4 vantagens e 4 desvantagens de ficar em hostel


Atualizado em:


Quem recusaria a proposta de ir a Paris e ficar em um baita hotel cinco estrelas com vista para a Torre Eiffel? Sinceramente, não conheço nenhum louco nesse grau. Mas, infelizmente a realidade muitas vezes não nos permite sonhar tão caro. Contudo, isso não torna inacessível um destino como a capital francesa, por exemplo. Há formas e formas de se hospedar em grande parte dos destinos pelo mundo, mesmo em cidades como Paris. E uma das opções favoritas de quem viaja com orçamento baixo ou precisa reduzir custos para prolongar a jornada é uma velha conhecida de muitos viajantes: o albergue, também conhecido como hostel. Mas quais as vantagens e desvantagens de ficar em hostel?

Esqueça o luxo, o conforto absurdo, o banheiro com amenities de grife. Nada disso espera por você nesse tipo de hospedagem. Entretanto, assim como um hotelzão caro e pomposo, o hostel também tem suas vantagens. E claro, seus pontos fracos. Resolvi listar abaixo as principais vantagens e desvantagens de ficar em hostel, acomodação que já faz parte do planejamento básico de quem ensaia fazer um mochilão pela Europa ou apenas ir passar um feriado no Rio de Janeiro ou na Ilha Grande. Daí você pondera, avalia seu orçamento para a viagem, seus anseios de conforto, e decide.

Vantagens e desvantagens de ficar em hostel: pontos positivos

Preço

Definitivamente é a opção mais econômica de hospedagem. Os valores por uma cama, veja que eu falei “cama” e não “quarto” começam em R$ 25 dependendo do destino e da qualidade do estabelecimento. Estamos falando de quartos compartilhados, com capacidade para 4 até 30 pessoas e geralmente dormindo em beliches. É claro que tem albergues xexelentos e outros super descolados, uns discretos e outros mais pretensiosos – assim como os hotéis convencionais, há para todos os gostos e bolsos. Muitos hostels oferecem a opção de quarto duplo com banheiro privativo a  um preço bem competitivo se comparado a hotéis e pode valer a pena para quem estiver viajando em dupla ou trio.

Localização

Grande parte dos hostels bacanas mundo afora ficam em partes boas dos destinos, seja no centro histórico de uma cidade ou perto da praia mais interessante e descolada. Outra vantagem, especialmente na Europa, é a distância das estações de trem e de pontos finais de ônibus que fazem os traslados do aeroporto.

Companhia

Num albergue as pessoas estão naturalmente mais inclinadas a interagir. Companhias para descobrir uma cidade, novas amizades ou até paixonites de viagem podem surgir de uma simples conversa em poucos minutos. E geralmente esses contatos são bacanas. Além disso, se perceber que foi ilusão à primeira vista, basta inventar uma desculpa e ir pra outro canto.

Descontração

Geralmente hostels são ambientes mais despojados do que hotéis. Não raro são rolês animados e onde beber bastante é quase a regra. Muitos albergues têm perfil mais discreto, mas geralmente a ideia de descontração está presente. E por isso eu quero dizer que podem ser meio focados a um público-alvo mais jovem. Portanto é bom alinhar suas expectativas e saber que tipo de hospedagem você vai escolher.

Vantagens e desvantagens de ficar em hostel: pontos negativos

Falta de privacidade

Se a ideia for quarto coletivo, é fato que você não ficará tão à vontade quanto num quarto exclusivo. Quanto mais gente, mais é importante cuidar para não incomodar, não invadir o (pequeno) espaço alheio e manter-se organizado. E é importante não esperar por isso da parte dos outros, sob pena de se irritar.

Gente mala

Vira e mexe tem gente folgada no hostel, mas em geral, se não mexer ou não der trela, não rola nada. Isso vale para homens e mulheres. Mas mulheres em geral podem sofrer investidas e tal, principalmente em quartos mistos. Geralmente basta dizer que não está afim e pronto. Tem também o chato que fica querendo animar todo mundo ou o chato que não permite que ninguém fale em tom normal dentro do quarto sem mandar um “shhhhh”. Também pode não aparecer nenhum mala (e geralmente é o que acontece), mas você deve estar ciente de que pode rolar.

Segurança

De forma nenhuma dá para afirmar que hostel é um lugar perigoso para seus pertences, mas sem dúvidas que dividindo quarto com estranhos é plausível que algumas coisas desapareçam.  Mas não é regra. Desde havaianas até carteira, já soube de sumiços de várias coisas. Mas basta ficar atento aos seus pertences e usar sempre cadeado que você evitará dores de cabeça. Quando se pensa em vantagens e desvantagens de ficar em hostel, esse é um item que deve ser muito bem considerado.

Desconfortos

Gente que chega bêbada no quarto, que acende a luz no meio da noite, que derruba coisa no chão no meio da noite. Gente que ronca alto, que fala alto, que não é muito fã de banho. Hostel que vira balada à noite, que pode ser mega barulhento, quarto que vira extensão do bar. Isso tudo pode acontecer. Mas, definitivamente, essa não é a regra. E se não fosse uma opção com ótimo custo-benefício os albergues não estariam sobrevivendo há tanto tempo.


Depois de ler todas essas vantagens e desvantagens de ficar em hostel qual é a sua conclusão? Já decidiu a hospedagem da próxima viagem?

Vai viajar?
É preciso planejar!

Planeje sua viagem utilizando os serviços dos parceiros abaixo. Você não paga nada a mais
por isso, e ajuda o SV a continuar produzindo conteúdo de qualidade e gratuito. =)

Deixe seu comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curadoria de viagem

Receba uma vez por mês em seu e-mail nossas dicas cuidadosamente selecionadas e as novidades do mundo das viagens.