do país. Também recebi uma menina novinha que estava fazendo sua primeira viagem sozinha e tinha passado por alguns perrengues, e adorei conhecer alguém que se virava tão bem tão cedo!

Minha experiencia 

Quando fui eu a sair para o mochilão, me senti à vontade para pedir abrigo e companhia nos grupos que participo. Sou uma entusiasta do couchsurfing, mas sempre preferi me hospedar com mulheres do que com homens. Uma mulher brasileira então, sempre traz um quentinho no coração quando estamos nos aventurando mundo afora.

As mulheres que participam deste tipo de grupo geralmente tem um espírito de coletividade e sororidade muito forte. Ajudar e acolher faz parte da lógica delas, que muito provavelmente também já precisaram de algo e levam o senso de comunidade construído nestes espaços bastante a sério.

Para quem viaja sozinha, portanto, considero indispensável contar com esse apoio. É claro que você não vai se jogar por aí sem nenhum planejamento ou estratégia de segurança alem da carteirinha de membro do grupo, mas essa opção pode ser uma grande salvação!

Photo by Annie Niemaszyk on Unsplash

Na minha viagem pela Europa, por duas vezes tive minha hospedagem cancelada no dia em que estava chegando no destino. Minha primeira reação foi pedir socorro nos grupos que participava e graças a eles não precisei dormir na rua ou gastar uma fortuna em um lugar onde eu não tinha reserva.

(Menção honrosa para a Sabrina, que me recebeu em Milão, super de última hora, montou uma caminha fofíssima com seus edredons para mim e ainda compartilhou diversas dicas da cidade e histórias de como era a vida na Itália e em Belém do Pará, de onde ela é).

Que grupos são esses?

Olha, as opções são muitas! Entre os que eu participo, meu preferido é o Couchsurfing das Mina, que, como diz o nome, tem como foco a troca de sofás entre mulheres mundo afora. O grupo, como é muito muito ativo, é palco de muitos outros assuntos e dicas infinitas!

O Couchsurfing das Minas na Europa segue a mesma linha, mas é específico para quem busca hospedagem no velho continente. Aproveito para abrir um parênteses aqui: existem muitos grupos específicos por aí, tanto de couchsurfing quanto de mulheres brasileiras pelo mundo. Quando eu morava em Lyon, por exemplo, participava de um de brasileiras em Lyon e ele foi bastante útil. Em uma viagem específica pode ser legal buscar um que seja voltado para a região, país ou continente que você vai.

O Travelletes é um grupo com mulheres do mundo todinho repleto de apoio, dicas e inspiração. Às vezes também acaba rolando alguns pedidos de hospedagem por lá.

O famosíssimo grupo feminista Share Your PPK tem dois derivados para viajantes. O Share Your Trip, com trocas de informações sobre destinos e o Share Your Interchange, focado em quem quer fazer um intercâmbio.

Rolê das Minas é o grupo ideal para quem busca companhia. Eu participo da versão paulistana, mas tenho certeza que tem outros desses espalhados pelo Brasil. Se você estiver viajando sozinha, morrendo de vontade de ir em uma balada, mas com receio de ir sozinha, encontra um grupo desse onde você estiver e chama as minas!

*para encontrar esses grupos, procure pelo nome na barra de busca e peca para fazer parte. Alguns grupos são abertos, e alguns tem moderação- que costuma aprovar solicitações de mulheres rapidinho!

Regras do rolê

Quando entrar em um grupo desses, fique atenta às regras! Como eles reúnem muita gente, a moderação geralmente é bastante rígida com a forma como as pessoas participam. As regras de cada grupo costumam estar descritas em um post fixo ou na descrição do grupo.

Não adicionar homens ao grupo costuma ser a primeira e principal regra, não importa o quanto o seu namorado é legal.

Outra regra recorrente é não pedir sofá para homens. Se você estiver viajando com um, geralmente não tem problema fazer o anúncio e aí fica a cargo de cada host decidir se quer recebê-los ou não.

Use a lupa. Os grupos são grandes e antigos, então a chance de a sua dúvida já ter sido a dúvida de alguém são enormes. Se você fizer uma pergunta muito repetitiva, corre o risco de não ser respondida.

Não seja ofensiva. Cuidado com o que escreve nos grupos, afinal, toda a magia disso tudo está no ambiente acolhedor. Se você reproduzir algum preconceito ou hostilizar alguma outra mulher, vai prejudicar a comunidade e pode acabar ouvindo o que não quer. Lembre-se: gentileza gera gentileza.

 

E você? Já usou algum grupo de mulheres viajantes no Facebook ou em outra plataforma? Compartilha com a gente suas experiencias e dicas para as amigas viajantes!

Visite todos os posts da serie “Mulheres Viajantes” aqui!

Vai viajar?
É preciso planejar!

Planeje sua viagem utilizando os serviços dos parceiros abaixo. Você não paga nada a mais
por isso, e ajuda o SV a continuar produzindo conteúdo de qualidade e gratuito. =)

Deixe seu comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curadoria de viagem

Receba uma vez por mês em seu e-mail nossas dicas cuidadosamente selecionadas e as novidades do mundo das viagens.