Ilhas Gregas: Dicas, Mapa e Como Escolher as Mais Bonitas


Atualizado em:


Antes de planejar uma viagem para Grécia precisamos entender suas regiões já que elas nos oferecem inúmeras possibilidades de roteiros. Depois de sabermos como o país funciona, fica mais fácil escolher o que visitar, quais ilhas gregas são mais interessantes para você e como combinar umas com as outras.

Dividindo o país e as ilhas gregas

Existem várias divisões formais e administrativas do país. Mas, como nosso objetivo é facilitar a vida do leitor, vamos direto ao ponto ao apresentar 4 divisões práticas que concentram a maioria dos destinos que sonhamos: “Grécia Continente”, “Ilhas Cíclades”, “Ilhas Jônicas” e “Creta”. Além dessas, ainda há o arquipélago das Espórades, de Dodecaneso e alguns outros.

No Continente estão destinos famosos como Atenas, Tessalônica e a região do Peloponeso. Se você pretende visitar as ilhas gregas, muito provavelmente vai passar por Atenas, principalmente se o seu vôo sai do Brasil. E eu recomendo muito a passagem por lá, afinal não é sempre que você tem a oportunidade de ver templos com mais de 2 mil anos, e muita história e cultura em um só lugar.

As Ilhas Cíclades são aquelas que habitam o imaginário de qualquer pessoa que pensa em ilhas gregas. Casinhas azuis e brancas, polvos secando nas cordinhas e igrejas com cúpulas azuis. É nas ilhas cíclades que estão as duas ilhas mais famosas da Grécia: Mykonos e Santorini, e algumas outras jóias pouco exploradas pelos brasileiros como Milos, Folegandros, Ios e Naxos.

As Ilhas Jônicas começaram a ficar mais famosas entre nós por causa de uma praia em especial: Navagio Beach, aquela maravilhosa com o navio abandonado na areia e uma vista animal. Navagio fica em Zakynthos, uma das quatro principais e maiores ilhas jônicas. Além de Zakynthos, Kefalônia, Corfu e Lefkada completam o time. Todas tem praias incríveis, mas não espere encontrar casinhas brancas por aqui. O visual é outro, bem mais verde que as ilhas cíclades e com uma arquitetura que lembra mais a Itália do que a Grécia, devido a forte presença dos italianos nessa região.

Por fim, Creta, a maior ilha da Grécia, e que por isso denomina uma região só dela. Creta determina o sul do mar egeu e, além das praias lindas tem muita história, como o mito de Minotauro. Tem atrações para uma semana toda, mas pode ser visitada junto a alguma outra ilha das cíclades em quatro ou cinco dias.

Como escolher quais ilhas visitar em cada região? 

O ideal seria escolher um grupo de ilhas: ou jônicas ou cíclades. Isso porque o deslocamento entre alguma ilha jônica para uma ilha cíclade (ou vice e versa) é complicado e em 99% dos casos passará por Atenas em um troca-troca de avião.

Mas não vou dizer que é impossível. A ideia não é te limitar, e sim informar das opções existentes. Eu mesma fiz Cíclades (Santorini, Milos e Mykonos) + Jônicas (Zakynthos) em uma mesma viagem pela Grécia e funcionou bem. Relaxa que eu te contarei como mais pra frente. Antes vamos falar das opções de destinos dentro de cada grupo de ilha.

PS- Nós não mencionaremos mais, mas não se esqueça de Creta. É uma ilha bem bonita, grande e que combina super bem em uma viagem com as ilhas cíclades.

Ilhas Cíclades

Santorini é sem dúvidas a mais famosa das ilhas gregas. A arquitetura icônica com as casinhas brancas em cascata no alto da montanha é o cartão postal da cidade, junto com as igrejas de teto azul. É uma escolha quase unânime entre os turistas que visitam as ilhas gregas.

Santorini e suas casinhas brancas

Santorini e suas casinhas brancas

Mykonos é uma ilha com praias super bonitas, mas que tem seu foco no agito e nas baladas. Aqui há mais estrutura para pegar praia, tem beach clubs chiquérrimos (e caros), diversos restaurantes e um centrinho pra lá de fofo.

Milos virou a minha ilha queridinha na Grécia, por ter praias com um visual totalmente diferente das que estamos acostumados. Uma que lembra a superfície da lua (Sarakiniko), outra em que o acesso se dá por uma corda e uma escada (Tsigrado), e uma super estreita com paredões que formam um caminho que desemboca em alto mar (Papafragas).

Praia de Tsigrado, em Milos

Folegrandos é pequenininha e por isso super fácil de combinar com alguma outra ilha vizinha, já que não precisa de muitos dias.

Ios também é uma ilha para festeiros. Mas, diferente de Mykonos, o público é bem mais jovem (em torno dos 18, 19, 20 anos) e a ilha é mais barata.

Naxos e Paros são duas ilhas perto uma da outra e que estão no meio do caminho entre Santorini e Mykonos. Podem ser também opções para quem tem mais tempo no país e não quer gastar tanto quanto nas ilhas mais famosas.

Ilhas Jônicas

Zakynthos é a ilha que abriga uma das mais bonitas e mais famosa praia do mundo, a praia de Navagio. Além de Navagio, Zakynthos tem inúmeras outras atrações, como ilha das tartarugas onde é possível ver o bichinho nadando pertinho de você.

A famosa praia azul de Navagio em Zakynthos, vista do mirante.

A famosa Navagio Beach em Zakynthos, vista do mirante.

Corfu além de praias bonitas tem muita história em seus vilarejos. A cidade velha de corfu é considerada patrimônio mundial da humanidade pela UNESCO.  Outra característica da ilha é que é uma das mais verdes da Grécia.

Lefkada é assim como Zakynthos a ilha das lindas praias com tons de azul de tirar o fôlego. Outra vantagem das ilhas jônicas é que os preços não são tão absurdos quanto os preços encontrados nas famosas ilhas cíclades durante a alta temporada.

Kefalônia é a maior das ilhas jônicas, por isso há muito o que fazer e muitas opções de praias para visitar. Pertinho de Kefalônia e fácil de visitar de barco, está a ilha de Ithaca. “Se partires um dia rumo a Ítaca, faz votos de que o caminho seja longo, repleto de aventuras, repleto de saber…”. Pois é, qualquer canto que você visita na Grécia tem alguma história, poema, personalidade ou mito associado a ela.

Outras ilhas fora das Cíclades e Jônicas

Skópelos é a ilha que serviu de cenário para o filme Mamma Mia. Fica nas Espórades, conjunto de ilhas próximas umas das outras e que ficam ao norte de Atenas.

Rodes, ilha do Dodecaneso que não vive só de praia, e sim de muita história já que era ali que ficava o famoso Colosso de Rodes (fãs de Game of Thrones, a estátua lembra alguma cidade em Essos? =P).

Como se locomover entre as ilhas gregas?

-Ferry é o meio mais comum e prático para se locomover entre ilhas do mesmo grupo, principalmente nas cíclades. Existe ferry para a maioria das ilhas e o barco é grande (tem assentos confortáveis, lanchonete, e até lojinha), mexe bem pouco e você tem mais espaço para circular e esticar as pernas, e geralmente é pontual.

De ferry eu fiz Milos-Santorini e depois Santorini-Mykonos. Comprei tudo online pela Hellenic Seaways um mês antes de viajar, e tive que retirar a passagem até uma hora antes do embarque no lugar indicado no e-mail de confirmação de compra. Porém, a partir de Atenas minha indicação não é o ferry, e sim a próxima opção.

Interior do ferry entre as ilhas gregas de Santorini e Mykonos

Interior do ferry de Santorini para Mykonos.

-Avião a partir de Atenas ou entre as ilhas mais famosas. Como eu disse no começo do post, a sua chegada na Grécia muito provavelmente será em Atenas, a não ser que você venha de outro lugar da Europa e ache um vôo direto para a ilha que você vai (existem alguns vôos das ilhas diretamente para cidades grandes de outros países da Europa, como o meu vôo que foi direto de Zakynthos para Dusseldorf, de Eurowings).

Pegar ferry de Atenas para Santorini ou Mykonos, por exemplo, pode ser super cansativo já que a viagem é longa (de 5 a 8 horas) e muitas vezes não compensar financeiramente, já que os preços dos vôos chegam a ser bem mais baixos do que os do ferry (pra exemplificar, eu paguei apenas 25 euros no vôo Mykonos-Atenas de Ryanair, enquanto que o ferry estava na faixa de 60 euros!).

Avião da Olympic Air de Atenas a Milos

Além da Ryanair, companhias gregas menores fazem o trajeto Atenas a ilhas gregas. De Atenas para Milos fui de Olympic Air que opera junto com a Aegean Air, e de Atenas para Zakynthos fui de Sky Express.

E como ir das Cíclades para as Jônicas?

1-Você pode procurar vôos específicos e tentar encaixa-los na programação da sua viagem, como o vôo de Mykonos para Corfu.

2-Ou você pode pegar dois vôos curtos, mas com espera e conexão em Atenas. Por exemplo: Mykonos- Atenas, espera de 2 horas e depois Atenas- Zakynthos, que foi o que um amigo fez.

3-Ou você pode fazer o que eu fiz. Pegar o último vôo saindo de alguma das cíclades para Atenas, reservar qualquer hotel simples perto do aeroporto e depois ir no primeiro vôo do dia seguinte para Zakynthos. Eu sai de Mykonos as 21:20, cheguei em Atenas as 22:10 e no dia seguinte sai para Zakynthos as 9h e cheguei as 9:50.

Quer saber mais sobre as ilhas gregas? 

Quer continuar a planejar o seu roteiro e a sua viagem pela Grécia? Temos diversos posts que podem te ajudar. Veja todos eles aqui e divirta-se. ♥

Leia mais sobre a Grécia:

Roteiro de 10 dias pela Grécia
Quando ir para a Grécia? 

Santorini:

Dicas completas de Santorini: o melhor da ilha
Onde ficar em Santorini: melhores regiões e hotéis
Praias de Santorini: roteiro pela Red, White e Black beach

Mykonos:

Dicas completas de Mykonos: o melhor da ilha
Onde ficar em Mykonos: melhores praias e hotéis

Milos:

Milos: tudo o que você precisa saber antes de viajar

Zakynthos:

Dicas de Zakynthos e da famosa praia de Navagio

Além disso, a caixa de comentários está sempre aberta pra gente trocar informações, tentar ajudar com possíveis dúvidas, e pra vocês compartilharem a experiência que tiveram com a gente e com outros leitores. ♥

Vai viajar?
É preciso planejar!

Planeje sua viagem utilizando os serviços dos parceiros abaixo. Você não paga nada a mais por isso, e ajuda o SV a continuar produzindo conteúdo de qualidade e gratuito. =)

Curadoria de viagem

Receba uma vez por mês em seu e-mail nossas dicas cuidadosamente selecionadas e as novidades do mundo das viagens.

Deixe seu comentário

  • Marcella, seu blog é um espetáculo de informação. Vou comemorar uns bons anos de casado, e muita dúvida ?
    Ir ao não à Zaquintos, se vale a pena, ou tudo meio parecido, só teria 2 dias lá, sem contar no deslocamento,que não é nada perto;. Já me decidi por Athenas, Mykonos, Santorini e aguardo sua sugestão de mais uma ilha, obrigada, bjus

    • Oi Debora, que bom que gostou dos textos. Esse tipo de comentário faz muita diferença para mim e é mega gratificante.
      Eu amei a Grécia e todas as ilhas que visitei. Difícil opinar, mas tentarei bolar um raciocínio pra te ajudar a escolher a sua última ilha grega. Rs.
      Pensando praticamente, o melhor seria concentrar sua viagem nas ilhas cíclades ou acrescentar Creta. Isso porque Mykonos e Santorini estão nas cíclades e dai você já terá que ir para lá de qualquer jeito. Creta também está bem pertinho.
      Adicionar Zakynthos seria mais trabalhoso, porque você teria que pegar avião e perderia tempo. Como você tem só dois dias, seria bem corrido. Zakynthos é linda e tem uma paisagem diferente das outras ilhas que você vai, mas estou achando que será muito empenho. Ainda mais para uma viagem de aniversário de casamento, sabe?
      Sou suspeita pra falar porque eu me apaixonei muito por Milos. Já mandei umas 3 amigas para passarem lua de mel lá e todas amaram também. Creta pode ser uma boa para juntar história, bons hotéis e praias lindas (como tem em todas as ilhas praticamente…hehe). Eu iria sugerir para você começar a sua pesquisa a partir dessas duas ilhas, e se não gostar, tem outras opções de ilhas menores e mais rápidas como Folegandros, Naxos…
      O que acha?
      Espero ter ajudado!
      Um grande abraço, Marcella

  • Oieee Marcela , tudo bem?
    Curti muito o blog.

    Estou pensando em ir pra Grécia em junho ou setembro do ano que vem, e estou com um pouco de dificuldade de montar a ordem das ilhas que quero visitar!

    Pensei em fazer Atenas, Santorini , Mykonos, Creta, Zakyntos, Atenas.

    Qual a melhor ordem pra gastar menos em tempo e dinheiro?

    • Si, tudo bem?
      Que bom que gostou do blog e que ele está te ajudando! =)
      Você deve levar em consideração que Zakynthos está em outro conjunto de ilhas, e que Creta está mais distante também. Você tem bastante dias de viagem para conseguir curtir todas as ilhas?
      É mais rápido ir para Creta de ferry a partir de Santorini do que de Mykonos. Nesse caso a ordem ficaria: Atenas, Mykonos, Santorini, Creta. Pra ir de Creta para Zakynthos você provavelmente terá que pegar avião e fazer uma escala em Atenas.
      Beijos e boa viagem!!

  • Olá Marcella,
    Estou muuuito em dúvida do que fazer!! Só tenho tempo para duas ilhas. A princípio,ctinha pensado em Santorini e Mykonos, mas vi tantas coisas incríveis sobre Milos, que estou considerando tirar Mykonos e optar por Milos. Nunca fui a Grécia, vou com meu marido e meus pais… Oq fazer?? Help! Hehehehe

    • Oi Gabi,
      Definitivamente escolher as ilhas é a pior parte da viagem, é muita coisa linda pra pouco tempo (sempre será assim mesmo se você tiver um mês…rs).Eu tenho uma opinião bem clara sobre Mykonos e Milos, e espero que te ajude na sua decisão. Vamos lá:
      Mykonos: é uma ilha bem mais cara, uma ilha pra “ver e ser visto” com vários beach clubs famosos e badalados, tem muito mais opção de hotel de luxo e hotéis no geral também, e o centrinho é maior e com mais restaurantes. No geral tem uma estrutura mais consolidada e é bem mais animada.
      Milos: é uma ilha bem mais de boa do que Mykonos e o turismo está começando a crescer por lá, mas os preços ainda são muuuito menores que Santorini e Mykonos. EU, particularmente, achei as praias de Milos bem mais interessantes e diferentes (uma que parecia a superfície da lua, outra que o acesso se dá apenas por uma escada, e assim vai – você pode ler mais sobre elas no post de Milos). Sou suspeita porque me encantei com a vibe e a simpatia do pessoal em Milos.
      Em resumo é:
      Baladas e beach clubs, estrutra de hotéis/restaurantes/lojas excelentes, mais caro: Mykonos
      Praias diferentes, vibe mais tranquila e pessoal, e mais barato: Milos
      Ajuda?
      Beijos

      Ah- vi que você comentou no insta! Já vou responder por lá tbm =)

  • Eu estou AMANDO seu blog. Realmente é muito completo e está me ajudando bastante no planejamento.
    Venho fazer uma pergunta muito subjetiva, eu sei, mas não custa nada tentar. rs 😉
    Estarei em lua de mel no mês de junho e, na Grecia, ficaremos 9 dias.
    Chegaremos em Santorini no dia 17 e precisamos estar em Atenas para o voo de volta, no dia 25.
    Considerando os poucos dias nas ilhas, a dúvida cruel é: Santorini + Creta ou Santorini + Milos ?
    Você tem outra sugestão também de incluir algum outro lugar no combo Santorini + Milos?
    Muito obrigada mesmo!

    • Oi Vivian,
      Que bom que está gostando do blog! =)
      Dúvida cruel sempreeee, escolher as ilhas é bem difícil.
      Eu não fui pra Creta, mas ouvi maravilhas sobre lá. Mas também sei que é uma ilha grande e que exige mais tempo do que Milos.
      Honestamente eu não consigo te ajudar muito, mas podemos conversar: Quantas noites você tem no total? Quantas noites vai passar em Santorini e em Atenas?

  • Karina Nogueira

    Boa noite Marcella!
    Estou com viagem marcada para a Europa em Maio, mas quero incluir no meu roteiro as ilhas gregas, não todas pois temos pouquíssimo tempo no total, e pode parecer até um pouco de loucura nossa rsrs, mas não quero deixar de visitar as ilhas, as principais no caso, sempre foi um sonho. Minha dúvida nesse caso é: quero pegar um voo de Londres (pois estarei lá) para Atenas. Deixo para comprar as passagens aéreas desses trechos aí mesmo ou compro daqui do Brasil? Sei que tem empresas aéreas low cost, que são muitas, então não sei o que é mais vantajoso nesse caso… pode me dar uma luz?
    No aguardo!

    • Oi Karina,
      Se você já tem definido as datas que quer pegar o vôo, você pode pesquisar por essas empresas low cost pela internet mesmo, e já comprar por aqui pra não ficar com essa pendência para resolver no meio da sua viagem. Eu sempre prefiro comprar tudo com antecedência.
      Beijos e aproveite!

  • Nadia Torres

    Ola Marcela.
    Gostariamos muito de conhecer a Grecia em setembro. Terei 15 dias disponiveis para a viagem. Entretanto, nao posso viajar de barco ou ferry, terei que fazer os trechos em avioes. Qual seria o melhor roteiro, otimizando o tempo?
    Queremos visitar Athenas, Mykonos, Santorini e uma outra ilha. O que sugere? Lembrando que temos 64 anos , adoramos viajar e nao temos dificuldade de locomoção.

  • Bruna Maeoka

    Oi Marcella! Vc poderia indicar o hotel perto do aeroporto de Atenas que ficou? Vou fazer o mesmo esquema que vc, só que vou fazer Santorini, escala noturna em Atenas e voo as 5h da manha para Zakynthos.
    Obrigada!

    • Oi Bruna, eu fiquei no Park Hotel. Ele era no meio do caminho entre o aeroporto e Atenas e era BEM simples (não sei dizer se ele passou por alguma reforma, mas lembro que os quartos não eram tão bonitos quanto nas fotos desse link do booking aqui). Mas ele super cumpriu seu papel de ser um lugar pra descansar entre vôos.
      No próprio aeroporto em um Sofitel que parece ótimo, mas não achamos que compensava pelo valor, já que estávamos em 4 pessoas pra dividir um uber que já é super barato por lá.
      Perto do aeroporto também tem um Holiday Inn, que talvez valha a pena.
      Espero ter ajudado. Beijinhos e boa viagem!

  • Katia Cristina Gonçalves

    Bom Dia,
    Estou planejando uma visita à Grécia em junho.
    Pretendo passar alguns dias em Atenas para conhecer e de lá partir para as Ilhas, minha escolha é, não necessariamente nessa ordem: Santorini, Mikonos, Milo e Creta.
    Você acha que é possível fazer esse roteiro? Quanto tempo vc recomenda ficar em cada ilha.
    Desde já agradeço pela atenção. Estou animada mas com a cabeça fervilhando com tantos detalhes, preciso de ajuda….rsrsrs.
    Obrigada!

    • Oi Katia,
      viajar pra Grécia é sempre uma delícia, e parece que faltam dias suficientes entre tantas opções de ilhas paradisíacas.
      Quantos dias você tem?
      Eu não fui para Creta porque não tinha muito tempo, e lembro que na época que pesquisei anotei para deixar pelo menos 5 noites para essa ilha, mas acabei cortando do meu roteiro.
      Quanto as outras ilhas que você mencionou, escrevi um post com todas as minhas dicas de tempo em cada uma delas aqui:
      https://segredosdeviagem.com.br/2017/08/grecia-meu-roteiro-de-10-dias/
      Acho que esse post pode te ajudar bastante. =)
      Beijos e boa viagem!

    • Olá Milton,
      no inverno as ilhas praticamente param. Quem tem negócios por lá geralmente vai pro continente e tudo fica paradão (ou em construção/reforma para o próximo verão). A única ilha que compensaria visitar no inverno é Santorini. Não pelas praias, e sim pela paisagem das casinhas brancas na encosta. Mas, eu não recomendaria, pois no inverno também costuma chover. Tente ir de junho a setembro (já dá pra ir no final de maio, e em outubro também é ok).
      Beijos e boa viagem!

  • Olá, gosteicmto do seu blog…
    Excelentes dicas, estou montando o roteiro p ilhas e estou cm uma dificuldade, em quais lugares necessito de alugar o carro p melhor deslocamento ????
    Obg!!

    • Oi Sillas, tudo bem? Que bom que gostou do blog, obrigada pelo seu comentário.
      Na minha opinião um carro (ou quadriciclo ou moto) facilita muito a vida e otimiza o tempo de deslocamentos. Eu aluguei em Mykonos e em Milos, só em Santorini que usei o transfer do hotel para ir da balsa até o hotel, um ônibus para ir para Fira e barco para conhecer as praias (mas já tinha esse passeio de barco planejado por isso que acabei escolhendo não alugar carro).
      É possível andar de ônibus ou taxi em Mykonos, ou contratar passeios que tem transporte incluso. Acho que Milos foi a ilha que eu mais precisei de carro e recomendaria alugar. Será que essas respostas te ajudam? Vamos conversar =)
      Beijos e boa viagem!

      • Obrigado pelas dicas e atenção …
        Respondido…
        Qualquer outra dúvida volto a te incomodar rsrsr

  • Obrigada pela resposta Marcella! Vou dar uma olhada na logística e depois volto aqui contar o que eu decidi. Creta é mesmo longe, quando eu fui, peguei um navio noturno de Santorini, mas foi coisa de 10 horas e depois outras 10/12 horas pra voltar pra Athenas. Masss, com 20 e poucos isso é fichinha né!?
    Ah, BTW, não tô conseguindo ler os comentários no celular, tive que acessar aqui no PC pra ver.
    Vou linkar este seu post no meu blog tb! Está muito informativo e vale a pena ser divulgado.
    Abraços

    • Acho que estou ficando velha mesmo… a memória começa a falhar. Vi aqui e parece que tem navios de 2/3 hrs de santorini para heraklion. Depois te conto o desfecho!

  • Karla Stephen

    Oi Marcella!
    Obrigada por dividir conosco suas experiências. Até agora o melhor blog para entender melhor como funciona a Grécia.
    Já estou decidida sobre o roteiro que quero fazer, porém com uma dúvida enorme do período.
    Eu e meu marido estávamos planejando a viagem para finalzinho de agosto e início de setembro, entrando por Milão, fazendo Veneza e depois Suíça e por fim Grécia.
    Mas acontece que uma amiga vai casar dia 28/07 em Trieste, próximo à Veneza e estou muito tentada em ir para o casamento dela. Porém o inconveniente é o período, por se tratar de alta temporada.
    Indo para o casamento dela, pelo cronograma, estaríamos na Grécia entre 07 e 18/08. Pretendo fazer Mykonos, Santorini, Skópelos e Zakynthos. Mas minha dúvida nem é tanto com o clima, pois moro no Rio de Janeiro e o calor aqui no verão chega fácil nos 40°. Minha maior preocupação é encontrar ilhas mega lotadas que a gente não consiga nem tirar uma foto legal rsrs.
    Você pode me ajudar falando sobre isso?

    Ah e outra dúvida? Conseguimos fazer foto do mirante da ilha Zakynthos?
    Te agradeço muito.

    • Karla, tudo bem?
      Adorei muito saber que estou te ajudando a planejar essa viagem maravilhosa!
      Obrigada pelo comentário.
      Olha, aconteceu quase a mesma coisa comigo, mas em contextos diferentes.
      Eu estava morando fora já tinha algum tempo e marquei uma viagem para início de setembro. Mas dai 4 amigos me disseram que estariam na Grécia no começo de agosto e eu troquei tudo pra conciliar as datas e conseguir vê-los.
      Vamos as minhas impressões sobre o que aconteceu.
      Hospedagem: duas coisas aconteceram… ou eu tive que diminuir o padrão dos hotéis que eu ficava, ou paguei mais caro por causa da alta temporada (e olha que eram três semanas de diferença só). Isso aconteceu principalmente em Mykonos e Santorini.
      Lotação das praias: as ilhas estavam bem cheias sim, não vou mentira. Mas dai a solução foi acordar cedo para pegar as praias mais vazias pra tirar fotos (em ilhas badaladas como Mykonos, as praias ficavam bem mais vazias até umas 10h…acho que todo mundo dormia até tarde). Quanto aos horários de pico, eu consegui aproveitar normalmente sem stress mas com muitos outros turistas ao meu redor e sem possibilidade de tirar uma foto boa…rs.
      Em Zakynthos, a solução foi contratar um barco particular (estávamos em 8 então foi uma ótima ideia e o preço bom) e chegar em Navagio uns 30 minutos antes de todos os outros barcos com dezenas e dezenas de turistas. Olha, mesmo que fique mais caro, eu recomendo muito fazer isso porque foi o que salvou a gente. Chegamos e tinha pouquissima gente na praia de Navagio! Meia hora depois, quando os barcos turísticos chegaram, brotou gente de todos os lados e a praia ficou entupida.
      Acho que o importante é alinhar as expectativas e saber que vai estar mais cheio sim, mas tentar se planejar pra isso (e relaxar se não der certo todas as vezes).
      Eu não deixei de curtir por causa das lotações e fui exatamente nesse período que você está planejando ir (fui de 8 a 20 de agosto).
      Restaurantes: em Mykonos e Santorini eu quis ir pra alguns restaurantes mais famosos que ficariam lotados, mas a solução foi bem simples. Fazer reserva. Já em Milos e Zakynthos nem lembro de ter pego filas grandes ou de ter passado perrengue, e não reservamos nada, mas procuravamos chegar ou antes ou depois do horário de pico.
      Mirante de Navagio: não entendi muito bem sua pergunta. Mas vou tentar explicar: você chega de barco para a parte da areia da praia de Navagio e chega de carro até o mirante (para ver a praia de cima). De lá é possível fazer fotos sim e elas ficam lindas. Estou em falta com os posts de Navagio, mas acho que consigo terminar de escrever alguns essa semana ainda. Vou agilizar pra você! =)
      Bom, espero ter ajudado um pouco.
      Vamos trocar mais ideias para te ajudar no planejamento.
      Boa viagem!

  • Excelente post Marcella!
    Já fui 2x pra Grecia nos meus 20 e poucos anos. Agora estou incumbida de bolar um roteiro de 1 semana para meus pais e cá estou eu pesquisando de novo.
    Eles tem ~ 60 anos, pensei em athenas, santorini e creta. Ou outra ilha ciclade ao inves de creta. O que vc acha?
    Obrigada pela explicação tão clara sobre as fotos ilhas
    Abraços!

    • Obrigada Tati, agradeço de coração o seu comentário.
      Decidir qual ilha escolher foi minha maior dificuldade, praticamente um pesadelo. Rs.
      Eu gosto do combo Athenas (história) + Santorini (casinhas brancas na encosta) + uma ilha com praias muito paradisíacas (aqui que mora a dúvida).
      Quando fui pra Milos, muitos italianos estavam vindo de Creta e falaram mil e uma maravilhas do lugar, que tinha sido a ilha favorita em toda Grécia.
      É uma ilha grande, com praias lindas mas também muita história. Acho uma boa ideia mas penso: será que não fica corrido pra uma semana? E será que vai dar tempo de aproveitar Creta?
      Por exemplo, 2 dias em Atenas e mais 2 dias em Santorini, sobram mais 2 dias e meio para um terceiro destino (Creta, no caso) porque os deslocamentos sempre ocupam tempo e Creta é um pouco mais afastada.
      Pensando praticamente, eu pegaria uma ilha mais perto de Santorini. Tem várias opções boas: Folegandros, Milos, Naxos…
      Se quiser, vamos continuar o papo por aqui pra decidirmos! =)

  • Olá, muito bom o seu blog, gostei bastante das dicas! Você sabe dizer se existem voos diretos entre as ilhas? Vc mencionou que existia entre mykonos e santorini mas não estou conseguindo encontrar. Abs

    • Oi Diogo, tudo bem?
      Desculpa a demora em responder.
      Acredito que devo ter me confundido. Digo isso porque a balsa entre Mykonos e Santorini geralmente demora menos do que 3 horas de viagem, e não faria muito sentido ter um vôo entre as ilhas para uma distância tão curtinha. Já corrigi no post, obrigada!
      Então, realmente a opção para fazer Santorini (Thira) – Mykonos é via ferry.
      Nesse post mostro uma foto do bilhete do ferry entre as duas ilhas.
      Obrigada pela pergunta e aproveite a Grécia! =)

      • Oi Marcella, tudo bem e vc?
        Muito obrigado pela resposta, me ajudou a esclarecer esse assunto.
        abs

  • + Ver mais comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *